2021-10-26

Benefícios da Romã: para que serve

Conheça nossas fórmulas magistrais para Romã.
Veja nossa lista de opções:
Chá (casca) 30g Kampo de Ervas,     Tintura 60mL,     Spray Bucal (Mel, Romã e Própolis) 30mL,     Enxaguatório Bucal Composto 100mL,     60 cápsulas Pomegranate 500mg,     

A Romã é uma fruta popular no final de ano, pois suas sementes são associadas à sorte e simpatias. Além de seu sabor e sua presença na alimentação, a Romã oferece benefícios para a nossa saúde, por exemplo no tratamento de inflamações na boca e na garganta. Confira neste artigo para que serve, efeitos colaterais e como consumir a Romã.

 

A Romã

A Romã é o fruto da romãzeira, uma árvore arbustiva que alcança 3 metros de altura e tem flores avermelhadas antes de formar seus frutos, que também são vermelhos. É considerada nativa da região do Irã até o norte da Índia, mas é popular também no Mediterrâneo e na Ásia. Conforme a região onde se encontra, possui variedades em características de acidez e grossura da casca.

Seu nome científico é Punica granatum, da família Lythraceae, e seu nome popular provoca certa discussão: existem afirmações sobre Romã ser originada do termo mala romana (maçã romana), porém os romanos chamavam o fruto de malum punicum ou malum granatum. Assim, outra hipótese diz que romã descende do termo árabe rummān.

Podemos facilmente conferir que a história da Romã é repleta de simbolismo e significado: Para os gregos na Antiguidade Clássica, a Romã era considerada o fruto dos mortos e aparece no famoso mito de Perséfone, que ingeriu sementes de Romã e precisou ficar no submundo por parte do ano. Esse fruto também aparece no Velho Testamento da Bíblia, no Alcorão e na Torá, indicada por suas qualidades de fertilidade, boa sorte e abundância; simbolismos que também aparecem na cultura chinesa e hindu.

Muitas culturas aproveitam a Romã na culinária, utilizada tanto em pratos salgados quanto doces, em sucos e xaropes. No Brasil, não é tão popular quanto outras frutas, mas no final do ano muitos se lembram da Romã para tentar ter mais sorte no ano seguinte. Vale a pena conferir os benefícios deste fruto para nossa saúde o ano inteiro!

Romazeira

Romã: para que serve

A romã pode ser consumida do modo convencional como fruta ou suco, mas não significa que aproveitamos somente estas partes. Outra parte utilizada é a casca e seus componentes em geral são:

  • Polifenóis (flavonóides, antocianinas e taninos)
  • Esteróis
  • Alcalóides
  • Vitaminas do complexo B
  • Minerais como potássio, fósforo e magnésio

 

A casca da Romã possui ações:

  • Antibacteriana
  • Antioxidante
  • Anti-inflamatória
  • Anticarcinogênica
  • Adstringente
  • Antiaterosclerótica

 

É claro que você pode comprar a fruta no mercado ou plantar uma romãzeira no quintal, mas saiba que a romã também é vendida na forma de chá, tintura, spray e enxaguatório bucal aqui, na Oficina de Ervas.

 

E quais são as indicações de uso da Romã?

De um modo geral, as cascas da Romã têm uma excelente ação contra inflamações na boca e trazem benefícios para a garganta, quando inflamada. Portanto, quem tem dor de garganta pode aproveitar muito o spray bucal de Romã com mel!

A casca da Romã também pode ser utilizada no tratamento de outras doenças, como:

Lembramos também que a atividade antioxidante auxilia na prevenção de diversas doenças associadas a danos e envelhecimento celular, por exemplo doenças degenerativas.

Roma para dor de garganta

Romã emagrece?

Estudos com roedores apontam ações favoráveis de melaços de Romã em dietas de emagrecimento, combinando a melhora do metabolismo pelas ações antioxidantes e sensível diminuição do apetite. No entanto, ainda é cedo para afirmar de maneira categórica a ação da Romã no emagrecimento, embora ela apresente benefícios à sua saúde e possa fazer parte de sua alimentação. Um estilo de vida mais saudável é sempre recomendado!

 

Romã é bom para o estômago?

Devido a suas ações anti-inflamatórias, há indícios de que a Romã possa ser usada no tratamento e prevenção de dores e úlceras no estômago, entretanto são necessários estudos mais aprofundados sobre a ação da Romã na acidez e inflamação gástrica e quais dosagens seriam ideais para esse tipo de tratamento. Você pode consumi-la, mas existem outras plantas com ação mais precisa em relação à gastrites e úlceras estomacais, como a Espinheira Santa, a Zedoária e o Alcaçuz Europeu.

 

Dosagem usual recomendada

Chá (rasura) - O modo de preparo é a decocção, ou seja, ferver a casca de 3 a 5 minutos. Pode ser usado para gargarejos em casos de problemas de garganta, como dores, infecções e inflamações. Em casos de diarreia, o chá pode ser ingerido, mas não pode exceder uma xícara por dia.

Spray para garganta - Pode ser usado sempre que a garganta estiver raspando, doendo ou infeccionada.

Enxaguatório Bucal - Pode ser usado de 2 a 3 vezes ao dia, depois de escovar os dentes, para aftas e ferimentos na boca. Nosso enxaguatório bucal é composto de Equinácea, Sálvia, Malva, Zedoária, Calêndula, Romã, Stevia e Óleo Essencial de Menta.

Tintura (líquido) - Tomar até 20 gotas 2 vezes ao dia. 

Cápsula de extrato seco - Tomar de 250mg a 500mg por dia.

 

Romã: efeitos colaterais e contraindicações

Efeitos colaterais da fruta são muito raros e relatos de adversidades são bem escassos. Mas os efeitos colaterais da casca podem afetar o fígado, por isso é contraindicado a ingestão em altas doses e para pessoas com problemas hepáticos. Também não é recomendado ingerir a casca da Romã quando o paciente tem obstipação intestinal (intestino preso). De um modo geral, recomenda-se que pessoas sensíveis ou alérgicas a romã evitem o consumo da casca da fruta, assim como gestantes e lactantes.

 

Romã: Preço e onde Comprar

Você pode comprar a Romã no nosso site, clicando aqui.

Em caso de dúvidas, você pode falar com nossos fitoterapeutas, clicando aqui.

Fruta Roma

Bibliografia

https://www.oficinadeervas.com.br/arquivos/roma.pdf

https://onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1111/j.1541-4337.2010.00131.x

Balmé, F.; Plantas medicinais, ed. Helmus 1994.

https://journals.ashs.org/hortsci/view/journals/hortsci/42/5/article-p1088.xml

https://japsonline.com/admin/php/uploads/500_pdf.pdf

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3612487/

Comentários


  • natanael
    qual planta posso usar para efizema pulmonar
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Olá, Natanael.

    Dependendo dos sintomas que você apresenta, pode usar o Guaco, pois possui ação broncodilatadora.

    https://www.oficinadeervas.com.br/guaco

    Você pode conversar com um de nossos fitoterapeutas para que possa te orientar de acordo com suas necessidades.

    Entre no link abaixo:

    https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta/

    Estamos à disposição


  • Elenoir Rocha Amorim
    Por favor preciso de ajuda acho que para mim é o fim
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Olá, Elenoir.

    Entre em contato com nossos fitoterapeutas e relate os seu problemas, suas necessidades, que sintomas apresenta, que idade você tem, se toma algum medicamento.

    Clique no link abaixo:

    https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta/

    Estamos à disposição.
  • Stephen Fry
    Tenho a impressão que quemtoma suco deromã tem MUITO menos chance de ataque de coracao .
    No TV americana Dr Oz falou: "Se vc tome suco de romã e tambem L-arginina, simplesmente nunca terá ataque de coraação". Comprei L-arginina e nao teve efito sozinho. Mais tarde comprei romãs grandes e efeito de tomar o primeiro suco foi , digamos, "chocante": uma sensação de mais energia e eletrizante saúde passando por todo o corpo>> de um tipo que nunca senti <<. Muito positivo, mas de maneira que nuncasenti. Imagino que meu corpo estava registrando que tinha entrado uma substancia que ia limpar minhas arterias (dito 'mildly' affected by aquela camada branca). Eu pessoalmente tenho uma reaçao imediata aa netrada de algumas coisas na boca: Vitam C pura na lingua tende a causar um "arrepio de bem" imediato se eu estou suspeitando uma gripe, por exemplo. Caos quiser discutir isso mais fiacrai feliz - Stephen
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Olá, Stephen

    A Romã é realmente uma fruta muito benéfica à saúde. É indicado com antisséptico e anti-inflamatório. Além disso, sua composição é rica em compostos antioxidantes, prevenindo muitas doenças.

    Para mais orientações entre em contato com nossos fitoterapeutas clicando no link abaixo:

    https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta

    Estamos à disposição.

Deixe seu comentário sobre:
Benefícios da Romã: para que serve