Babosa (Aloe vera): para que serve e onde comprar

Já parou para pensar em quanta coisa boa que a Babosa traz? Famosa por muitas qualidades estéticas para pele e para cabelos, a Babosa apresenta também benefícios medicinais. Venha conferir como realizar o uso interno desta planta para a nossa saúde! Basta ler o nosso artigo sobre a origem da babosa, para que ela serve e onde comprar.

 

Comprar Babosa

O que é a Babosa?

A Babosa é tão popular no Brasil que nem parece que ela é nativa de outro país. Sua origem específica é incerta, mas essa planta é considerada nativa da Península Arábica, logo se alastrando pelo Norte da África e países vizinhos da Ásia, como a Índia. Com o decorrer do tempo, foi levada até países com climas quentes e solos drenados. Hoje, é muito conhecida internacionalmente, mesmo em lugares que não oferecem condições para o cultivo dela.

Por sua aparência agradável e desenvolvimento de flores, também é uma espécie utilizada para fins ornamentais.

Os depoimentos de suas propriedades medicinais vem desde a Antiguidade Clássica, citada por Dioscórides e Plínio por servir de ajuda na cicatrização de ferimentos, espinhas e furúnculos. Outro aspecto muito popular da Babosa é seu nome científico! Facilmente sabemos de qual planta alguém está falando quando ouvimos o nome Aloe vera. Existem ainda outras sinonímias científicas, como: Aloe barbadensis, Aloe vulgaris, etc. Essa planta faz parte da família botânica Asphodelaceae.

Ela possui folhas grossas e suculentas, com as laterais de espinhos em serrilha. A parte interna é carnosa, com uma substância viscosa, macia e clara (quase como um gel), e com renomada fama de que hidrata a pele. É uma espécie rústica, adaptando-se facilmente a diversos solos — desde que não muito úmidos — e pode passar muitas semanas sem ser irrigada.

E na nossa saúde, qual é a ação da Babosa? Vamos desvendar a seguir as características que fazem essa planta ser tão apreciada no mundo inteiro.

 

Comprar Babosa

Babosa: para que serve

A Babosa serve muito bem para a nossa saúde tanto no uso externo quanto interno! O uso tópico faz parte de tratamentos de pele, enquanto o uso interno ajuda principalmente a combater a constipação.

As partes utilizadas são suas folhas e seus componentes, em geral, são:

 

A Babosa possui ações:

 

Ela é vendida em diferentes formas, considerando que é possível utilizar a Babosa para uso interno e externo. Portanto, ela é disponibilizada em cápsula, extrato, xarope e fitocosméticos. Não tenha mais dúvidas onde encontrar a Babosa! A Oficina de Ervas oferece os melhores produtos para você. Para ver todas as opções, basta clicar aqui.

 

Comprar Babosa

E quais são as indicações de uso da Babosa?

A Babosa tem mais de uma indicação de uso, dependendo do quadro da saúde que você deseja dar atenção e se você vai ingerir fitoterápicos desta planta ou não.

 

Uso interno:

Internamente, você pode ingerir a Babosa para:

 

Os efeitos cicatrizantes e anti-inflamatórios da Babosa podem auxiliar em desconfortos estomacais, mas devemos prestar atenção nas doses para que esta mesma planta não passe a causar irritação em nosso organismo, já que ela estimula o peristaltismo e funcionamento do intestino. O fortalecimento do sistema imunológico, por sua vez, se dá por conta de suas propriedades antioxidantes, evitando a liberação de radicais livres reagentes de neutrófilos.

É possível ingerir a Babosa por meio de cápsulas, tintura ou xarope. Para comprar, clique aqui.

Uso externo:

Externamente, você pode passar a Babosa na pele e nos cabelos para:

 

É provável que você já tenha visto muitas receitas caseiras com a Babosa para cabelos e pele, mas é necessário cuidado com o líquido amarelado que escorre da planta quando cortamos suas folhas. Essa resina amarela é rica em aloína, que pode provocar irritações na epiderme. Outro ponto a ser mencionado é a questão do armazenamento e conservação dessas receitas caseiras. Atente-se a esses riscos!

E para quem quer a praticidade de ter cosméticos com Babosa — de uma forma segura e durável — pode escolher os fitocosméticos da Oficina de Ervas! Há várias opções de produtos que levam Babosa e outros ingredientes poderosos em sua composição, por exemplo o Shampoo Jaborandi Composto (ver produto) e o Condicionador de Cabelos com Aveia e Vit. E (ver produto).

Também há várias outras opções de cremes e produtos capilares com Babosa. Vamos aproveitar o poder da natureza com a eficiência da ciência farmacêutica?

Dosagem usual recomendada

A dosagem usual depende do tipo de condição que você está buscando tratar — e a forma que você prefere consumir a Babosa. Afinal, esta planta é muito versátil e permite diferentes usos, como fitoterápicos para uso interno ou fitocosméticos para uso externo. Converse com nossos fitoterapeutas sobre seu caso e não deixe a sua saúde de lado! Entre em contato com um de nossos fitoterapeutas clicando aqui. Assim, ficará mais fácil entender como consumir a Babosa da melhor forma.

 

Comprar Babosa

Babosa emagrece ou engorda?

Assim como outras plantas com ação laxativa, vamos esclarecer sobre sua atuação no emagrecimento: Se você está com o intestino preso e não evacua, você está retendo o peso de fezes e talvez até líquidos. Não há indícios que a Babosa altere especificamente a gordura corporal, mas melhorando o funcionamento do intestino e evacuando corretamente, você elimina esse peso.

Popularmente, é comum ouvir que essa planta limpa o intestino. Mas cuidado! O efeito laxante ou purgativo da Babosa depende da dosagem e, se utilizada por longos períodos, causará irritação gastrointestinal. Ela possui um efeito positivo, mas exige cuidados.

Existem outros fitoterápicos que podem te ajudar no objetivo de emagrecer. Confira aqui 7 Dicas de emagrecimento saudável com plantas!

Comprar Babosa

Babosa: efeitos colaterais e contraindicações

A Babosa, embora seja bem popular e ainda mais segura quando proveniente de uma farmácia de manipulação, necessita de cuidados e pode causar efeitos colaterais, principalmente ao ser consumida em excesso.

Quando ingerida, é possível que o paciente sinta desconfortos estomacais, cólicas e diarreias. A diarreia, por sua vez, pode levar a desequilíbrio eletrolítico e desidratação. Vamos lembrar que Babosa é bom para apertar seu intestino com movimentos de peristaltismo. Por isso, cuidado com a quantidade ingerida pois pode causar cólicas intestinais.

O uso tópico irregular pode provocar alergias, irritação e a sensação de queimação na pele, pela possível presença de aloína.

Veja abaixo mais alguns cuidados no uso da Babosa:

 

Comprar Babosa

Babosa: preço e onde comprar

Você pode comprar a Babosa no nosso site, clicando aqui.

Em caso de dúvidas, você pode falar com nossos fitoterapeutas, clicando aqui.

Bibliografia

ALOE vera. In: Wikipedia: a enciclopédia livre. Disponível em: https://en.wikipedia.org/wiki/Aloe_vera. Acesso em: 8/11/2022

CARVALHO, Rayane Amorim et al. Potencialidades Farmacológicas da Babosa: um estudo realizado por meio das técnicas de prospecção científica e tecnológica. Cadernos de Prospecção, v. 13, n. 1, p. 184-196, març. 2020. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/nit/article/view/32555/20796. Acesso em: 08 de nov. de 2022.

FREITAS, V.S. RODRIGUES, R.A.F, GASPI, F.O.G. Propriedades farmacológicas da Aloe vera (L.) Burm. f. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, v.16, n.2, p.299-307, jun. 2014. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbpm/a/xVWmRtwnWBjLcSmMJKjcCcN/abstract/. Acesso em: 08 de nov. de 2022.

KLEIN, Alan D. PENNEYS, Neal S. Aloe Vera. Journal of the American Academy of Dermatology, v.19, n.1,p.714-720, jul. 1988. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S019096228870095X. Acesso em: 08 de nov. de 2022.

SCHIEDECK, G. Babosa: uma planta bioativa de múltiplas finalidades. 2010. Artigo em Hypertexto. Disponível em: http://www.infobibos.com/Artigos/2010_2/babosa/index.htm. Acesso em: 8/11/2022

SEGUNDO, Alex Semenoff et Al. Influência do Aloe Vera e Própolis na contração de feridas em dorso de ratos. Revista Periodontia, v.17, n.1, p.5-10, març. 2007. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/lil-518818. Acesso em: 08 de nov. de 2022.

SURJUSHE, Amar. Vasani, Resham. SAPLE, DG. Aloe vera: a short review. Indian Journal of Dermatology, v. 53, n.4, p. 163-166, març. 2008. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2763764/. Acesso em: 08 de nov. de 2022.

USO de Aloe vera em excesso associado a oito efeitos colaterais. Índice, 2017. Disponível em: https://www.indice.eu/pt/noticias/saude/2018/07/17/uso-de-aloe-vera-em-excesso-associado-a-oito-efeitos-colaterais. Acesso em: 8/11/2022

https://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/bitstream/doc/812831/1/FOL72.pdf

Deixe seu comentário

Escreva seu nome compelto (ex. Jane Miller)

Comentários

Veja o comentário de outros usuários e deixe o seu comentário também!

Artigo Catuaba é afrodisíaca? Entenda os benefícios medicinais da planta! 22 Jul 2024 Artigo Dilênia ou Maçã de Elefante? Entenda os benefícios do uso medicinal dessa planta! 16 Jul 2024 Informativo A rinite atacou? Entenda os sintomas e como a fitoterapia pode ajudar! 04 Jul 2024 Artigo Margaridão, Titônia ou Mão-de-deus? Entenda os benefícios! 28 Jun 2024 Artigo Capim-limão: benefícios e uso na aromaterapia 25 Jun 2024 Informativo Cirrose e Hepatite: é a mesma coisa? Cuide do fígado de forma mais natural 04 Jun 2024

Ver Outros Conteúdos