Um dos males do nosso século: o DIABETES! Informe-se!

Estatísticas do Diabetes

Segundo o Ministério da Saúde (dados de 2016):

- O diabetes cresceu mais de 61,8% nos últimos anos, de 2006 a 2016;

- Mais de 14 milhões de brasileiros sofrem de diabetes;

- Cerca de metade dos diabéticos não sabem que sofrem da doença;

- 8,9% dos brasileiros têm diabetes;

- 9,9% das mulheres têm diabetes;

- 7,8% dos homens têm diabetes.

Ok, já entendi que é grave... Mas o que é o diabetes?

O diabetes é uma doença que diminui a ação e/ou a produção de insulina, um hormônio produzido pelo pâncreas que facilita a absorção da glicose (açúcar) pelo organismo. Isso causa um desequilíbrio no nosso corpo, que, por sua vez, traz consequências gravíssimas para nossa saúde.

Confira os tipos de diabetesConfira abaixo os tipos de diabetes.

Diabetes Mellitus (tipo 1 e tipo 2):

- O Diabetes Mellitus tipo 1 é uma doença autoimune (doença no qual nosso próprio corpo ataca uma parte normal do nosso organismo, erroneamente agindo em nossa defesa), que faz com que o pâncreas produza pouca ou nenhuma insulina. Geralmente aparece na adolescência ou durante a infância, sendo necessário tomar doses de insulina diárias para conseguir manter o nível de glicose sob controle.

- O Diabetes Mellitus tipo 2 ocorre em adultos, geralmente por conta de fatores hereditários, e em pessoas com mais de 40 anos, acima do peso, sedentárias ou com maus hábitos de alimentação. Neste caso, a produção de insulina é normal, mas os tecidos do corpo criaram resistência à sua ação e isso impede que o organismo absorva a glicose, gerando o aumento de açúcar no sangue. Esse tipo também pode aparecer em jovens, embora seja mais difícil.

Quais são os sintomas do Diabetes?

No início do Diabetes tipo 2, as pequenas elevações da glicemia não mostram sintomas. Por causa disso, ele pode permanecer por muitos anos sem diagnóstico e sem tratamento, favorecendo a ocorrência de suas complicações, como problemas cardiovasculares, retinopatia (doença da retina), nefropatia (doença nos rins) e neuropatia (doença do sistema nervoso).

Depois de desenvolvido, os sintomas mais comuns do Diabetes são:

  • Aumento da vontade de urinar;
  • Sede em excesso;
  • Perda de peso;
  • Cansaço;
  • Má circulação;
  • Tontura;
  • Visão embaçada;
  • Formigamento no corpo;
  • Pressão alta;
  • Problemas cardíacos (colesterol e triglicerídeos elevados);
  • Dificuldade de cicatrização (principalmente em membros inferiores);
  • Doenças renais;
  • Infecções frequentes.

Como saber se tenho diabetes?

Como saber se tenho diabetes?

O diagnóstico de diabetes é muito eficaz e você deve procurar um médico para tirar de vez essa dúvida. Ele é feito por exames de sangue, que vão medir a quantidade de açúcar no seu sangue.

O diagnóstico é confirmado quando a glicemia dá igual ou acima de 126mg/dL.

Tenho diabetes. E agora?

Primeiramente, o acompanhamento médico frequente é necessário em ambos os casos (tipo 1 e tipo 2) e é importantíssimo saber que um estilo de vida saudável pode ajudar muito para uma boa qualidade de vida e redução dos sintomas.

No Diabetes Mellitus tipo 1, o tratamento é feito com a reposição da própria insulina diariamente, com uma dieta de pouco açúcar e exercícios físicos.

No Diabetes Mellitus tipo 2, o diabético pode ter outras doenças associadas, como colesterol e pressão alta. Por isso, o tratamento vai além de apenas o controle da glicemia, sendo preciso controlar as outras doenças também. Além disso, é necessário parar de fumar e praticar exercícios físicos regularmente.

O Diabetes e a Fitoterapia: sim, a fitoterapia pode ajudar!

Muitas plantas medicinais têm sido estudadas por conterem substâncias que reduzem os sintomas ou previnem o diabetes. As mais indicadas são:

É importante obter orientação antes de usar fitoterapia no tratamento do diabetes, pois cada caso é diferente e depende de qual tratamento o diabético já está fazendo.

Por isso, consulte-se com o fitoterapeuta, sempre! Você pode falar agora mesmo com um, é só clicar aqui. Estamos à total disposição para ajudá-lo com mais informações e dicas!

Separamos também outras dicas legais para você, de fontes muito confiáveis. Veja abaixo.

Orientação nutricional para controle do diabetes

Como a atividade física pode auxiliar no controle do diabetes

Outras fontes que usamos neste informativo

Comentários


  • Leonardo Pereira
    Qual é o tratamento para pré diabetes e o que é hemoglobina guicada
    ⇒ Oficina de Ervas: Oi Leonardo, tudo bem? Existe o tratamento na pré-diabetes que pode ser feito com controle alimentar e exercícios físicos, para baixar os níveis de glicose. Nesse caso, geralmente não precisa de medicamentos, mas você pode usar plantas que ajudam a controlar a glicemia. Quanto à hemoglobina glicada, é um exame que mostra a média da glicemia nos últimos meses e ajuda no diagnóstico. Segue aqui uma definição: Do ponto de vista conceitual, o teste de hemoglobina glicada reflete efetivamente a MÉDIA de controle glicêmico dos últimos 2 a 4 meses sendo, portanto, um reflexo mais confiável da existência de hiperglicemia importante, em comparação a resultados pontuais dos testes de glicemia atualmente utilizados para a caracterização clínica e laboratorial do diabetes e do pré-diabetes. Caso queira conversar diretamente com nosso fitoterapeuta, pode entrar em contato pelo whatsapp (16) 98234-0111 ou pelo email farmacia@oficinadeervas.com.br. Assim poderemos te orientar de acordo com seus resultados, idade, sintomas, etc. Estamos à disposição.

Deixe seu comentário sobre:
Um dos males do nosso século: o DIABETES! Informe-se!