Enxaqueca: causas, sintomas e tratamento natural

Você já deve ter sentido dor de cabeça em algum momento, mas se essa dor é constante e afeta a sua qualidade de vida, pode ser outra coisa: a enxaqueca. A enxaqueca afeta cerca de 31 milhões de brasileiros e, se você é uma dessas pessoas, saiba que existem formas naturais de tratamento. No informativo deste mês, falaremos mais sobre esse assunto, oferecendo informações e dicas de prevenção. Vamos lá?


O que é a enxaqueca?

No popular, a enxaqueca é uma dor de cabeça forte e longa, muitas vezes frequente. Apesar deste raciocínio não estar errado, existem mais detalhes sobre o que é a enxaqueca e como ela é desencadeada no organismo.

Primeiramente, vamos esclarecer um ponto: a enxaqueca é um tipo de dor de cabeça, sendo que existem 150 tipos de dor de cabeça (ou cefaléia). Também pode ser conhecida como migrânea, embora esse nome não seja muito usual. Segundo a OMS, é considerada uma doença crônica, neurológica e incapacitante.

E por que neurológica? Os mecanismos da enxaqueca ainda são estudados pela medicina, no entanto, existem aspectos mais claros desta doença na atualidade, como o fato da predisposição genética conferir ao cérebro maior sensibilidade a estímulos que normalmente não causariam maiores sofrimentos.

Também há pesquisas que sugerem a presença de alterações no tronco cerebral, em uma área responsável pela transmissão de estímulos dolorosos; e ainda existem indícios sobre instabilidade na síntese de substâncias químicas no cérebro.

Desta forma, ocorre uma resposta dolorosa do organismo à gatilhos (estresse, hormônios, cafeína), os quais não afetam outras pessoas na mesma proporção.

De maneira geral, mulheres são mais afetadas por enxaquecas do que homens e isso sugere que a flutuação de estrogênio no corpo durante o ciclo menstrual está relacionada às crises, que ocorrem com maior frequência antes da menstruação e tem a tendência a diminuir após a menopausa.

Esta doença crônica afeta muito a qualidade de vida das pessoas, interferindo em suas interações sociais, bem-estar e desempenho no ambiente de trabalho. Em números, a enxaqueca afeta:

Quais são os sintomas da enxaqueca?

Distinguindo-se de outros tipos de cefaléia, a enxaqueca apresenta alguns sintomas mais específicos, embora nem todos possam ocorrer ao mesmo tempo. Veja abaixo alguns deles:

 

A dor geralmente é unilateral e pulsátil, podendo ocorrer do lado direito, do lado esquerdo ou até mesmo frontal, na testa. Alguns pacientes relatam também dores nos olhos, mas vale lembrar que esse sintoma pode estar associado à vista cansada e questões oftalmológicas sem acompanhamento.

 

Alerta de gatilho: a enxaqueca está chegando!

A enxaqueca tem fatores desencadeantes, o que significa que existem certos pontos que favorecem uma crise, mesmo que não sejam estritamente necessários para uma crise acontecer. São eles:

 

É relativamente normal uma dor de cabeça vinda de ressaca ou de sinusite, ou quem sabe até de uma dor de dente. São dores mais pontuais e, apesar de incômodas, não costumam impactar a vida do paciente da mesma forma que uma enxaqueca crônica.

A enxaqueca é uma doença multifatorial, a qual deve-se considerar tanto as causas neurológicas e os fatores desencadeantes, chamados de gatilhos.

Ela é uma doença real, com mais de um CID (Classificação Internacional de Doenças) e não pode ser vista como frescura! Todo caso de enxaqueca deve ser avaliado, pois ela pode ser desencadeada por outros problemas, e o ideal é que seus respectivos tratamentos sejam específicos e personalizados.

Mesmo que não exista uma cura única para a enxaqueca, existem formas de prevenir e tratar novas crises.

Como aliviar e tratar a enxaqueca

A principal estratégia para diminuir a quantidade de episódios de enxaqueca é descobrir quais gatilhos provocam dor. De fato, existem crises que aparentemente não foram provocadas por nada em especial, mas é importante avaliar sua rotina justamente para evitar situações que possam favorecer a enxaqueca.

Confira abaixo algumas dicas gerais para melhorar as crises de enxaqueca:

Quando devo buscar orientações médicas?

Um atendimento médico é recomendado quando sentimos dores e desconfortos, mesmo que seja para tirar dúvidas de soluções simples. E como vimos anteriormente, existem diversos fatores que contribuem para a enxaqueca, como fatores psicológicos, problemas do fígado e do estômago, hormônios, etc.

Portanto, o ideal é conferir se a sua saúde necessita de uma atenção mais específica, buscando um tratamento mais individualizado e efetivo. Será que não é o momento de fazer uma visita a um oftalmologista, ao dentista ou tratar essa gastrite que faz tempo que não vai embora?

Cuide da pressão, dos hormônios e não esqueça da sua saúde psicológica e emocional! Um neurologista também poderá indicar tratamentos específicos da medicina convencional, além de oferecer um atendimento mais detalhado sobre a enxaqueca em si.

 

Enxaqueca e Covid-19

Os mecanismos da relação entre o Covid-19 e a enxaqueca ainda estão sendo estudados pela ciência, mas sabe-se que muitos pacientes (embora nem todos) sentem dor de cabeça prolongada quando contraem o coronavírus. Costuma ser uma dor resistente à analgésicos que aparece no início da doença e tem intensidade variável, pulsando geralmente nos dois lados da cabeça.

Depois da doença ir embora, ainda há pessoas que relatam sequelas desagradáveis, como queda de cabelo, cansaço, perda de alfato e enxaquecas mais frequentes. É um momento delicado, pois a tensão pelas notícias da pandemia, medo pela própria saúde e a de familiares também eleva o estresse do organismo e pode desencadear enxaquecas, mesmo que você não tenha contraído o coronavírus em si ou você já tenha se curado.

A Coenzima Q10 é uma substância que faz parte dos processos de respiração celular e produção de energia, pesquisada também por efeitos positivos no tratamento de sequelas pós-Covid! Então se você notou que as dores de cabeça aumentaram depois de contraído coronavírus, a Coenzima Q10 pode trazer mais alívio.

Dicas de fitoterápicos para ajudar no tratamento enxaqueca em geral

Existem algumas plantas medicinais e produtos naturais que podem ser utilizados no tratamento contra enxaqueca. Veja abaixo alguns deles:

Alfazema com Girassol (ver produto)

A principal sugestão é a Alfazema com Girassol, na forma de tintura. A semente do Girassol possui ação tônica do sistema nervoso, prevenindo as dores; e a Alfazema auxilia como calmante e analgésico.

Tanacetum parthenium (ver produto)

Essa erva tem propriedades anti-inflamatórias e seu componente partenolídeo previne crises de enxaqueca. Pode ser consumida em tintura ou cápsulas!

Coenzima Q10 (ver produto)

A Coenzima Q10, como citado anteriormente, fornece energia para o corpo através da oxigenação das células! Isso melhora a qualidade de nosso metabolismo e gera um efeito cascata positivo sobre nossa saúde, dando maior disposição e também ajudando na prevenção de dores de cabeça. É pesquisada também para tratar sequelas de pós-Covid, que incluem enxaquecas.

Óleo Essencial de Lavanda (ver produto)

A aromaterapia também pode auxiliar nas crises de dor de cabeça! Com um cheiro floral agradável, poucos pingos do óleo essencial de Lavanda podem ser aplicados nas têmporas do paciente. Massageando com delicadeza, as propriedades calmantes da Lavanda te ajudam a relaxar.

 

Dicas de fitoterápicos para enxaqueca com origens mais específicas

Como acompanhamos ao longo deste informativo, os fatores desencadeantes para crises de enxaqueca podem ter origens diversas, portanto é necessário verificar quais são esses fatores para buscar um tratamento mais específico.

Se a dor for principalmente relacionada ao estresse, há duas plantas que são mais utilizadas:

 

Se a origem da dor de cabeça for de ansiedade e nervosismo, existe mais essas quatro plantas:

 

Caso os problemas de fígado estejam afetando a sua enxaqueca, existe mais uma variedade de fitoterápicos:

 

A origem sendo problemas de estômago, confira opções de fitoterápicos digestivos e protetores:

 

No entanto, se a questão da dor de cabeça for de origem hormonal, são preferíveis as seguintes opções:

 

Caso a pressão alta seja a principal suspeita de interferir nas crises de enxaqueca, também há fitoterápicos:

 

E por fim, se o problema da dor de cabeça for a circulação, há essas três plantas:

 

Viu só? Entender mais sobre a enxaqueca não foi uma dor de cabeça. Esperamos que tenha gostado do informativo deste mês e aproveite para cuidar dessa dor que pode atrapalhar tanto a nossa qualidade de vida! Busque cuidar da sua saúde física e mental com auxílio de fitoterápicos e adoção de hábitos mais saudáveis. 

E se sobrou alguma dúvida, você pode falar com nossos fitoterapeutas, clicando aqui.

Bibliografia

https://www.einstein.br/doencas-sintomas/enxaqueca

https://www.pfizer.com.br/noticias/ultimas-noticias/cefaleia-ou-enxaqueca

https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/enxaqueca/

https://bvsms.saude.gov.br/enxaqueca/

https://www.enxaqueca.com.br/o-que-e-enxaqueca/

https://www.enxaqueca.com.br/enxaqueca-dicas/

https://www.neurologiaintegrada.com.br/enxaqueca-x-covid-19-2/

https://saude.abril.com.br/mente-saudavel/a-ciencia-da-somatizacao/

https://saude.abril.com.br/medicina/chega-de-enxaqueca/

https://www.hcor.com.br/hcor-explica/neurologia/enxaqueca-saiba-como-prevenir-e-amenizar-a-dor/

https://www.headeneckfisioterapia.com.br/quente-ou-frio-para-alivio-da-dor-de-cabeca/

https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/revista/2018/01/15/interna_revista_correio,653392/enxaqueca-e-incluida-pela-oms-no-rol-de-doencas-mais-incapacitantes.shtml 

Deixe seu comentário

Escreva seu nome compelto (ex. Jane Miller)

Comentários

Veja o comentário de outros usuários e deixe o seu comentário também!

Artigo Dilênia ou Maçã de Elefante? Entenda os benefícios do uso medicinal dessa planta! 16 Jul 2024 Informativo A rinite atacou? Entenda os sintomas e como a fitoterapia pode ajudar! 04 Jul 2024 Artigo Margaridão, Titônia ou Mão-de-deus? Entenda os benefícios! 28 Jun 2024 Artigo Capim-limão: benefícios e uso na aromaterapia 25 Jun 2024 Informativo Cirrose e Hepatite: é a mesma coisa? Cuide do fígado de forma mais natural 04 Jun 2024 Artigo Eucalipto: benefícios e propriedades medicinais 29 Mai 2024

Ver Outros Conteúdos