2021-12-20

Ginseng Coreano: para que serve e contraindicações

Conheça nossas fórmulas magistrais para Ginseng Coreano.
Veja nossa lista de opções:
Tintura 60mL,     60 cápsulas de 400mg,     90 cápsulas de 400mg,     Tintura 60mL (Kit com 2 frascos),     90 cápsulas de 400mg (Kit com 2 frascos),     60 cápsulas de 400mg (Kit com 2 frascos),     

O Ginseng Coreano é uma raiz de uso muito popular na medicina tradicional asiática, indicada para o bem estar geral e mais vitalidade. Mas existem mais detalhes sobre as propriedades terapêuticas dessa raiz! Confira neste artigo para que serve, efeitos colaterais e como consumir.

 

O que é o Ginseng Coreano

O que é essa raiz de estranha aparência? É o Ginseng Coreano, a raiz de uma planta nativa da Ásia, mais especificamente da China e da Coréia. O nome "ginseng" tem origem de um termo chinês, cujo significado é "raiz-homem", pois a raiz assemelha-se à figura de um ser humano.

Já seu nome científico, Panax ginseng, dá indícios de seu uso na medicina tradicional: "Panax" vem do grego (pan = todos + ákos = cura) e partilha do mesmo significado do que panaceia, que seria um remédio com a capacidade de curar o corpo de maneira geral.

Essa planta tem uma história longa e foi citada em um livro de medicina e práticas de agricultura na China - o Shen Nong Ben Cao Jing - escrito e compilado entre 200 a.C. e 100 d.C, mas acredita-se que tenha sido utilizada na Medicina Tradicional Chinesa há ainda mais tempo.

Acredita-se que o Ginseng foi espalhado fora de países orientais através dos árabes, por volta do século IX; também foi mencionada por Marco Polo no século XIII, o qual descreve que o Ginseng foi levado para a Europa pela Rota da Seda. A China e a Coreia continuam fazendo parte dos principais países produtores de Ginseng na atualidade, ainda que seja cultivado também nos EUA e Canadá.

Faz parte da família Araliaceae; uma herbácea curta, com a raiz tuberosa e grande. Tem flores umbeladas e forma pequenas bagas. É mais rara de ser encontrada espontaneamente na natureza - embora existam outras espécies selvagens encontradas em regiões montanhosas - sendo mais comum em áreas de cultivo especializado.

As raízes são retiradas do solo com 4 a 6 anos de idade, quando seus princípios ativos mais importantes (os ginsenósidos) alcançam um alto teor de concentração. (Veja um vídeo da colheita no fim do artigo)

Um conto folclórico chinês relata a descoberta do Ginseng como uma raiz fantástica que sustentou dois irmãos durante todo o inverno, enquanto eles estavam nas montanhas e não conseguiram voltar para a casa. Dá para entender, então, o quanto essa raiz é popular, mas como ela age no nosso corpo? Vamos descobrir a seguir!

Ginseng para que serve

Ginseng Coreano: para que serve

De modo geral, o Ginseng Coreano é indicado para combater o cansaço e proporcionar um bem estar no paciente, principalmente se for uma pessoa mais velha e que precisa de maior vitalidade.

A partes utilizadas são suas raízes, e seus componentes são:

  • Saponinas — em destaque, os ginsenósidos!
  • Polissacarídeos
  • Polienos
  • Flavonóides
  • Vitaminas do grupo B
  • Óleos essenciais

 

O Ginseng possui diversas ações, como:

  • Antiviral
  • Antiagregante
  • Antioxidante
  • Adaptógena
  • Imunomoduladora

 

E é vendido na forma de tintura e cápsulas aqui no nosso site!

 

E quais são as indicações de uso do Ginseng?

O Ginseng pode ser utilizado para diversos problemas, como:

 

Dosagem usual recomendada

A dosagem e forma de tomar vai variar do tipo de produto feito com Ginseng. Veja abaixo duas boas opções:

Cápsula do pó da planta: tomar 1 cápsula de 400mg de 2 a 3 vezes ao dia.

Tintura: tomar 40 gotas de 2 a 3 vezes ao dia.

Ginseng para cansaco e estresse

Ouvi dizer que é afrodisíaco. É verdade?

O Ginseng Coreano afeta a circulação de esteróides pelo corpo, incluindo os hormônios sexuais, e também estimula a produção destes hormônios no corpo. Dessa forma, atua também como afrodisíaco, aumentando a libido do indivíduo.

Outro mecanismo do Ginseng que pode auxiliar nesse aspecto é sua atividade revigorante e adaptógena, melhorando o estresse e o cansaço, que por sua vez influenciam na disposição do paciente.

 

Ginseng engorda?

Não existem evidências de que essa raiz promova o aumento de gordura corporal em pacientes. Na realidade, o Ginseng Coreano auxilia no controle de colesterol e melhora a resistência física, o que pode dar maior disposição para praticar atividades físicas.

No entanto, são necessários mais estudos sobre a relação dessa raiz com a obesidade. Se seu objetivo é emagrecer, uma dieta balanceada e hábitos saudáveis são sempre recomendados!

 

Ginseng altera a pressão?

Sim, por ser uma planta adaptógena, o Ginseng pode alterar a pressão, tanto aumentando quanto diminuindo. Se o paciente estiver estressado e muito agitado, o Ginseng vai agir como calmante e, consequentemente, abaixar sua pressão. Mas se o paciente estiver cansado e sem forças, o Ginseng vai dar mais energia e isso vai fazer a pressão subir.

Por isso, quem tem pressão alta ou toma remédios para pressão precisa monitorá-la quando começar a usar o Ginseng. Caso haja alteração de pressão, será necessário suspender o uso.

Ginseng altera a pressao

Se melhora o estresse, o Ginseng melhora a ansiedade?

O Ginseng Coreano tem atividade adaptógena e oferece benefícios em relação ao cansaço e estresse. Porém, necessita-se mais pesquisas para assegurar seu efeito específico para transtornos psicológicos como a ansiedade; lembrando que o acompanhamento de profissionais é recomendado.

Existem outras plantas específicas para ansiedade, por exemplo a Valeriana. Se você deseja saber mais sobre a ansiedade e outras dicas de tratamento fitoterápicos, é só clicar aqui para ler nosso artigo.

 

Já ouvi falar do Ginseng Brasileiro. Qual é a diferença?

Como já dá para supor pelo nome, é uma planta de origem brasileira e que também tem propriedades adaptógenas, mas não é a mesma coisa! A planta brasileira é a Fáfia e tem o nome científico Pfaffia paniculata, que é de outra família botânica chamada Amaranthaceae.

Essa confusão também acontece com outras plantas que popularmente (ou até comercialmente) são apelidadas de Ginseng, mas podem existir diferenças em sua atuação no organismo e indicações terapêuticas distintas. Conferir o nome científico é uma maneira de saber qual espécie você está consumindo!

 

Ginseng Coreano: efeitos colaterais e contraindicações

De maneira geral, o Ginseng Coreano é bem tolerado pelo corpo humano e seus efeitos colaterais — se ocorrem — são reversíveis. Altas dosagens de Ginseng Coreano podem acarretar efeitos como nervosismo, hipertensão, distúrbios do sono, diarréia e urticária. Por isso, não se deve consumir mais do que 5g do Ginseng por dia.

Não recomenda-se o consumo de Ginseng Coreano por grávidas ou lactantes. Também alerta-se para possíveis interações entre o Ginseng e antidepressivos, anticoagulantes, anti-inflamatórios não esteróides e hipoglicemiantes. É possível potencializar efeitos de simpaticomiméticos, que estimulam o Sistema Nervoso Central.

 

Ginseng Coreano: preço e onde comprar

Você pode comprar o Ginseng Coreano no nosso site, clicando aqui.

Em caso de dúvidas, você pode falar com nossos fitoterapeutas, clicando aqui.

Ginseng em capsulas

Bibliografia

https://www.oficinadeervas.com.br/arquivos/Ginseng%20Panax%20ginseng%20Mito%20ou%20Verdade%20Cientifica

https://www.oficinadeervas.com.br/arquivos/panax_ginseng_raizp.pdf

https://repositorio.uniceub.br/jspui/bitstream/prefix/15347/1/21710070%20e%2021953509.pdf

https://www.aafp.org/afp/2003/1015/p1539.html?crsi=6624969229&cicada_org_src=healthwebmagazine.com&cicada_org_mdm=direct

https://doi.org/10.1016/S0367-326X(00)00170-2

https://repositorio.ufpb.br/jspui/bitstream/tede/6708/1/arquivototal.pdf

Comentários

Vamos lá, seja o primeiro a comentar sobre: Ginseng Coreano: para que serve e contraindicações

Deixe seu comentário sobre:
Ginseng Coreano: para que serve e contraindicações