Psyllium (Psilium): para que serve e como usar

Já faz um tempo que você não vai ao banheiro? Ainda bem que o Psyllium é uma alternativa fácil para te ajudar a evacuar direito! E se você deseja conhecer mais sobre o uso medicinal dessa planta e seus outros benefícios, logo terá suas dúvidas esclarecidas. Leia este artigo para entender para que serve o Psyllium e como usar!

 

O que é o Psyllium?

Se você já viu o Psyllium antes, é provável que você tenha visto algo parecido com uma farinha ou uma farofinha bem leve. Trata-se de uma fibra solúvel muito popular para melhorar o funcionamento intestinal! E esse tipo de farinha vem da planta cujo nome científico é Plantago psyllium, da família Plantaginaceae (é a mesma família botânica que a Tanchagem, apesar das indicações um tanto diferentes entre uma espécie e outra). Pode ser chamado também de Plantago indiano, psillium e ispágula.

E caso você esteja em dúvida de onde vem essa planta, saiba que ela tem a provável origem na Índia, se espalhando por outros continentes. Está presente também na história da Pérsia, atual Irã, como vemos no nome ispágula, ou ispaghula — de origem persa. Cresce bem no Mediterrâneo, em solos áridos e arenosos, medindo menos de 50 centímetros. Sua inflorescência branca surge no formato de espiga, que dá origem a pequenas sementes.

Já deu para notar que a história do Psyllium é longa e muitos povos já sabiam como usar a planta há muito tempo. E como nós, no século XXI no Brasil, podemos aproveitar suas qualidades? É o que vamos descobrir a seguir!

Psyllium: para que serve

O Psyllium serve muito bem para melhorar o trânsito do nosso intestino, agindo como laxante sem irritar a mucosa intestinal. Ele é pesquisado atualmente para ser incorporado em produtos alimentícios sem glúten, para melhorar a nutrição e saúde.

As partes utilizadas são as cascas e sementes devido às fibras em grande quantidade. As demais partes não são utilizadas medicinalmente. Em geral, seus componentes são:

 

O Psilium possui ações:

 

O Psilium é vendido na forma de cápsulas pela Oficina de Ervas.

E quais são as indicações de uso do Psyllium?

O principal uso do Psyllium é para prisão de ventre, mas há outros detalhes da atuação desta planta que fazem com que ela seja indicada para outras finalidades. Confira todas a seguir:

 

O efeito laxante ocorre em decorrência da absorção de água à nível intestinal, melhorando o trânsito e a formação de fezes no intestino. As fibras do Psyllium também melhoram o crescimento de flora intestinal positiva, embora algumas pessoas possam notar que isso dá gases por um tempo.

Essas fibras também reduzem a absorção de açúcares e gordura pelo organismo, portanto o Psyllium apresenta ações hipolipidêmicas e hipercolesterolêmicas. Mas não deve-se deixar de cuidar do colesterol ou da glicemia apenas porque você passou a consumir Psyllium! Atente-se sempre a sua saúde com cuidado.

 

Dosagem usual recomendada

A dosagem depende da sua necessidade! Afinal, o Psyllium pode ser consumido para Constipação e para Hemorróidas. Converse com nossos fitoterapeutas sobre seu caso e não deixe a sua saúde de lado! Entre em contato com um de nossos fitoterapeutas clicando aqui.

Atenção: O Psilium deve ser utilizado sempre com bastante água, pois é a água que vai fazer as fibras funcionarem. Se não houver uma boa ingestão de água diária, o Psilium pode piorar a prisão de ventre.

Psyllium emagrece ou engorda?

Vamos esclarecer esse ponto: Se você está com o intestino preso e não evacua, você está retendo o peso de fezes e talvez até líquidos. Não há indícios que o Psyllium altere especificamente a gordura corporal, mas melhorando o funcionamento do intestino e evacuando corretamente, você elimina esse peso.

Outro aspecto a ser citado, é a capacidade de Psyllium aumentar a sensação de saciedade. Portanto, pode também auxiliar em regimes de emagrecimento. Caso seu objetivo seja esse, existem outros fitoterápicos mais especializados que podem te ajudar. Confira nossas 7 Dicas de emagrecimento saudável com plantas!

 

Psyllium: efeitos colaterais e contraindicações

O Psyllium não apresenta toxicidade e seu consumo é considerado seguro. Efeitos colaterais, quando ocorrem, variam entre dores abdominais e gases. Existem outros pontos importantes a serem considerados no consumo deste fitoterápico:

 

Psyllium: preço e onde comprar

Você pode comprar Psyllium no nosso site, clicando aqui.

Em caso de dúvidas, você pode falar com nossos fitoterapeutas, clicando aqui.

Bibliografia

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde. Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos. Informações Sistematizadas da Relação Nacional de Plantas Medicinais de Interesse ao SUS : Plantago ovata Forssk. Plantaginaceae – Psyllium. Brasília: Ministério da Saúde, 2020. p. 64. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/informacoes_sistematizadas_relacao_plantago_psyllium.pdf. Acesso em: 28 de out. 2022.

PSYLLIUM History. Jyotindra. Disponível em: https://jyotindra.com/index.php/psyllium-history. Acesso em: 28 de out. 2022.

RIGAUD, D., PAYCHA, F., MEULEMANS A. et al. Effect of psyllium on gastric emptying, hunger feeling and food intake in normal volunteers: a double blind study. European Journal of Clinical Nutrition, v.52, p.239–245, abril 1998. Disponível em: https://www.nature.com/articles/1600518. Acesso em: 28 de out. 2022.

SARFRAZ RM, KHAN H, MAHEEN S, et al. Plantago ovata: A comprehensive review of cultivation, biochemical, pharmaceutical and pharmacological aspects. Acta Poloniae Pharmaceutica Drug Research, v.74, n.3, p.739-746, 2017. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/29513942/. Acesso em: 28 de out. 2022.

VERMA, Anjali. MOGRA, Renu. Psyllium (Plantago ovata) Husk: A Wonder Food for Good Health. International Journal of Science and Research, v.4, n.9, p.1581-1585, set. 2015. Disponível em: https://www.ijsr.net/archive/v4i9/SUB158459.pdf. Acesso em: 28 de out. 2022.

Deixe seu comentário

Escreva seu nome compelto (ex. Jane Miller)

Comentários

Veja o comentário de outros usuários e deixe o seu comentário também!

• josé luiz susko rosa
Boa tarde,sou diabético tipo 2,consumo 2 colheres de chá de psyllium por dia no yugurte,mas não tenho constume de tomar muita agua,isso pode prejudicar?
⇒ Oficina de Ervas: Olá, José. O consumo de água em quantidade normal é muito importante, pois é ela que ajuda em vários metabolismos e a excretar as toxinas. Com o uso do Psyllium, é mais importante ainda tomar bastante água, pois o consumo reduzido de água pode diminuir o efeito desta planta. https://www.oficinadeervas.com.br/psilium Entre em contato conosco caso você queira mais alguma informação. https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta Estamos à disposição.


• Ivaldo Raimundo de Arruda
Estou atento e agradecido pelas mensagens sobre as plantas medicinais que venho recebendo. Aproveito o ensejo, pedindo à Deus proteção e vida longa para todos desta equipe e que sejam muito felizes neste Natal.
⇒ Oficina de Ervas: Olá, Ivaldo Ficamos felizes com o carinho e que os nossos informativos são importantes para você, desejamos um ótimo natal e um feliz fim de ano. Para dúvidas e orientações clique no link abaixo e fale com nossos fitoterapeutas: https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta Estamos à disposição.


• Geni
Posso usar em omeletes com farelo de aveia todos os dias? Dizem que a quantidade é de 5 g, mas quanto sai 5 g? Será uma colher de café? Obrigada
⇒ Oficina de Ervas: Olá Geni, Pode preparar omeletes com o farelo da Aveia e Psyllium todos os dias. Em relação a custo, entre em contato pelo nosso telefone (16) 21334455. Recomendamos que pese em uma balança de cozinha, caso não tenha balança, coloque aproximadamente 1 colher de sobremesa. Estamos a disposição.


• Amarilis do Carmo Cerrato
Olá, eu prefiro tomar em cápsulas, qtas seriam por dia? Sou diabética e tenho problemas de hemorroidas. Obrigada
⇒ Oficina de Ervas: Olá, Amarilis. A dosagem usual é de 1 cáps de 500mg no café, almoço e jantar. https://www.oficinadeervas.com.br/psilium Qualquer dúvida, entre em contato com nossos fitoterapeutas pelo link abaixo: https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta Estamos à disposição.


• Célia Stuehler
Dizem usar 14 dias e parar qdo posso começar de novo ?
⇒ Oficina de Ervas: Olá, Célia O tempo de uso e pausa vai depender do seu caso. Para te orientar melhor clique no link abaixo e fale com um de nossos fitoterapeutas e explique seu caso: https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta Estamos à disposição.


Informativo A rinite atacou? Entenda os sintomas e como a fitoterapia pode ajudar! 04 Jul 2024 Artigo Margaridão, Titônia ou Mão-de-deus? Entenda os benefícios! 28 Jun 2024 Artigo Capim-limão: benefícios e uso na aromaterapia 25 Jun 2024 Informativo Cirrose e Hepatite: é a mesma coisa? Cuide do fígado de forma mais natural 04 Jun 2024 Artigo Eucalipto: benefícios e propriedades medicinais 29 Mai 2024 Artigo Hibisco é bom para quê? Desvende os benefícios! 23 Mai 2024

Ver Outros Conteúdos