Conheça os benefícios dos polifenóis

Uma vez ingeridos, os alimentos ricos em polifenóis desempenham uma ação antioxidante no nosso organismo.

Estudos epidemiológicos sugerem fortemente que o consumo em longo prazo de dietas ricas em polifenóis oferece proteção contra o desenvolvimento de câncer, doenças cardiovasculares, diabetes, osteoporose e doenças neurodegenerativas.

Mas afinal, o que são os polifenóis?

Os polifenóis são micronutrientes abundantes em nossa dieta que atuam como antioxidantes e podem proteger contra algumas condições comuns de saúde, e possivelmente gerar alguns efeitos benéficos contra o envelhecimento.

O primeiro polifenol a ser descoberto e divulgado foi o resveratrol, presente na casca de uvas escuras e também no vinho tinto, cujas principais propriedades são diminuir o colesterol “ruim” e aumentar o colesterol “bom” no sangue. Outro exemplo de polifenol do vinho com efeitos benéficos ao coração é a procianidina, um vasodilatador. Alimentos como frutas vermelhas, cúrcuma, chá verde, também apresentam polifenóis com ações das mais variadas. Por exemplo, a curcumina, presente na Cúrcuma longa, funciona como um varredor de radicais livres, protegendo o nosso organismo de danos às moléculas de DNA, reduz a formação de citocinas inflamatórias e pode até, em alguns trabalhos experimentais, melhorar a recuperação após exercício físico intenso. Já a quercetina, presente em romã, maçãs, pode melhorar a tolerância ao esforço através de um aumento na quantidade de mitocôndrias musculares e cerebrais em animais experimentais. Em humanos a quercetina pode ter um potente papel anti-tumores.

Tipos de polifenóis

Os polifenóis podem ser subdivididos em quatro categorias, com subgrupos adicionais.

Flavonoides: Polifenóis que possuem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias. São encontrados em frutas, verduras, legumes, vinho tinto e chá verde;

Estilbenos: Encontrados no vinho tinto e no amendoim. Entre eles o resveratrol é o mais conhecido;

Lignanas: Encontrados nas sementes de linhaça, legumes, cereais, grãos, frutas, algas e certas hortaliças;

Ácidos fenólicos: Presentes no chá verde, na canela, no café e em frutas como mirtilo, kiwi, ameixa, maçã e cereja.

Benefícios dos polifenóis para a saúde

1. Podem prevenir o câncer

2. Ajudam a prevenir e tratar doenças cardiovasculares

3. Ajudam no controle de diabetes tipo 2

4. Previnem a doença de Alzheimer

5. Auxiliam na prevenção da osteoporose

6. Atuam na saúde do trato gastrointestinal

7. Aumenta a contagem de bactérias saudáveis ​​associadas à perda de peso (emagrecer)

Alimentos ricos em polifenóis

Depois de compilar um banco de dados contendo 452 alimentos e 502 tipos diferentes de polifenóis, pesquisadores publicaram no Journal of the American College of Nutrition a classificação dos alimentos com base no montante total de polifenóis por porção de 100 gramas. Veja os alimentos que lideram o ranking e que podem ser consumidos facilmente aqui no Brasil:

Cravo-da-índia;polifenois

Anis estrelado;

Cacau em pó;

Orégano seco;

Chocolate amargo;

Farinha de linhaça;

Castanha;

Mirtilo;

Alcachofra;

Café;

Morango;

Amora preta;

Ameixa;

Chá preto;

Chá verde;

Maçã;

Vinho tinto (resveratrol);

Iogurte de soja;

Azeitonas pretas;

Espinafre;

Nozes;

Feijões pretos;

Cebola roxa;

Brócolis;

Leite de soja.

Aproveite para incluir esses alimentos no seu dia-a-dia. Certamente os benefícios de uma dieta rica em polifenóis virão com o tempo. Que benefícios são esses? Maior resistência imunológica, melhor recuperação muscular, menores probabilidades de desenvolver doenças crônicas e melhor qualidade de vida.

Comentários


  • Izaias l da silva
    Amei esse edital gosto Muito de adquirir esse tipo de conhecimento vçs estão de parabéns pela atitude de divulgar um conhecimento desse , obrigado.
    ⇒ Oficina de Ervas: Oi Izaias! Que bom que gostou! Agradeço por seu comentário, pois isso nos mostra que estamos no caminho certo. Um grande abraço!
  • Elisvania Sion dos Santos Melo
    Ouvir o doutor Rafael Freitas falando que o leite de soja não é bom e que faça mal é verdade ou mentira ele falou que os grãos de soja todos faz mal principalmente o leite.
    ⇒ Oficina de Ervas: Oi Elisvânia. Precisamos sempre estar atentos às informações que recebemos e perceber que há sempre as informações contraditórias, dependendo das pesquisas e dos interesses em divulgar. Quanto à soja, ela tem sim algumas restrições, principalmente para quem tem câncer de mama ou de útero, pois ela contém isoflavonas, que são hormônios naturais. Por um lado esses hormônios diminuem os sintomas da menopausa, mas podem acelerar o processo de um câncer diretamente ligado às taxas hormonais femininos. Isso é o que mostra os estudos com relação a esse ativo isolado da soja. No entanto, se pensarmos na população da China e Japão, cuja base na alimentação é o arroz e a soja, caso a soja fosse tão prejudicial à saúde, não teriam uma população tão longeva. A população de idosos aumenta e tem muita saúde nesses países. Cada alimento tem seus altos e baixos e por isso sou contra o radicalismo. Lembra quando o ovo se tornou o vilão da saúde humana? Agora o ovo é um alimento muito valorizado. As pesquisas continuam, graças à Deus. Isso nos dá mais segurança e conhecimento, mas temos sempre que analisar de forma criteriosa. Fico à disposição para qualquer dúvida.

Deixe seu comentário sobre:
Conheça os benefícios dos polifenóis