2021-08-11

Plantas medicinais para fertilidade feminina e masculina

Cada vez mais vemos casais querendo fazer fertilização in vitro ou outros tipos de reprodução assistida por terem dificuldade de engravidar. Grupos de tentantes começaram a se formar, dando e recebendo dicas de como conseguir o tão esperado positivo no teste de gravidez. Mas o que pode estar causando essa infertilidade? É possível evitar? Quais plantas podem aumentar a fertilidade? Vamos descobrir isso no informativo de hoje.

 

Estatísticas da baixa fertilidade

  • 48,5 milhões de casais em todo mundo tem dificuldade de engravidar
  • 15% dos casais que desejam engravidar não conseguem
  • Sendo aproximadamente 1 em cada 5 casais com infertilidade
  • 40% dos casos são causados pela infertilidade do homem

 

O que é infertilidade ou baixa fertilidade

A infertilidade é definida pela OMS quando o casal mantém relações sexuais sem contraceptivos mas não consegue engravidar em até 1 ano de tentativa. Para mulheres acima de 35 anos de idade, o casal é considerado infértil a partir do sexto mês de tentativa.

Mulher gravida feliz

Causas da infertilidade ou baixa fertilidade

As causas variam muito, tanto na mulher quanto no homem. Há fatores em comum e há condições específicas ou doenças de cada um. Algumas das causas são evitáveis e outras não.

 

Causas em comum (homens e mulheres)

  • Tabagismo
  • Alcoolismo
  • Consumo excessivo de café
  • Estresse
  • Distúrbios do sono
  • Poluição
  • Alimentação desequilibrada
  • Obesidade
  • Desnutrição
  • Quimioterapia
  • Radioterapia
  • Disfunções hormonais
  • Diabetes
  • Infecções
  • Não praticar atividades físicas ou praticá-las com muita intensidade

 

Causas da baixa fertilidade em mulheres

  • Idade - A partir dos 34 anos de idade, as chances de engravidar começam a diminuir e as chances de aborto e malformação começam a aumentar. Os óvulos vão perdendo a qualidade e começam a acabar, até chegar na menopausa, quando todos acabam.
  • Doença tubária e aderências pélvicas - Quando as tubas (trompas de Falópio) estão bloqueadas, a fertilização é bloqueada ou, quando há fertilização, o embrião não consegue chegar no útero. Isso pode acontecer devido a infecções, endometriose, doenças sexualmente transmissíveis, apendicectomia e laqueadura tubária.
  • Endometriose - A relação com a endometriose é baseada em estudos que comparam mulheres com relação à fertilidade e endometriose. Há também relatos de mulheres que trataram a endometriose e recuperam a fertilidade.
  • Miomas e pólipos - Ambos são tumores benignos que aparecem no útero e afetam a cavidade endometrial, local onde o embrião costuma se implantar.
  • Disfunção ovulatória - As falhas no processo de ovulação normalmente são resultados de problemas hormonais e do envelhecimento do ovário. Algumas dessas disfunções são Insuficiência Ovariana Prematura, Hiperprolactinemia e Síndrome dos Ovários Policísticos.

 

Causas da baixa fertilidade em homens

  • Idade - Com o passar da idade, a produção de espermatozóides começa a diminuir e a perder qualidade, principalmente em homens acima de 50 anos.
  • Varicocele - Causa mais comum da infertilidade masculina. A doença geralmente não tem sintomas e é caracterizada por varizes na região testicular, que impedem uma boa produção de espermatozóides.
  • Caxumba - Infecção comum na infância que pode ser evitada com vacinas. Essa doença pode afetar os testículos, provocando infertilidade que, dependendo da gravidade, pode ser irreversível.
  • Infecções sexualmente transmissíveis (IST) - Doenças como clamídia e gonorreia causam feridas e aderências nos canais do aparelho reprodutor, atrapalhando a passagem do sêmen.
  • Anticorpos antiespermatozoides - Responsáveis por 10% dos casos de infertilidade, aparecem em pacientes com doenças autoimunes, quando os anticorpos começam a atacar células saudáveis do próprio organismo.
  • Disfunção testicular - As falhas no processo de produção de espermatozóides normalmente são resultados de problemas hormonais, traumas, cirurgias e tumores. Substâncias tóxicas e o uso de anabolizantes também podem influenciar nos hormônios, causando até dano irreversível na hipófise.
  • Problemas na anatomia masculina - Condições como testículos que demoraram para descer ao escroto após o nascimento, desvio de canais que direcionam a ejaculação para a bexiga, obstrução ou ausência de canais seminais, genes com defeitos no DNA do espermatozóide, etc
  • Sem causa aparente - Cerca de 15% a 20% dos homens com infertilidade ainda não são diagnosticados por falta de recursos de identificação da causa.

 

Curiosidade: Usar o notebook no colo prejudica a fertilidade masculina?

Para uma produção saudável de espermatozóides, os testículos precisam ter uma temperatura de 2°C abaixo da temperatura corporal. Por isso eles ficam do "lado de fora" do corpo, no saco escrotal. Usar o notebook no colo acaba esquentando essa região, por isso não é bom fazer isso com frequência. A mesma coisa vale para calças muito justas e qualquer outro costume que aqueça os testículos.

 

Diagnóstico de infertilidade ou baixa fertilidade

Quando o casal desconfiar da fertilidade, devem passar por uma avaliação médica. As mulheres podem procurar ginecologistas e os homens podem procurar urologistas. A partir daí, os médicos vão pedir diferentes tipos de exames para fazer o diagnóstico e escolher uma forma de tratamento.

 

Exames comuns para mulheres

  • Exames de sangue – Para identificação de ISTs, outras doenças, glicemia, hormônios e outros fatores que podem influenciar na infertilidade.
  • Histerossalpingografia (HSG) – Um exame radiológico usado para visualizar o interior do útero e a permeabilidade das tubas.
  • Ultrassonografia pélvica e transvaginal (USGTV) – Para identificar doenças como miomas, pólipos, cistos e endometriose.
  • Histeroscopia – Também identifica miomas, pólipos e cistos, mas é feito com uma câmera para ver dentro do útero.

Medica fazendo ultrassom

Exames comuns para homens

  • Exames de sangue - Assim como na mulher, serve para identificação de ISTs, outras doenças, glicemia, hormônios e outros fatores que podem influenciar na infertilidade.
  • Análise seminal ou Espermograma – Exame que analisa parâmetros como concentração, motilidade e forma dos espermatozoides.

 

Dependendo de cada caso, outros tipos de exames também podem ser necessários.

 

Tratamento de infertilidade ou baixa fertilidade

Primeiramente é fundamental manter hábitos de vida saudáveis e equilibrados, como:

  • Parar de fumar
  • Diminuir o consumo de álcool
  • Diminuir o consumo de café
  • Evitar situações de estresse
  • Dormir bem
  • Manter uma alimentação equilibrada
  • Praticar atividades físicas, mas com moderação

Casal feliz fazendo compras

Esses hábitos vão tanto ajudar no tratamento quanto na prevenção, além de serem bons para a saúde no geral e proporcionar uma vida com mais bem-estar e longevidade.

Há também fitoterápicos que podem ajudar na fertilidade, tanto feminina quanto masculina, agindo na regulação de hormônios de ambos.

 

Plantas medicinais para aumentar a fertilidade da mulher

Plantas medicinais para aumentar a fertilidade do homem

 

Os tratamentos de problemas mais específicos vão depender do diagnóstico de cada caso e da escolha do médico.

Lembrando que, no caso de mulheres que fizeram a cirurgia de laqueadura, não há plantas que revertam a cirurgia. Para isso, é necessário fazer a cirurgia de reversão, dependendo de cada caso.

Ainda ficou com dúvidas? Pergunte para um dos nossos fitoterapeutas clicando aqui.

Casal com teste de gravidez positivo

Comentários


  • Beatriz Izabel Feiten Morandini
    - Boa tarde.Tenho 60 (sessenta anos), mas ainda tenho vontade de ter filhos. Não quero fazer inseminação artificial, é doloroso e não gostaria de ter decepcões. NUnca fizemos tratamentos, tanto eu quanto meu esposo (70 anos), deixamos correr o tempo. Trabalhamos em um laboratório de análises clínicas, meu esposo é proprietário e eu trabalho com ele. Somos casados a 25 anos, nunca fomos ver qual o diagnóstico preciso mesmo para esta infertilidade, sempre preocupados com os outros, deixamos passar o tempo, mas agora sinto falta e meu marido comenta comigo coisas desse tipo. Vamos reverter este quadro?
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Olá Beatriz,

    Seu caso requer diagnóstico médico. Após o diagnóstico podemos verificar se existe algum fitoterápico que atenda seu caso.

    qualquer dúvida entre em contato com nossos fitoterapeutas clicando no link abaixo:

    https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta/

    Estamos à disposição

Deixe seu comentário sobre:
Plantas medicinais para fertilidade feminina e masculina