Infecção urinária recorrente: sintomas, prevenção e alternativas fitoterápicas

A infecção urinária é muito comum e provoca muitos incômodos para quem sofre disso mais de uma vez ao ano — condição chamada de infecção urinária recorrente ou de repetição. Existem muitas formas de prevenção e tratamento, lembrando que fitoterápicos podem ajudar sua saúde. Neste informativo, vamos entender todos esses detalhes e daremos dicas especiais de cuidado. Vamos lá?

Se você já quiser saber quais são os fitoterápicos indicados, clique aqui!

 

O que é Infecção Urinária Recorrente?

Para relembrar, infecção urinária é a presença de patógenos, geralmente bactérias, no trato urinário. É a mesma coisa que Cistite? Não exatamente, pois a infecção urinária pode ocorrer em qualquer parte do sistema urinário e, dependendo do órgão afetado, é chamada por nomes diferentes. O CID para problemas no trato urinário é N39, com subdivisões dependendo do quadro do paciente.

A Cistite, por exemplo, é um tipo de infecção urinária e atinge a bexiga. A Oficina de Ervas fez um informativo especialmente sobre Cistite! Para saber mais, leia "6 Plantas para ajudar no Tratamento de Cistite" clicando aqui.

E se atingir a uretra? É Uretrite. E os rins? Pielonefrite, que é um quadro bem mais sério. Aqui, vamos falar de maneira geral de infecções urinárias que possam ocorrer repetidamente em um intervalo curto: são as infecções urinárias recorrentes ou de repetição, que acometem as pessoas 2 vezes em 6 meses ou 3 vezes em um ano — lembrando que isto é uma estimativa.

O sexo feminino tem mais chances de sofrer por infecção urinária — sobretudo, as cistites — devido à diferença anatômica entre os sistemas urinários dos sexos femininos e masculinos: a uretra feminina é mais curta, o que facilita a movimentação de microorganismos de um local para outro. Já a uretra masculina é mais longa. Porém, isso não quer dizer que o sexo masculino não possa desenvolver infecções urinárias.

Pessoas idosas e/ou acamadas podem sofrer também de infecção urinária. O envelhecimento diminui a resposta ágil e eficiente do sistema imunológico, bem como impacta em diferenças hormonais e, no caso do sexo feminino, mudanças na flora vaginal. Quem usa fralda também pode estar mais exposto à infecções, então é necessário ter atenção aos sintomas.

Sintomas da Infecção Urinária Recorrente

Os sintomas de infecção urinária costumam ser muito clássicos, tanto que são diagnosticados com facilidade por profissionais da saúde. No entanto, dependendo do quadro e do indivíduo, pode não ser tão óbvio assim. Por isso, atente-se aos sintomas abaixo e busque sempre orientação médica.

E é claro, para ser uma infecção urinária recorrente, ela deve ocorrer repetidamente ao longo do ano. Sentindo os sintomas citados acima, busque atendimento médico para um diagnóstico preciso, pois assim você terá um acompanhamento individualizado capaz de detectar as razões que levaram a infecção urinária mais de uma vez. Serão feitos exames laboratoriais para conferir mais detalhes.

Afinal, quais são as causas prováveis? É o que vamos explorar adiante!

Causas da Infecção Urinária Recorrente

A causa em si de uma infecção urinária é a presença de microorganismos, como bactérias, no trato urinário; migrando primeiramente para uretra — sendo comum vindo ânus para a uretra. Existem vários fatores de risco que aumentam a probabilidade do surgimento de infecções urinárias, alguns estão relacionados aos hábitos dos pacientes e outros a condições de saúde já existentes.

Infecção Urinária e o Sexo

Infecções urinárias não são infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), mas o sexo pode facilitar o contato de bactérias com a uretra, tanto que existe um falso entendimento da "Cistite da Lua de Mel", que seria a cistite desenvolvida após relações sexuais.

Até o momento, o consenso médico que justifica infecções urinárias após relações sexuais se deve a somatória de alguns fatores que facilitam a migração de bactérias para a uretra:

Isso não significa que você deve parar de usar preservativos ou outros métodos contraceptivos! Métodos contraceptivos como a camisinha são muito importantes para proteger todos de ISTs e gravidez não planejada. Os tópicos citados acima são fatores que podem favorecer infecções urinárias, mas devemos lembrar que existem outros fatores como baixa imunidade. Não adianta abandonar camisinhas com espermicidas se a higiene não estiver em dia, se a imunidade estiver baixa, etc.

Se você tem enfrentado muitas infecções urinárias, converse com profissionais da saúde para encontrar outros métodos contraceptivos que atendam melhor às necessidades. O diálogo honesto é muito importante para todos os envolvidos: parceiros sexuais e médicos.

Infecção Urinária e a Umidade

A umidade constante na área genital pode favorecer a proliferação de microrganismos, que podem migrar para a uretra e causar infecções urinárias. E quando estamos no verão — e claro, em um país tropical predominantemente quente — o calor e as atividades aquáticas são fatores a mais para se ter atenção e evitar infecções urinárias recorrentes.

Só um lembrete: água não é sinônimo de infecção urinária.

Mas dificilmente a água está sempre livre de bactérias. No calor, junto com atividades recreativas (piscina, mar, um churrasco que esteja acontecendo ao lado), as pessoas tendem a estar em contato com esses microrganismos por períodos prolongados através das roupas úmidas e vão menos ao banheiro urinar.

Portanto, lembre-se:

Com esses cuidados, você e os outros podem diminuir as chances de infecção urinária e assim desfrutarem melhor de atividades aquáticas em qualquer estação do ano!

Infecção Urinária e o Inverno

No Inverno, os cuidados com a hidratação e idas ao banheiro devem ser redobrados! As pessoas sentem menos sede e se hidratam menos quando o clima está ameno, sem falar na preguiça de ir ao banheiro ou até tomar um banho. Então fica mais fácil das bactérias entrarem na uretra, já que a higiene não está tão legal e a urina não elimina os microrganismos levando-os para fora com frequência.

Para evitar a infecção urinária, lembre-se de tomar muita água e continue urinando bem. E se não for possível tomar banho no dia, pelo menos uma duchinha ou o uso do bidê valem para higienizar a genitália!

Medidas básicas de prevenção de Infecção Urinária Recorrente

Não tenha mais dúvidas sobre como prevenir a infecção urinária! Atente-se a essas medidas simples e que fazem toda a diferença para te ajudar a manter infecções longe:

Tratamento para Infecção Urinária

Se você já teve infecção urinária, você vai lembrar que o tratamento é bem simples, geralmente através de antibióticos. É primordial que pacientes sigam as indicações médicas de posologia, incluindo horário para tomar o medicamento e o prazo correto.

O consumo incorreto de antibióticos é extremamente desaconselhado pela possibilidade de problemas, como a resistência à ação de antibióticos em possíveis infecções futuras. E se o caso é infecção urinária recorrente, o quadro pode piorar! Dificilmente a infecção urinária se cura sozinha, ainda mais quando é de repetição. Siga as recomendações médicas sempre com a maior exatidão.

Não aposte na automedicação e não interrompa o tratamento recomendado por profissionais antes do prazo determinado.

10 produtos naturais para tratamento de Infecção Urinária Recorrente

Todos esses cuidados auxiliam muito na prevenção e tratamento em casos de infecção urinária recorrente. Além do que já foi explicado, a natureza nos oferece opções que nos ajudam bastante. Veja agora a nossa lista de principais fitoterápicos e produtos naturais:

1 - Cranberry — Ajuda a evitar infecções porque inibe a aderência de microrganismos nas paredes e superfícies celulares dos órgãos. Assim, é mais provável que esses patógenos não se prendam à bexiga! (ver produto).

2 - Chapéu de Couro — Auxilia no combate e prevenção de infecções urinárias através de suas ações diurética, depurativa e antisséptica. Também auxilia na eliminação de pedras nos rins (ver produto).

3 - Quebra-Pedra — Tem ação anti-inflamatória, diurética e antinociceptiva, favorecendo seu corpo a urinar mais. Deste modo, ajuda a eliminar microrganismos que esteja no trato urinário. Também é indicada por auxiliar na eliminação e prevenção de cálculos renais (ver produto).

4 - Óleo de Copaíba — Devido à sua ação antimicrobiana, o Óleo de Copaíba é indicado para tratamentos de infecção urinária por inibir o desenvolvimento de bactérias (ver produto).

5 - Abacate — As folhas de Abacate tem efeitos diuréticos, anti-inflamatórios e antimicrobianos. Assim, é também um fitoterápico indicado para infecções urinárias por ajudar seu corpo a eliminar urina e inibir microorganismos (ver produto).

6 - Uva-Ursi — De modo geral, a Uva Ursi é utilizada para tratar infecções urinárias leves e sem complicações, pois tem ações antimicrobianas, diuréticas e anti-inflamatórias (ver produto).

7 - Própolis — Embora seja mais associado ao combate de sintomas gripais, o própolis tem propriedades antibacterianas, antifúngicas e antivirais que auxiliam a resposta do nosso sistema imunológico. Por isso, se a sua imunidade necessita de uma força, incorporar o Própolis na sua rotina vai te ajudar (ver produto).

8 - Cúrcuma — Também pode auxiliar no sistema imunológico, ainda mais quando falamos da curcumina em sua composição. Existem estudos relacionando a Cúrcuma com a ativação de células T, parte do sistema imunológico. A Oficina de Ervas oferece também a opção de cápsulas de curcumina com Vitamina C e Própolis, ajudando bem o sistema imune (ver produto).

9 - Equinácea — Essa planta também estimula nosso sistema imunológico. De maneira geral, ela estimula a imunidade ao promover o aumento de proteínas produzidas pelos glóbulos brancos, que agem na defesa contra microrganismos (ver produto).

10 - Astragalus — Serve para aumentar a resposta imunológica e favorecer a nossa reação ao estresse. Seus mecanismos ainda são estudados e identifica-se o estímulo da síntese de macrófagos e linfócitos. (ver produto).

Observações importantes: Infecções urinárias recorrentes devem ser tratadas com seriedade e muito cuidado. Não deixe de buscar atendimento médico. Se você tem doenças autoimunes, é transplantado ou passará por cirurgias, não recomenda-se o uso de Equinácea ou Astragalus. Converse sempre com profissionais da saúde e diga honestamente todas as suas condições de saúde antes de começar ou interromper o uso de fármacos.

 

Gostou do informativo? Esperamos que tenha sido útil para que você saiba agora como tomar ações no seu cotidiano para evitar a Infecção Urinária Recorrente e quais fitoterápicos escolher para seu tratamento. Sua saúde e bem-estar são muito importantes! Portanto, não se esqueça de buscar o apoio de profissionais da área da saúde para uma avaliação completa do seu caso e cuide da sua saúde com muito zelo, sabendo que você também pode contar com o auxílio da Oficina de Ervas!

E se sobrou alguma dúvida, você pode falar com nossos fitoterapeutas, clicando aqui.

 

Bibliografia

https://clinifemina.com.br/infeccao-urinaria-recorrente-causas-prevencao-e-tratamento

https://www.urocentrobrasilia.com.br/dicas-de-saude/noticias/15-infeccao-urinaria/

https://medfocus.com.br/cistite-e-infeccao-urinaria/

https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/infeccao-urinaria/

https://drauziovarella.uol.com.br/60mais/como-prevenir-infeccao-urinaria-em-idosos/

https://www.drakeillafreitas.com.br/causas-de-imunidade-baixa/

https://www.tamoiosnews.com.br/noticias/vai-para-a-praia-urologista-indica-4-principais-cuidados-que-evitam-a-infeccao-urinaria-no-verao/

https://www.clinicacroce.com.br/blog/cistite-e-infeccao-urinaria/

https://www.cnnbrasil.com.br/saude/calor-no-verao-aumenta-os-casos-de-infeccao-urinaria-saiba-como-se-prevenir/

https://vitat.com.br/xixi-na-piscina/

https://centrobrasileirodeurologia.com.br/litiase/infeccao-urinaria/

https://telemedicinamorsch.com.br/blog/cid-n39

Deixe seu comentário

Escreva seu nome compelto (ex. Jane Miller)

Comentários

Veja o comentário de outros usuários e deixe o seu comentário também!

• MARIA ALICE DE AZEVEDO
ÓTIMO ARTIGO. CLARO E UTIL. PARABÉNS.
⇒ Oficina de Ervas: Olá, Maria Alice. Ficamos felizes em saber que o nosso informativo tenha sido esclarecedor. Temos em nossa farmácia uma equipe de fitoterapeutas para te atender, caso você tenha qualquer dúvida. É só entrar em contato pelo link abaixo: https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta Agradecemos pela mensagem e ficamos à disposição.


• MARCIA SIGALLIS SILVEIRA
obrigada pelo artigo também muito claro
⇒ Oficina de Ervas: Olá, Márcia Ficamos muito felizes em saber que tenha gostado de nossos conteúdos. Para dúvidas e orientações clique no link abaixo e fale com nossos fitoterapeutas: https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta Estamos à disposição.


• Petra Sanchez Sanchez
Excelente artigo
⇒ Oficina de Ervas: Olá, Petra. Costumamos fazer pesquisas em vários artigos científicos, para trazer aos leitores as melhores informações possíveis. Ficamos a disposição.


• Lorena
adorei o artigo, muito esclarecedor e bem completo, me ajudou bastante
⇒ Oficina de Ervas: Olá, Lorena Ficamos felizes que gostou de nosso conteúdo. Caso queira alguma orientação, entre em contato conosco pelos links abaixo: https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta https://www.oficinadeervas.com.br/zap Estamos à disposição.


Artigo Dilênia ou Maçã de Elefante? Entenda os benefícios do uso medicinal dessa planta! 16 Jul 2024 Informativo A rinite atacou? Entenda os sintomas e como a fitoterapia pode ajudar! 04 Jul 2024 Artigo Margaridão, Titônia ou Mão-de-deus? Entenda os benefícios! 28 Jun 2024 Artigo Capim-limão: benefícios e uso na aromaterapia 25 Jun 2024 Informativo Cirrose e Hepatite: é a mesma coisa? Cuide do fígado de forma mais natural 04 Jun 2024 Artigo Eucalipto: benefícios e propriedades medicinais 29 Mai 2024

Ver Outros Conteúdos