Gengibre: Para que serve e benefícios

Já ouviu falar das qualidades do Gengibre? Além de ser um ingrediente muito saboroso para diversas receitas, o Gengibre pode contribuir muito para a nossa saúde — tanto é que existem muitas promessas sobre essa planta. Será que aumenta a pressão? Emagrece? Ajuda a imunidade? Vamos entender os detalhes sobre o Gengibre neste artigo, conferindo cada indicação. Saiba agora mesmo para que serve o Gengibre e todos seus benefícios!

 

Comprar Gengibre

O que é Gengibre?

É bem fácil encontrar o Gengibre no supermercado! Trata-se de um ingrediente de aparência bem característica e muita gente acredita que seja uma raiz, mas na realidade é um rizoma. A planta chega até 1m de altura, suas folhas crescem a partir de um caule grosso — justamente o rizoma mencionado —  e possui flores amareladas. Mas de onde será que ele vem?

A origem dessa espécie é lá no Sudoeste Asiático. Algumas fontes citam especificamente a Ilha de Java, na Indonésia, porém o Gengibre foi bem difundido na região e expandiu-se na Ásia — e muito além dela!

Ele é citado nos Analectos de Confúcio, no século VI, como parte de todas as refeições do filósofo; e aparece também no Mahabharata, um texto épico hindu que começou a ser escrito entre os séculos IV e III a.C. Até o Alcorão menciona essa especiaria! Dioscórides e Plínio descreveram também as qualidades do Gengibre.

Então já deu para perceber o provável caminho que essa espécie fez: Após a expansão pela Ásia, o Gengibre alcançou o Oriente Médio e depois o Mediterrâneo. Foi comercializado por romanos na Rota da Seda, bem como por outros povos ao longo dos anos — por exemplo, os povos árabes.

Chegou a ser bem apreciado na Europa durante a Idade Média, mas seu consumo diário não alcança a mesma popularidade do que na Ásia. Ainda assim, é importante em receitas até hoje, como os biscoitos de gengibre no Natal!

Nas Américas, chegou logo no início da colonização europeia. Aliás, adaptou-se muito bem aos nossos biomas! Hoje, o Brasil também produz Gengibre, com destaque para o Espírito Santo.

O nome científico da planta é Zingiber officinale, da família Zingiberaceae — que é a mesma família botânica da Colônia, da Cúrcuma e da Zedoária. O nome foi estabelecido em 1807 pelo botânico inglês William Roscoe, com base na palavra em sânscrito srngaveram que significa "em forma de chifres". Já a parte officinale do nome científico indica o uso medicinal da planta.

O Gengibre continua recebendo atenção especial por seus efeitos na saúde e incrível sabor na alimentação. Hoje, com recursos mais sofisticados da Ciência contemporânea, os mecanismos de ação dele têm sido estudados.

Além da possibilidade de você trazer mais variedade e vigor nas refeições com o Gengibre, sua saúde pode também receber impactos desse rizoma. Mas quais impactos são esses? Será que existem malefícios? Será que acelera o coração ou acelera o metabolismo? Ou será que ataca o estômago? Vamos conferir com mais detalhes a seguir!

 

Comprar Gengibre

Gengibre: para que serve

Muita gente se pergunta se o Gengibre é bom para tosse e já se lembra de combinar esse rizoma com limão e mel. É uma receita clássica na medicina popular. E será que ajuda?

Sim! A combinação desses ingredientes, na forma de chá ou xarope, auxilia bastante no alívio de sintomas de afecções respiratórias como tosses, gripes e resfriados.

Mas o Gengibre não serve só para tosses ou resfriados! Vamos entender mais sobre a composição dele e outros benefícios à nossa saúde.

A parte que aproveitamos é seu rizoma. Além do rizoma ser uma estrutura da planta que auxilia na reprodução da planta — considerado na botânica como um tipo de caule, embora a aparência lembre uma raiz — os rizomas também servem de reserva energética da planta, contendo amido.

Seus componentes em geral são:

 

Os componentes que dão ao Gengibre seu sabor e fragrância característicos são os óleos, que representam de 1% a 3% do peso de um gengibre fresco. Consistem primariamente em sesquiterpenos, com atenção aos:

 

É interessante comentar que a composição do Gengibre pode sofrer variações de acordo com as condições de cultivo. E não é só isso! A forma de preparo desse rizoma interfere também. O tratamento térmico do gengibre, por exemplo no gengibre desidratado, pode transformar gingeróis em shogaols. No gengibre fresco, encontra-se principalmente gingeróis mesmo.

O gengibre possui ações:

 

Ele é vendido aqui na Oficina de Ervas na forma de cápsulas do pó, em chás, extrato fluido, óleo essencial, tintura e xarope.

Você também encontrará o Gengibre in natura, em lascas, em conserva, em pó e até cristalizado em supermercados.

Comprar Gengibre

E quais são as indicações de uso do Gengibre?

Afinal, consumir Gengibre é bom para quê? Veja a lista a seguir:

 

O gingerol na sua composição é estudado como um responsável por inibir a síntese de citocinas pró-inflamatórias no corpo, portanto, podemos considerar que o Gengibre auxilia sensivelmente as dores inflamatórias e até mesmo dores pós-treino. O gingerol também é um componente com outras atividades farmacológicas importantes, por exemplo a modulação de macrófagos — células que fazem parte do sistema imunológico. Pode ser utilizado justamente para potencializar a imunidade!

O Gengibre tem também efeitos digestivos no organismo, pois é associado com o aumento de enzimas digestivas, além de estar relacionado ao aumento da produção de saliva e melhora da motilidade gástrica. E já que tem ações carminativas também, reduz gases.

Dosagem usual recomendada

Se você deseja conferir a dosagem ideal para você devido a alguma questão específica, converse com nossos fitoterapeutas sobre seu caso! Afinal, o Gengibre tem diversas indicações e várias formas farmacêuticas disponíveis, além de ser consumido também na alimentação. Entre em contato com um de nossos fitoterapeutas clicando aqui. Assim, ficará mais fácil entender como tomar o Gengibre da melhor forma.

 

Comprar Gengibre

Gengibre acelera o metabolismo? Emagrece?

Sim, o Gengibre tem um efeito termogênico sobre o nosso organismo, por isso pode servir até de pré-treino natural para dar disposição extra em atividades físicas. Assim, você sente menos fadiga e consegue se exercitar ainda melhor.

Por ser termogênico e acelerar o metabolismo, também oferece auxílio na queima de mais calorias durante a digestão. Mas calma! Ainda que seja um ingrediente interessante em rotinas saudáveis e estratégias para emagrecimento, ele não terá impacto significativo sozinho na perda de peso.

O Gengibre, por si só, não emagrece, pois não há evidências de que ela influencie nas taxas de lipídios depositados em excesso no tecido adiposo no corpo (gordura). Existem indícios de melhora no controle da glicemia e do colesterol.

No caso do colesterol e de gordura no tecido adiposo, são gorduras com características diferentes. A redução de colesterol, junto com a sensível melhora de índices glicêmicos pelo Gengibre, pode auxiliar nos processos de emagrecimento, mas é um auxílio sensível e indireto, sendo necessárias outras ações para emagrecer.

Vale lembrar que emagrecer envolve déficit calórico associado a escolhas alimentares mais saudáveis, junto com uma rotina consistente de atividades físicas. Ou seja, envolve muito autocuidado e apoio!

O Gengibre não engorda também, a menos que você se empolgue demais nas receitas envolvendo esse tempero e deixe de lado os hábitos saudáveis. De modo geral, o Gengibre não é associado a ganhos de peso.

Se você tem o objetivo apenas de emagrecer, existem fitoterápicos mais recomendados. Confira nosso informativo: 7 dicas de emagrecimento saudável com plantas!

Comprar Gengibre

Gengibre acelera o coração? Faz mal para a pressão?

A relação entre a pressão arterial e o Gengibre é bem polêmica. Embora seja indicado por promover a saúde cardiovascular devido sua capacidade de melhorar o colesterol e ter ações antioxidantes e anti-inflamatórias, há pessoas que relatam palpitações ao consumir gengibre e aumento de pressão.

Então mesmo que a ciência não indique o aumento da pressão arterial pelo Gengibre, tenha atenção ao consumi-lo se você já teve experiências negativas com esse ingrediente anteriormente. Não exceda dosagens recomendadas e não substitua por medicamentos sem orientação médica.

 

Comprar Gengibre

Gengibre: efeitos colaterais e contraindicações

Por ser também uma opção alimentícia — tanto nas comidas quanto bebidas — o Gengibre é bem tolerado pelo organismo. Efeitos colaterais, quando ocorrem, variam entre queimação, desconfortos na digestão, irritação na boca ou na garganta — geralmente relacionados com grande quantidade de consumo. Então, se você tem dúvidas se o Gengibre ataca o estômago, atente-se à quantidade e sua sensibilidade!

E como qualquer outro produto natural, é importante atentar-se a recomendações de uso:

 

Comprar Gengibre

Gengibre: preço e onde comprar

Você pode comprar Gengibre no nosso site, clicando aqui.

Em caso de dúvidas, você pode falar com nossos fitoterapeutas, clicando aqui.

 

Bibliografia

https://academicjournals.org/journal/jmpr/article-full-text-pdf/af8c2de24556

https://www.phytojournal.com/archives/2017/vol6issue3/PartC/6-2-17-350.pdf

https://www.editorarealize.com.br/editora/anais/congrepics/2017/TRABALHO_EV076_MD7_SA4_ID1659_04092017205027.pdf

https://periodicos.pucminas.br/index.php/sinapsemultipla/article/view/15612/13986

https://www.journalijdr.com/sites/default/files/issue-pdf/25671.pdf

https://carolinapimentel.com.br/blog/2019/07/08/compostos-bioativos-do-gengibre-e-seus-diferentes-beneficios/

https://thepracticalherbalist.com/advanced-herbalism/ginger-warming-medicine-soul/

https://www.researchgate.net/publication/224972950_The_Amazing_and_Mighty_Ginger

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1878450X2300135X

https://ge.globo.com/eu-atleta/nutricao/guia/alimentos-termogenicos-carregam-polemica-mas-dao-disposicao-extra.html

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3665023/

https://www.healthline.com/health/ginger-for-arthritis#research

https://www.acs.org/content/acs/en/molecule-of-the-week/archive/g/gingerol.html

https://www.britannica.com/plant/ginger

https://immune-schein.com/blogs/news/the-science-behind-how-ginger-helps-digestion

https://en.wikipedia.org/wiki/Ginger#Etymology

Deixe seu comentário

Escreva seu nome compelto (ex. Jane Miller)

Comentários

Veja o comentário de outros usuários e deixe o seu comentário também!

Artigo Dilênia ou Maçã de Elefante? Entenda os benefícios do uso medicinal dessa planta! 16 Jul 2024 Informativo A rinite atacou? Entenda os sintomas e como a fitoterapia pode ajudar! 04 Jul 2024 Artigo Margaridão, Titônia ou Mão-de-deus? Entenda os benefícios! 28 Jun 2024 Artigo Capim-limão: benefícios e uso na aromaterapia 25 Jun 2024 Informativo Cirrose e Hepatite: é a mesma coisa? Cuide do fígado de forma mais natural 04 Jun 2024 Artigo Eucalipto: benefícios e propriedades medicinais 29 Mai 2024

Ver Outros Conteúdos