Damiana e Chanana são a mesma coisa? Entenda os benefícios!

A Damiana é uma planta cuja flor é muito linda, mas também muito confundida com a Chanana! As duas podem enfeitar bem o seu jardim, porém é melhor saber a diferença das duas para cuidar da saúde — afinal, a Damiana tem suas ações específicas que podem tratar desde uma tosse até melhorar a libido.

Que tal entender mais sobre essa planta querida? Nesse artigo, vamos explicar as diferenças entre as duas ervas e os benefícios da Damiana!

 

O que é Damiana?

A Damiana é uma erva arbustiva e pequena, que produz flores muito bonitas e com um aroma levemente parecido com a camomila. Ela floresce durante o verão e até produz alguns frutinhos, preferindo regiões semi-áridas. Seu nome científico é Turnera diffusa, mas o nome da família botânica é alvo de discussão: há classificações que mantém o gênero Turnera em sua própria família, Turneraceae; há classificações que mantém esse gênero dentro da família Passifloraceae.

E se você se pergunta de onde vêm o nome popular da Damiana, saiba que a origem do nome é religiosa, em homenagem a Santo Damião — que é sempre citado junto com seu gêmeo, Cosme. Os Santos Cosme e Damião, segundo a crença cristã, foram médicos. Eles inspiraram o nome para essa planta durante o domínio espanhol nas Américas, já que essa planta era usada para diversos fins.

No entanto, vale lembrar que o uso tradicional desta espécie é muito mais antigo e a planta teve outros nomes de acordo com a região e idioma do povo.

Por exemplo, os antigos indígenas maias chamavam a planta de "mis kok" ou "x misib kok", cujo significado em sua língua fazia referência aos efeitos positivos da Damiana sobre a tosse de asma. Vale lembrar que, ao contrário do que se pensa no imaginário popular, os maias não exatamente desapareceram — e existem povos inteiros descendentes dos povos antigos maias, preservando aspectos muito ricos dessa cultura.

E já que falamos deles, já dá para notar que a Damiana é uma planta nativa das Américas, vindo desde o sul da América do Norte (abrangendo alguns estados dos Estados Unidos e o México) até a América do Sul. Por isso, muitos dos Povos Originários antes da invasão ibérica já conheciam os benefícios dessa planta. Vários países continuam usando a Damiana e as variações do gênero Turnera, incluindo o Brasil. Aqui, é usado tradicionalmente como adaptógeno e afrodisíaco.

 

E qual é a diferença com o Chanana?

Elas até podem ser parecidas, mas não são a mesma coisa. Enquanto a Damiana é classificada como Turnera diffusa, a Chanana tem outro nome científico: Turnera ulmifolia L.

A Chanana é flor-símbolo de Natal no Rio Grande do Norte. Ela foi escolhida por Diógenes da Cunha Lima, um importante intelectual rio-grandense-do-norte, como símbolo poético de Natal pela beleza, resistência e força; características também atribuídas à Natal. Ela também aparece com facilidade na vegetação e, além de Chanana e Xanana, também é chamada de Flor-do-Guarujá, turnera e albina. 

A Chanana se difere da Damiana por suas flores. Enquanto a Damiana tem flores predominantemente amarelas, a Chanana tem tons mais esbranquiçados e creme, com uma certa auréola amarela que envolve o seu centro escuro.

Também tem diferenças nos usos tradicionais, já que Chanana é mais indicada para questões inflamatórias. Embora as duas plantas possam oferecer ajuda em dores inflamatórias, tosses e até ajudar um pouco na diabetes, a Damiana recebe atenção pela sua ação na libido, enquanto a Chanana é mais indicada para dores inflamatórias, cólicas e digestão.

 

Damiana: para que serve

O uso fitoterápico da Damiana serve para alívio sensível de sintomas ansiosos e depressivos, e isso é justamente o efeito associado ao aumento de libido — com a diminuição da ansiedade, é mais fácil para a pessoa sentir-se mais confortável com o próprio corpo e com seus momentos de intimidade.

Também é usada tradicionalmente para alívio de tosses e dores gástricas, desde que não relacionadas à graves condições de saúde, como úlceras preocupantes no estômago.

As partes utilizadas na fitoterapia são suas folhas, e seus componentes em geral são:

 

A Damiana possui ações:

Ela é vendida na forma de tintura e cápsulas.

Se você tem dúvidas de onde encontrar a melhor opção de fitoterápico manipulado para você, não se preocupe! A Oficina de Ervas tem estas versões para você escolher.

 

E quais são as indicações de uso da Damiana?

A Damiana é empregada para diversos fins:

A Damiana apresenta efeitos anti-inflamatórios e expectorantes, ajudando bastante no combate a tosses, por exemplo de bronquites e asma; e também dores inflamatórias e dores gástricas. A apigenina, também encontrada na camomila, é um componente apontado pela atividade ansiolítica da Damiana.

Não descarta-se o mecanismo sinérgico de ação e são necessários ainda mais estudos para afirmar detalhes sobre o funcionamento da Damiana no corpo humano, já que a maioria dos estudos envolve roedores. Esses componentes também não devem ser consumidos em excesso.


Dosagem usual recomendada

A dosagem usual depende do quadro da sua saúde — que tipo de condição você está buscando tratar — e a forma que você prefere consumir a Damiana. Afinal, esta planta permite diferentes usos, por exemplo em cápsulas ou tintura. Converse com nossos fitoterapeutas sobre seu caso e não deixe a sua saúde de lado! Entre em contato com um de nossos fitoterapeutas clicando aqui. Assim, ficará mais fácil entender como usar a Damiana da melhor forma.

 

Damiana é testosterona?

Não. Existe pouca evidência de que a Damiana estimule a produção de testosterona, mesmo nas hipóteses de inibição de aromatase — que inibiria a conversão de testosterona em estrogênio. Apesar dela ter dois ativos apontados que possivelmente inibem aromatase — pinocembrina e acacetina, dois flavonóides — os estudos não concluíram aumento significativo de níveis de testosterona.

Inclusive, há também dados sobre combinações de compostos que mimetizam sensivelmente as propriedades do estrogênio, o que explicaria a sensível ajuda na regularização de ciclos menstruais e diminuição de cólicas no sexo feminino.

Ainda assim, há evidências de melhora na libido e disposição sexual em ambos os sexos. Enquanto no sexo feminino ainda é possível suspeitar dos compostos alegadamente mimetizantes do estrogênio (melhorando lubrificação e sensibilidade), no sexo masculino há outra hipótese: os efeitos ansiolíticos e estimulantes da Damiana, também indicados como efeitos adaptógenos, melhoram a libido.

Afinal, com a diminuição da ansiedade, é mais fácil para a pessoa sentir-se mais confortável com o próprio corpo e com seus momentos de intimidade sexual. Há também indícios da melhora do óxido nítrico no corpo, uma molécula que tem várias ações no corpo humano e serve como vasodilatador. No caso da ereção, a vasodilatação é bem vinda, pois facilita a entrada de sangue no órgão sexual masculino.

Enquanto o óxido nítrico se manter ativo no corpo cavernoso do pênis, o pênis irá se manter ereto. Quando os níveis dessa molécula caem — o que também pode ser simultâneo com o fim da atividade sexual — a ereção também termina.

 

Damiana: efeitos colaterais e contraindicações

De modo geral, a Damiana é bem tolerada pelo organismo. Efeitos colaterais, quando ocorrem, variam entre náusea, vômitos e diarreia. Há relatos raros de efeitos adversos associados a aumento de ansiedade/taquicardia, episódios de insônia e pioras em quadros de Síndrome do Intestino Irritável (SII). Em doses elevadas, é purgante.

Existem outros cuidados importantes para o consumo de Damiana:

 

Damiana: preço e onde comprar

Você pode comprar a Damiana no nosso site, clicando aqui.

Em caso de dúvidas, você pode falar com nossos fitoterapeutas, clicando aqui.

 

Referências

https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0378874114000658

https://hortodidatico.ufsc.br/damiana/

https://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/22311866.2020.1865837

https://www.embrapa.br/busca-de-publicacoes/-/publicacao/994719/avaliacao-fenologica-da-especie-turnera-diffusa-willd

https://florien.com.br/wp-content/uploads/2018/02/DAMIANA.pdf

https://www.peacehealth.org/medical-topics/id/hn-2077004#hn-2077004-how-it-works

https://www.drugs.com/npp/damiana.html

https://www.advantageja.eu/supplements/does-damiana-leaf-boost-testosterone/

https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/9492350/

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3747598/

https://www.sciencedirect.com/topics/pharmacology-toxicology-and-pharmaceutical-science/pinocembrine

https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2022/05/10/estrogenio-progesterona-e-mais-qual-o-papel-dos-hormonios-femininos.htm

https://www.nationalgeographicbrasil.com/historia/2022/09/quem-foram-os-maias-conheca-os-segredos-desta-antiga-civilizacao

https://www2.natal.rn.gov.br/semurb/paginas/ctd-741.html

Deixe seu comentário

Escreva seu nome compelto (ex. Jane Miller)

Comentários

Veja o comentário de outros usuários e deixe o seu comentário também!

Informativo A rinite atacou? Entenda os sintomas e como a fitoterapia pode ajudar! 04 Jul 2024 Artigo Margaridão, Titônia ou Mão-de-deus? Entenda os benefícios! 28 Jun 2024 Artigo Capim-limão: benefícios e uso na aromaterapia 25 Jun 2024 Informativo Cirrose e Hepatite: é a mesma coisa? Cuide do fígado de forma mais natural 04 Jun 2024 Artigo Eucalipto: benefícios e propriedades medicinais 29 Mai 2024 Artigo Hibisco é bom para quê? Desvende os benefícios! 23 Mai 2024

Ver Outros Conteúdos