IDENTIFICAÇÃO

Família: Ranunculaceae.

Sinonímia: Cimicifuga racemosa (L.) Nutt.

Nomenclatura popular: Cimicifuga.

Parte utilizada/órgão vegetal: Raiz ou rizoma.

INDICAÇÕES TERAPÊUTICAS

Alívio dos sintomas do climatério, como rubor, fogachos, transpiração excessiva, palpitações, alterações do humor, ansiedade e depressão.(2)

CONTRAINDICAÇÕES

Contraindicado para pacientes com histórico de hipersensibilidade a qualquer um dos componentes do fitoterápico. Pacientes portadoras de insuficiência hepática. Esse fitoterápico é contraindicado durante a gravidez.

PRECAUÇÕES DE USO

Pacientes devem ser alertadas quanto ao aparecimento e sintomas sugestivos de insuficiência hepática, tais como astenia, inapetência, icterícia cutânea ou de escleróticas, epigastralgia severa acompanhada de náusea e vômito ou urina com coloração escura. Nesses casos, deve-se suspender o uso. É necessária precaução em pacientes alérgicos à aspirina ou outros salicilatos. Em associação à terapia de reposição hormonal, deve manter-se avaliação médica a cada seis meses.

EFEITOS ADVERSOS

Pode causar desconforto gastrointestinal, erupção cutânea, cefaleia e tontura.

INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS

Pode ocorrer antagonização do efeito imunossupressor promovido pela ciclosporina e azatioprina, ou seja, uma imunoestimulação podendo levar à rejeição em pacientes transplantadas que fazem uso desse fitoterápico. Pode ocorrer interação com a atorvastatina. Deve ser utilizada com cautela se associado a outros agentes hipotensores, como betabloqueadores (metoprolol ou propanolol) e bloqueadores dos canais de cálcio (diltiazem ou verapamil). Pode ocorrer interação com analgésicos e anestésicos e efeitos aditivos com agentes gastrointestinais.

VIAS DE ADMINISTRAÇÃO E POSOLOGIA

(DOSE E INTERVALO)

Oral. Dose diária: 40-200 mg de rizomas secos de cimicifuga diariamente divididos em doses.

TEMPO DE UTILIZAÇÃO

Não deve ser utilizada por mais de 6 meses. O tempo de uso depende da indicação terapêutica e da evolução do quadro acompanhado pelo profissional prescritor.

SUPERDOSAGEM

Pode causar vertigem, cefaleia, náusea, vômito, hipotensão arterial, distúrbios visuais e circulatórios.

PRESCRIÇÃO

Fitoterápico, somente sob prescrição médica.

PRINCIPAIS CLASSES QUÍMICAS

Triterpenos (cimifugosídeo, 26-deoxiacteína, acteína e cimigenol), alcaloides, taninos e ácidos fenólicos.

Fonte: Farmacopéia Brasileira 1° edição - Momento Fitoterápico

Deixe seu comentário

Escreva seu nome compelto (ex. Jane Miller)

Comentários

Veja o comentário de outros usuários e deixe o seu comentário também!

• Neida Cardoso
Estou tomando 160mg de cimecifuga a noite. A urina está escura, porquê?
⇒ Oficina de Ervas: Neida, bom dia. Peço a gentileza de suspender o uso pois como esta tomando uma dosagem alta pode apresentar esse tipo de efeito colateral, se foi o se médico que prescreveu deve comunicar ele, envie um e-mail para farmácia@oficinadeervas.com.br para maiores esclarecimentos.


• Mônica
Bom dia! Faço uso de Puran 12,5, valsartana de 320mg e rosuvastatina de 20mg. Posso fazer uso de cimicifuga?
⇒ Oficina de Ervas: Olá, Mônica. As advertências no uso da Cimicifuga são: Pacientes devem ser alertadas quanto ao aparecimento e sintomas sugestivos de insuficiência hepática, tais como astenia, inapetência, icterícia cutânea ou de escleróticas, epigastralgia severa acompanhada de náusea e vômito ou urina com coloração escura. Nesses casos, deve-se suspender o uso. É necessária precaução em pacientes alérgicos à aspirina ou outros salicilatos. Em associação à terapia de reposição hormonal, deve manter-se avaliação médica a cada seis meses. https://www.oficinadeervas.com.br/cimicifuga Qualquer dúvida, entre em contato com nossos fitoterapeutas pelo link abaixo: https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta Estamos à disposição.


Artigo Dilênia ou Maçã de Elefante? Entenda os benefícios do uso medicinal dessa planta! 16 Jul 2024 Informativo A rinite atacou? Entenda os sintomas e como a fitoterapia pode ajudar! 04 Jul 2024 Artigo Margaridão, Titônia ou Mão-de-deus? Entenda os benefícios! 28 Jun 2024 Artigo Capim-limão: benefícios e uso na aromaterapia 25 Jun 2024 Informativo Cirrose e Hepatite: é a mesma coisa? Cuide do fígado de forma mais natural 04 Jun 2024 Artigo Eucalipto: benefícios e propriedades medicinais 29 Mai 2024

Ver Outros Conteúdos