2021-05-05

Hora de dormir: Conheça 9 plantas para insônia

Hoje o assunto é sobre algo que todo mundo faz e não pode viver sem. Dormir é uma necessidade básica do ser humano ligada tanto a nossa saúde física como mental. Parece algo simples e corriqueiro, mas sem dormir bem é praticamente impossível ter qualidade de vida.

Além de descansar, uma noite bem dormida permite que o organismo cumpra funções fisiológicas essenciais. É durante o sono que o corpo faz grande parte da regeneração celular, fabrica substâncias e hormônios como o da “felicidade” (serotonina) e o do crescimento (GH), e consolida memórias e aprendizados.

Ainda assim, muita gente convive com a insônia, passando noites sem dormir ou dormindo mal por um longo período. A falta de um sono reparador acarreta diversos problemas imediatos como:

E, no longo prazo, aumenta os riscos de o paciente desenvolver doenças do coração, diabetes, depressão, dentre outras.

Existem diversas formas de tratar e acabar com a insônia, desde mudanças de hábitos até medicamentos naturais ou convencionais. Hoje vamos falar de plantas que ajudam a dormir e proporcionar uma boa noite de sono de forma natural. Vamos lá?

Casal de idosos dormindo sem insonia

Plantas que ajudam a dormir e relaxar

1- Mulungu

O mulungu (Erythrina mulungu Benth.) é um calmante natural muito utilizado em casos de insônia crônica. Também é indicado em casos de depressão, ansiedade e estresse, que muitas vezes são os problemas que estão impedindo a pessoa de dormir. Nesses casos, ele poderá tratar a causa do problema e, como resultado, acabará com a insônia.

2- Melissa

A melissa (Melissa officinalis L.) é uma planta com efeito sedativo suave e ligeiramente hipnótico. Por isso, costuma ser usada em casos de desordens nervosas e ansiedade. Ela ajuda a combater a insônia e pode ser consumida em forma de extrato fluido, tintura e cápsulas do pó. Muitas pessoas também tomam seu chá para dormir que, além de calmante, é uma delícia.

3- Hipérico

O hipérico (Hypericum perforatum), também conhecido como erva de São João, é usado para tratar casos de insônia ligada à depressão. Suas propriedades terapêuticas auxiliam no tratamento da depressão, nervosismo e ansiedade, além de melhorar a concentração, a memória e as funções cognitivas.

4- Valeriana

A valeriana (Valeriana officinalis) é uma planta com ação hipnótica, ou seja, ela é indutora do sono, por isso é usada em casos de insônia, sono leve e agitado ou até mesmo em casos de hiperatividade. Além disso, apresenta ação sedativa, relaxante e é um antidepressivo suave, propriedades que também contribuem para uma boa noite de sono. Uma dica é tomar uma cápsula de valeriana no final da tarde e uma cápsula 1 hora antes de dormir para aproveitar melhor seu efeito.

5 - Maracujá

O maracujá (Passiflora edulis) é um velho conhecido de quem tem problemas para dormir. É indicado para quem tem insônia, ansiedade, nervosismo e sofre com sintomas causados por este último, como dores de cabeça e taquicardia. Porém, é importante saber que o efeito calmante vem das folhas de maracujá, e não do fruto. As propriedades e seus benefícios podem ser obtidos na forma de cápsulas, tintura, extrato fluido, xarope ou do chá de maracujá.

Bebe dormindo

6- Lúpulo

O lúpulo (Humulus lupulus) é uma planta usada como calmante tanto para insônia crônica quanto para ansiedade. Apesar de ser mais conhecida como matéria-prima da cerveja, vários estudos têm observado seus efeitos no sistema nervoso central e seu potencial terapêutico no tratamento de distúrbios do sono.

7- Kawa kawa

A kawa kawa (Piper methysticum) é uma planta indicada para o tratamento de nervosismo, estresse, insônia ansiedade. Ela também age no organismo como relaxante muscular leve, colaborando no tratamento da depressão, enxaquecas e cefaleias originadas por tensão. Em casos de ansiedade e insônia leve a moderada, a planta pode ajudar a melhorar os sintomas com um tratamento de curto prazo que vai de uma a oito semanas.

8- Capim limão

O capim limão (Cymbopogon citratus) também conhecido como Lemongrass ou capim-cidreira é uma planta com efeito calmante muito usada na aromaterapia. Ela possui óleos essenciais relaxantes que podem ser usados para combater a insônia, angústia, palpitações e dores de cabeça. Uma ótima dica para ter uma noite tranquila e aconchegante é usá-la na sua rotina noturna: saborear um chá de capim limão quentinho e borrifar o spray aromatizador no travesseiro antes de dormir.

9- Lavanda

A lavanda (Lavandula officinalis) também conhecida como alfazema é outra planta muito usada na aromaterapia para acalmar e relaxar a mente, proporcionando um sono tranquilo. Seu óleo essencial possui um aroma floral delicioso que pode ser usado em massagens para refrescar os músculos cansados. Ela também pode ser usada nos hábitos de higiene do sono como: aromatizar o quarto com lavanda para deixá-lo mais aconchegante, passar um pouquinho do óleo no pescoço ou borrifar o spray no travesseiro. Sua tintura, quando ingerida junto com a tintura de girassol, ajuda a amenizar dores de cabeça.

Terapia do cheiro: Como recuperar o olfato após a COVID-19

Mulher dormindo sem insonia

Descubra a causa da insônia

Além das plantas para insônia, é importante buscar o que está atrapalhando sua noite de sono. Pode ser um problema da vida pessoal ou no trabalho, efeito colateral de algum medicamento ou problemas de saúde como ansiedade ou dores pelo corpo.

Saber a causa da insônia irá ajudar a atacar melhor o problema e também a usar a planta mais adequada para sua situação. Em casos severos, um médico pode receitar o exame de polissonografia e descobrir se existem questões mais complexas para serem tratadas, como a apneia obstrutiva do sono.

Em todo caso, a ajuda natural das plantas e algumas mudanças de hábito muitas vezes dão conta do recado ou amenizam os sintomas e combatem alguns causadores da insônia.

Leia um informativo completo sobre distúrbios do sono aqui

Durma melhor com uma boa rotina de sono

Uma das primeiras dicas para quem tem problemas para dormir é cultivar uma boa rotina de sono. São ações básicas e simples de fazer, mas que na correria do dia a dia ninguém lembra ou dá atenção. Olha só alguns exemplos:

  • Dormir e acordar em horários regulares.
  • Não consumir alimentos com estimulantes, como cafeína, no período da tarde e da noite.
  • Evitar celular, computador, TV e outros aparelhos com luzes artificiais de duas a três horas antes de dormir.
  • Evitar alimentos pesados e não comer próximo da hora de dormir, num período de pelo menos duas horas.
  • Praticar exercício físico durante o dia, mas não próximo da hora de dormir.
  • Deixar o quarto em uma temperatura agradável.
  • Tomar um banho morno antes de dormir.
  • Tomar chás relaxantes como o de camomila, melissa, capim limão ou maracujá.
  • Usar as dicas de aromaterapia que falamos mais acima.

Essas práticas podem ajudar muito suas noites de sono no longo prazo. Mas, sempre que tiver dificuldade para dormir, não tente lutar contra a insônia. Isso só gerará mais ansiedade e irritação.

Levante-se da cama e vá fazer alguma coisa que considere relaxante, como ler um livro leve, meditar ou ouvir música. Quando se sentir cansado novamente, é só voltar para a cama e tentar dormir de novo.

Esperamos que esse informativo te ajude a dormir melhor. E, se precisar, a equipe da Oficina de Ervas está sempre aqui para ajudar. Bons sonhos!

Você pode falar com um fitoterapeuta clicando aqui.

Mulher acordando bom sono

Referências

https://www.hospitalsiriolibanes.org.br/sua-saude/Paginas/insonia-10-dicas-para-dormir-melhor-.aspx

https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/insonia/

https://www.bbc.com/portuguese/brasil-47941896

https://www.livemed.in/blog/-/blogs/que-plantas-medicinais-podemos-usar-para-diminuir-a-insonia?p_p_auth=2LNWtHQR

http://cienciasecognicao.org/neuroemdebate/arquivos/4772

https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2020/07/14/insonia-pode-ser-sintoma-ou-doenca-e-a-solucao-e-quase-sempre-sem-remedios.htm

https://www.oficinadeervas.com.br/arquivos/monografia_estudofitoquimicoatividade.pdf

Comentários


  • LUCIANA CAMPOS DE ALMEIDA
    A erva baleeira causa diarréia?? Quero cicatrizar a gastrite. Tentei a espinheira santa, mas me fez mal. Pensei na Baleeira, mas tenho receio de ter diarréia.
    ⇒ Oficina de Ervas: Oi Luciana. A Erva Baleeira não causa diarreia e pode ser usada, mas para tratar gastrite, além da Espinheira santa tem a Guaçatonga e a Zedoária que são mais indicadas. Lembrando que todo medicamento usado para tratar gastrite deve ser tomado antes de cada refeição (café, almoço e jantar). Qualquer dúvida, entre em contato conosco. Deixo aqui os links para você ler: https://www.oficinadeervas.com.br/guacatonga e https://www.oficinadeervas.com.br/zedoaria
  • João Gomes dos Santos
    Gostaria de saber se este produto, combate a hiperplasia prostática benigna?
    ⇒ Oficina de Ervas: Olá João. A planta indicada para tratar a hiperplasia prostática benigna é o Sabal. Pode ser associada ao uso do óleo de semente de abóbora, Pygeum africanum e Urtiga, dependendo das necessidades. Entre em contato com nossos fitoterapeutas para obter uma orientação personalizada. Deixo aqui os links das plantas que citei: https://www.oficinadeervas.com.br/saw-palmetto, https://www.oficinadeervas.com.br/oleo-de-semente-de-abobora, https://www.oficinadeervas.com.br/pygeum-africanum e https://www.oficinadeervas.com.br/urtiga

Deixe seu comentário sobre:
Hora de dormir: Conheça 9 plantas para insônia