Valeriana

Preço Especial A partir de R$ 38,00

Disponível

Resumo:

Valeriana possui ação sedativa, indicada para histeria, insônia crônica e nervosismo da menopausa. Pague em até 6 x s/juros, Aproveite!
Ver descrição completa

Fórmula Magistral Unitário Quantidade  

60 cápsulas E.S (extrato seco) 200 mg

R$ 59,00  

60 cápsulas Pó de 400mg

R$ 43,00  

60 cápsulas Pó de 400mg (Kit com 2 frascos)

R$ 86,00
R$ 77,40
 

90 cápsulas E.S (extrato seco) 80 mg

R$ 47,00  

90 cápsulas Pó de 400mg

R$ 48,00  

90 cápsulas Pó de 400mg (Kit com 2 frascos)

R$ 96,00
R$ 84,50
 

Tintura 60mL

R$ 38,00  

Tintura 60mL (Kit com 2 frascos)

R$ 76,00
R$ 68,40
 

 

Veja para que serve Valeriana

Valeriana (Valeriana officinalis)

AÇÃO E INDICAÇÃO:

Possui ação sedativa, indicada para histeria, insônia crônica e nervosismo da menopausa.

FORMAS UTILIZADAS:

- Cápsula (pó da planta ou extrato seco)

- Tintura (líquido a 20%)

Benefícios da Valeriana: para que serve, como tomar e efeitos colaterais

A valeriana é muito conhecida pelos seus benefícios para a insônia. Mas não é só isso! Veja neste artigo sobre os benefícios da valeriana, para que serve, efeitos colaterais e como tomar.

 

O que é a Valeriana

Se você não conhece a valeriana, saiba que ela é uma flor bem miúda, mas de aroma forte e quem sabe até desagradável. Mas não só da beleza ou do cheiro vem a fama da valeriana: Essa planta tem uma longa história e suas propriedades medicinais foram citadas por nomes importantes como Hipócrates e Galeno na Antiguidade Clássica, além de Fabius e Plínio. Nesta época, foram relatados os seus efeitos sedativos, analgésicos e antiepiléticos. Durante a Segunda Guerra Mundial, por exemplo, a valeriana foi utilizada por soldados para aliviar o estresse dos combates e bombardeios.

Mesmo delicada, é evidente que a valeriana tem uma história impactante.

Há muitas espécies de valeriana, mas aquela que aproveitamos para uso medicinal é a Valeriana officinalis, cuja parte do seu nome "officinalis" justamente indica que é uma planta oficial utilizada de forma medicinal. Essa espécie prefere lugares úmidos com sombra, crescendo em florestas temperadas e preferencialmente perto da água, em riachos e lagoas. Hoje, a Alemanha, Bélgica e Holanda são os principais produtores.

E hoje?

Não estamos na Antiguidade Clássica e nem na Segunda Guerra, porém o estresse continua e os transtornos de ansiedade e distúrbios do sono são cada vez mais comuns. E, já que queremos evitar efeitos colaterais mais severos da medicina convencional, a valeriana mais uma vez pode nos ajudar!

 

Benefícios da valeriana: para que serve

Os benefícios da valeriana estão relacionados aos seus efeitos calmantes, que podem nos ajudar em quadros de ansiedade e problemas de sono, como o sono agitado ou dificuldade para dormir. Popularmente, é dito apenas que essa planta dá sono e esta afirmação não está errada, embora os efeitos da valeriana sejam mais abrangentes do que isso.

As partes utilizadas são as raízes e seus principais componentes são:

  • Valepotriatos
  • Sesquiterpenos
  • Lignanas

 

Elas possuem ações:

  • Ansiolíticas
  • Soníferas
  • Sedativas
  • Anticonvulsivantes

 

Podemos aproveitar o melhor de suas propriedades através de cápsulas ou tinturas, já que o odor de seu chá pode ser desagradável.

 

E quais são suas indicações de uso?

De modo geral, as principais indicações de uso da Valeriana officinalis são:

 

Ao diminuir a ansiedade, esta planta pode desencadear outras melhorias na nossa saúde e bem-estar, sendo uma aliada na perda de peso. Repetimos aqui: a valeriana não diretamente emagrece, apenas alivia estados de tensão e nos ajuda a diminuir a compulsão alimentar. Um estilo de vida mais saudável é sempre recomendado!

Valeriana planta flor

 

Valeriana: efeitos colaterais e contraindicações

De modo geral, a valeriana não apresenta toxicidade aguda, mas os alertas principais da valeriana são para pacientes hipersensíveis ou alérgicos à esta planta, bem como grávidas e lactantes. É bom consultar um médico — ou nossos fitoterapeutas — antes de iniciar um tratamento.

Recomenda-se manter o consumo da valeriana dentro da dosagem recomendada e não misturar com bebidas alcoólicas ou outros medicamentos depressores. Quanto utilizada por períodos prolongados, as possíveis (e paradoxais!) reações no organismo são:

  • Desconfortos estomacais
  • Diarreia
  • Reações alérgicas na pele
  • Taquicardia
  • Tremores
  • Insônia

 

Outros conselhos sobre a valeriana

O odor da valeriana — a planta em si ou caso você tenha chá em casa — atrai gatos e provoca euforia nos bichanos, sendo utilizado até mesmo em brinquedinhos para os bichanos. É tóxico? Não, mas não é recomendado em grandes quantidades.

Os efeitos ansiolíticos e sedativos da valeriana para o organismo humano não estão associados à perda do estado de alerta após oito horas de seu consumo, ou seja, não há aquela ressaca matinal e letargia que medicamentos convencionais podem causar. No entanto, não se recomenda o consumo de valeriana pouco antes de se realizar tarefas que exigem atenção, reflexo e concentração, como dirigir ou operar máquinas.

 

Dosagem usual recomendada

Em casos de insônia, a recomendação é tomar a valeriana 2 horas antes de dormir. Pois a valeriana pode causar certa agitação antes de estimular o relaxamento e induzir aquele sono gostoso.

Veja abaixo como tomar a valeriana:

Cápsula de pó: 400 mg 2 a 3 vezes ao dia;

Cápsula de extrato seco: 80mg 3 vezes ao dia a 200mg 2 vezes ao dia;

Tintura: para um adulto médio, até 40 gotas de 2 a 3 vezes ao dia.

E então, que tal reduzir a ansiedade e dormir melhor de um jeito mais natural?

 

Valeriana: preço e onde comprar

Você pode comprar a valeriana na forma de cápsula e tintura no nosso site, clicando aqui.

Em caso de dúvidas, você pode falar com nossos fitoterapeutas, clicando aqui.

Casal dormindo bem com valeriana

 

Bibliografia

https://www.redalyc.org/pdf/850/85015681011.pdf

https://www.scielo.br/j/rbfar/a/B7KzvTGQsXVRkVztvVkZg3M/?format=pdf&lang=pt

http://publicacoesacademicas.unicatolicaquixada.edu.br/index.php/mostracientificafarmacia/article/view/3570

https://www.bulario.com/valeriana/

https://www.mundoboaforma.com.br/valeriana-emagrece-mesmo/

https://www.zooplus.pt/magazine/gatos/jogos-para-gatos-e-treino/plantas-para-gatos-valeriana

Valeriana possui ação sedativa, indicada para histeria, insônia crônica e nervosismo da menopausa. Pague em até 6 x s/juros, Aproveite!

Valeriana  Sedativa  Insônia crônica  Valeriana  Valeriana officinalis  Ação sedativa  Histeria  Insônia  Nervosismo da menopausa  Calmante  Irritação  Sono  Qualidade do sono  Fibromialgia 

Deixe sua avaliação

Avaliações de clientes reais

Os resultados e indicações referentes ao uso desse produto foram avaliados e comprovados pelo fabricante deste insumo farmacêutico (Informe Cientifico do fornecedor).

Não garantimos os resultados descritos, estes variam de pessoa para pessoa dependendo de diversos fatores como alimentação, prática de exercícios físicos, presença de outras patologias, bem como, o uso correto do produto conforme descrito na posologia.

- Produto adjuvante e suplemento alimentar. A prática de atividade física regular e bons hábitos alimentares são imprescindíveis para manutenção da saúde;

- A(s) imagen(s) que indica(m) o(s) produto(s) é (são) meramente ilustrativa(s), sem nenhuma alusão técnica e/ou científica;

- De acordo com as normas da Anvisa, todo produto deve ser manipulado de acordo com o pedido do comprador, portanto será manipulado após o recebimento e aprovação do nosso farmacêutico;

- Trata-se de descrição do produto e não propaganda. Somos uma Farmácia de manipulação. Portanto, os produtos naturais anunciados neste site serão produzidos sob encomenda;

- Não faça uso de medicamentos ou produtos sem orientação de um profissional médico ou farmacêutico;

Aproveite as formas de comunicação do nosso site e saiba mais detalhes com nossa equipe farmacêutica:

Por e-mail: farmacia@oficinadeervas.com.br
Telefone: (16) 2133-4455
WhatsApp: (16) 98234-0111

- Se persistirem os sintomas, o médico ou farmacêutico deverá ser consultado;
- Evite a automedicação. O medicamento mesmo livre de obrigação de prescrição médica merece cuidado.
- As indicações postas não se tratam de propaganda, e sim de descrição do produto;
- Consulte sempre um especialista;
- As indicações dos produtos são baseadas no conhecimento científico do profissional farmacêutico e nos laudos de aquisição dos produtos junto aos fornecedores autorizados pela Anvisa.

Os medicamentos sob prescrição só serão dispensados mediante apresentação de prescrição de profissional habilitado ou cópia digital;

1- Mantenha todo e qualquer medicamento ou produtos para adultos longe do alcance de crianças;
2- Manter esse produto longe de fontes de umidade, calor, luz ou eletromagnéticas. Temperatura de melhor conservação: 15 a 30º C;
3- Não partir ou mastigar esse produto;
4- Tomar sempre com quantidades generosas de líquido;
5- Mantenha seus exames médicos em dia. A ação de fitoterápicos orais pode ser alterada em portadores de problemas de tireoide, síndrome metabólica, obesidade mórbida entre outros.
6- Exercite-se regularmente e alimente-se com bom senso. Isso garante a manutenção de sua saúde a longo prazo;
7- Não use nenhum produto com o prazo de validade vencido;
8- Mulheres grávidas ou amamentando e crianças devem consultar médico ou farmacêutico antes de utilizar este produto;
9- Os fitoterápicos, de maneira geral, possuem efeitos terapêuticos mais suaves, o que pode explicar a redução dos efeitos colaterais. Porém, alguns efeitos colaterais não descritos na literatura podem ocorrer;
10- Pessoas com hipersensibilidade às substâncias contidas na formulação não devem ingerir o produto;
11- Em caso de hipersensibilidade, recomenda- se interromper o uso e consultar o médico.

ATENÇÃO:

É permitida às farmácias e drogarias a entrega de medicamentos por via postal desde que atendidas as condições sanitárias que assegurem a integridade e a qualidade dos produtos, conforme legislação vigente.

O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário o direito à informação e orientação quanto ao uso de medicamentos solicitados por meio remoto.

RDC 44 de 17 de agosto de 2009

A dispensação de plantas medicinais é privativa das farmácias e ervanarias, observados o acondicionamento adequado e a classificação botânica e adequada orientação de profissional da saúde.

As embalagens não podem ter alegações terapêuticas.

(Lei 5991/73)

Mais Procurados