Espinheira Santa

Preço Especial A partir de R$ 7,20

Disponível

Resumo:

Pague em até 6 x s/juros, Aproveite! Espinheira Santa indicada para úlcera estomacal e duodenal, gastrite, azia, dores estomacais, aftas e refluxo.
Ver descrição completa

Fórmula Magistral Unitário Quantidade  

Chá orgânico 30g

R$ 7,20  

Chá em Sachê Orgânico (10 und.) Kampo de Ervas

R$ 8,30  

Tintura 60mL

R$ 35,00  

90 cápsulas de 300mg

R$ 42,00  

90 cáps (Espinheira Santa 150mg + Carqueja 150mg)

R$ 44,00  

Extrato Fluido 60mL

R$ 45,00  

Extrato Fluido Composto (Espinheira Santa + Carqueja) - 60mL

R$ 45,00  

120 cápsulas de 300mg

R$ 49,00  

Veja para que serve Espinheira Santa

Espinheira Santa (Maytenus ilicifolia)

AÇÃO E INDICAÇÃO:

Indicada para úlcera estomacal e duodenal, gastrite, azia, dores estomacais, aftas e refluxo.

FORMAS UTILIZADAS:

- Cápsula (pó da planta)

- Tintura (liquido)

- Extrato Fluido (liquido)

- Chá (rasura)

Espinheira Santa

Espinheira Santa

Sinonímias: Maytenus ilicifolia, Maytenus aquifolium, Maytenus buchananni

Família: Celastraceae

Outros nomes: cancerosa, cancorosa, espinheira-divina, espinhosa, espinheira-de-Deus, espinheira-santa-do-mato.

Histórico: Utilizada pelos índios brasileiros e em vários países da América do Sul. Desde 1922 ficou conhecida no meio científico, através do trabalho do Dr. Aloisio França da Faculdade de Medicina do Paraná, utilizando a planta para tratamento de úlcera gástrica crônica.

A Espinheira Santa é uma árvore pequena, ramificada desde a base, medindo até cerca de cinco metros de altura, com distribuição nos estados do sul do país, nos sub-bosques das florestas de Araucária nas margens dos rios. Ocorre também nos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, porém em baixa freqüência. Também no Paraguai, Bolívia e Leste da Argentina.

Parte utilizada: folhas

Constituintes: Terpenos, taninos, flavonóides, mucilagens, antocianos, alcalóides, ácido salicílico e clorogênico, minerais (sais de ferro, enxofre, sódio, cálcio).

Ação e indicação: Possui ação antiulcerogênica, laxativa suave, diminui acidez estomacal, gastrite, combate Helliobacter pylori, diminui refluxos, analgésica digestiva, coadjuvante nos tumores digestivos, normaliza funções gastri-intestinais, cicatriza aftas (bochechos).

Usada popularmente como anticonceptivo. Possui ação diurética suave, desintoxicante, anti-bacteriana, cicatrizante (externamente para feridas, herpes, úlceras, escaras) e combate ressacas alcoólicas.

Efeitos colaterais: Não utilizar na fase de amamentação, pois pode diminuir a lactação.

Eliza Tomoe Harada

Pague em até 6 x s/juros, Aproveite! Espinheira Santa indicada para úlcera estomacal e duodenal, gastrite, azia, dores estomacais, aftas e refluxo.

Espinheira santa  Maytenus aquifolium  Maytenus ilicifolia  Ulcera  Gastrite  Estomago  Dor estomacal  Duodeno  Ulcera duodenal  Azia  Aftas  Refluxo  Ressaca  Dor de estômago  Ulcera gastrica 

Deixe sua avaliação

Avaliações de clientes reais

Os resultados e indicações referentes ao uso desse produto foram avaliados e comprovados pelo fabricante deste insumo farmacêutico (Informe Cientifico do fornecedor).

Não garantimos os resultados descritos, estes variam de pessoa para pessoa dependendo de diversos fatores como alimentação, prática de exercícios físicos, presença de outras patologias, bem como, o uso correto do produto conforme descrito na posologia.

- Produto adjuvante e suplemento alimentar. A prática de atividade física regular e bons hábitos alimentares são imprescindíveis para manutenção da saúde;

- A(s) imagen(s) que indica(m) o(s) produto(s) é (são) meramente ilustrativa(s), sem nenhuma alusão técnica e/ou científica;

- De acordo com as normas da Anvisa, todo produto deve ser manipulado de acordo com o pedido do comprador, portanto será manipulado após o recebimento e aprovação do nosso farmacêutico;

- Trata-se de descrição do produto e não propaganda. Somos uma Farmácia de manipulação. Portanto, os produtos naturais anunciados neste site serão produzidos sob encomenda;

- Não faça uso de medicamentos ou produtos sem orientação de um profissional médico ou farmacêutico;

Aproveite as formas de comunicação do nosso site e saiba mais detalhes com nossa equipe farmacêutica:

Por e-mail: farmacia@oficinadeervas.com.br
Telefone: (16) 2133-4455
WhatsApp: (16) 98234-0111

- Se persistirem os sintomas, o médico ou farmacêutico deverá ser consultado;
- Evite a automedicação. O medicamento mesmo livre de obrigação de prescrição médica merece cuidado.
- As indicações postas não se tratam de propaganda, e sim de descrição do produto;
- Consulte sempre um especialista;
- As indicações dos produtos são baseadas no conhecimento científico do profissional farmacêutico e nos laudos de aquisição dos produtos junto aos fornecedores autorizados pela Anvisa.

Os medicamentos sob prescrição só serão dispensados mediante apresentação de prescrição de profissional habilitado ou cópia digital;

1- Mantenha todo e qualquer medicamento ou produtos para adultos longe do alcance de crianças;
2- Manter esse produto longe de fontes de umidade, calor, luz ou eletromagnéticas. Temperatura de melhor conservação: 15 a 30º C;
3- Não partir ou mastigar esse produto;
4- Tomar sempre com quantidades generosas de líquido;
5- Mantenha seus exames médicos em dia. A ação de fitoterápicos orais pode ser alterada em portadores de problemas de tireoide, síndrome metabólica, obesidade mórbida entre outros.
6- Exercite-se regularmente e alimente-se com bom senso. Isso garante a manutenção de sua saúde a longo prazo;
7- Não use nenhum produto com o prazo de validade vencido;
8- Mulheres grávidas ou amamentando e crianças devem consultar médico ou farmacêutico antes de utilizar este produto;
9- Os fitoterápicos, de maneira geral, possuem efeitos terapêuticos mais suaves, o que pode explicar a redução dos efeitos colaterais. Porém, alguns efeitos colaterais não descritos na literatura podem ocorrer;
10- Pessoas com hipersensibilidade às substâncias contidas na formulação não devem ingerir o produto;
11- Em caso de hipersensibilidade, recomenda- se interromper o uso e consultar o médico.

ATENÇÃO:

É permitida às farmácias e drogarias a entrega de medicamentos por via postal desde que atendidas as condições sanitárias que assegurem a integridade e a qualidade dos produtos, conforme legislação vigente.

O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário o direito à informação e orientação quanto ao uso de medicamentos solicitados por meio remoto.

RDC 44 de 17 de agosto de 2009

A dispensação de plantas medicinais é privativa das farmácias e ervanarias, observados o acondicionamento adequado e a classificação botânica e adequada orientação de profissional da saúde.

As embalagens não podem ter alegações terapêuticas.

(Lei 5991/73)

Mais Procurados