O que é Crisina: para que serve e como tomar

O que é Crisina

A Crisina é um flavonóide encontrado na Passiflora caerulea, uma planta da mesma família que o famoso maracujá. No entanto, no lugar de ser indicada majoritariamente pelo seu efeito ansiolítico, a Crisina oferece benefícios por modular a testosterona no corpo. Vamos conhecer como a Crisina funciona? Confira neste artigo para que serve, efeitos colaterais e como tomar.

 

Crisina: para que serve

A Passiflora caerulea é a principal fonte de um flavonóide chamado Crisina, embora ela também seja encontrada em outras plantas, no mel e no própolis. Uma importante ação da Crisina é sua capacidade de inibir a enzima aromatase, que por sua vez é um agente da transformação do hormônio testosterona em estrogênio ou DHT (dihidrotestosterona).

De um modo geral, quando um hormônio alcança determinado nível de concentração em nosso organismo, ele é convertido em outras substâncias - obedecendo, é claro, certas características do paciente em questão. No caso da testosterona, existe a possibilidade deste hormônio ser convertido em estrogênio, que é um hormônio que os homens também produzem — em menor quantidade — e que está mais associado às características femininas. A Crisina justamente impede ou reduz essa conversão!

A crisina possui atividades:

 

E quais são as indicações de uso da Crisina?

A Crisina pode ser utilizada para diversos problemas, como:

 

Lembramos também que a atividade antioxidante auxilia na prevenção de diversas doenças associadas a danos e envelhecimento celular, como doenças degenerativas. Existem estudos para conferir a eficácia da Crisina na prevenção de câncer e, embora sejam necessárias maiores confirmações científicas, essa substância tem sido associada com o retardamento da formação de câncer em pacientes.

Por exemplo, há evidências iniciais que a Crisina seja uma substância importante para prevenção e tratamento de carcinomas estrogênio-dependentes. Esse tipo de carcinoma mantém-se aceso no corpo enquanto o estrogênio também está ativo. Deste modo, eliminando ou reduzindo o estrogênio, existe melhora no quadro geral e maior possibilidade de cura, ainda que possa variar dependendo da condição.

Para a ansiedade, o efeito da Crisina se dá nos receptores GABA, que produzem uma sensação de relaxamento.

 

Crisina e a musculação

Qual é a relação da Crisina com o aumento muscular? Já que esse flavonoide aumenta a disponibilidade de testosterona no organismo por evitar que este hormônio se transforme em estrogênio, a testosterona acaba por estimular ainda mais a produção de proteínas, que, por sua vez, formam as fibras musculares. Assim, a Crisina auxilia na hipertrofia muscular e é utilizada por atletas que desejam maior expressividade e potência dos músculos.

Crisina e o corpo masculino

A testosterona é um dos principais hormônios que o corpo masculino produz (embora mulheres também produzam em menor quantidade), responsável por características como aprofundamento da voz, crescimento de pêlos e desenvolvimento de esperma, de músculos e mais outros detalhes.

Os níveis deste hormônio flutuam e é esperado que diminuam com o passar dos anos. No entanto, níveis baixos de testosterona estão associados à osteoporose masculina e menor libido. E quando há maior estrogênio em homens do que testosterona por períodos prolongados, pode desenvolver-se mamas: isso se chama ginecomastia.

A Crisina, justamente por evitar a conversão de testosterona em estrogênio, previne tal condição!

Com a maior taxa de testosterona circulando pelo corpo, o paciente poderá sentir maior disposição, libido e ainda aproveitará de outros benefícios, como a prevenção de osteoporose masculina e ginecomastia, que explicamos acima.

 

Crisina e o corpo feminino

O corpo feminino produz testosterona, mesmo que em taxas menores do que estrogênio. É responsável por maior apetite sexual durante a ovulação, dá disposição para atividades físicas e estimula o ganho de massa muscular; enquanto o estrogênio prepara a fertilidade e oferece maior resistência aos ossos, entre outras funções.

No entanto, existem certas doenças que são estrogênio-dependentes e justamente a diminuição do estrogênio no corpo melhora o quadro. A Crisina auxilia nesse processo, pois evita que a testosterona seja convertida em estrogênio.

Mas aqui vale um importante lembrete: o excesso de testosterona no corpo feminino pode causar efeitos colaterais, como o crescimento maior de pêlos e irritabilidade. Certos anticoncepcionais contém estrogênio também e, caso seja consumida a Crisina simultaneamente, pode afetar o efeito do anticoncepcional, aumentando a chance de engravidar.

Sempre avalie os benefícios e condições antes de tomar um suplemento!

 

Como tomar a Crisina?

É muito simples aproveitar as propriedades medicinais da Crisina! Ela existe na forma de cápsulas e você pode comprar aqui mesmo no nosso site Oficina de Ervas.

Dosagem usual recomendada

Cápsula: tomar de 250mg a 1000mg por dia.

 

Crisina: efeitos colaterais e contraindicações

Os efeitos colaterais, quando ocorrem, estão relacionados à irritabilidade pelo aumento de testosterona.

A Crisina, apesar de seus benefícios, não é indicada para pacientes que tenham câncer de próstata. Também não recomenda-se o consumo por menores de 18 anos, indivíduos que tenham hipersensibilidade aos componentes, grávidas ou lactantes.

 

Crisina: preço e onde comprar

Você pode comprar Crisina no nosso site, clicando aqui.

Em caso de dúvidas, você pode falar com nossos fitoterapeutas, clicando aqui.

Bibliografia

https://www.sociedadeglobal.org.br/crisina/#aws

https://www.santaceutica.com.br/crisina-500mg/p

https://pt.wikipedia.org/wiki/Crisina

https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0378874104000856

https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0031942217303217

http://greenpharmacy.info/index.php/ijgp/article/view/100

https://citeseerx.ist.psu.edu/viewdoc/download?doi=10.1.1.914.8645&rep=rep1&type=pdf

https://www.webmd.com/vitamins/ai/ingredientmono-1047/chrysin

https://extra.globo.com/noticias/saude-e-ciencia/saiba-quais-sao-as-funcoes-da-testosterona-nas-mulheres-23076053.html

http://www.santalucia.com.br/noticias/o-que-acontece-com-mulher-quando-os-niveis-de-estrogenio-estao-desequilibrados/

Deixe seu comentário

Escreva seu nome compelto (ex. Jane Miller)

Comentários

Veja o comentário de outros usuários e deixe o seu comentário também!

• Renata Moreira
Tenho polípos e hiperplolactina.Neste caso essa planta me ajudaria em relação aos hormônios?
⇒ Oficina de Ervas: Olá, Renata Clique no link abaixo e entre em contato com nossos fitoterapeutas. Informe sua idade, se faz uso de algum medicamento e conte mais sobre seu caso: https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta Estamos à disposição.


• jeane almeida da silva
Fiquei com duvida quanto ao item: Como tomar a Crisina? É muito simples aproveitar as propriedades medicinais da Crisina! Ela existe na forma de cápsulas e você pode comprar aqui mesmo no nosso site Oficina de Ervas. Dosagem usual recomendada Cápsula: tomar de 250mg a 1000mg por dia. Para eu comprar o produto, pode me esclarecer qual tomar de 250mg a 1000mg por dia. ?
⇒ Oficina de Ervas: Olá, Jeane Depende do motivo que você deseja usar, se é para prevenção ou tratamento e a intensidade do problema que desejar tratar. 250mg é o mínimo e 1000mg é o máximo. Para mais orientações clique no link abaixo e fale com nossos fitoterpaeutas: https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta Estamos à disposição.


• Nélio Santos filho
Boa noite gostaria de comprar a Cristina no site oficial e fazer a dosagem dos hormônios necessário para melhorar minha saúde e evitar câncer de próstata através da dosagem corretará e acompanhamento laboratorial tenho 67 anos
⇒ Oficina de Ervas: Olá, Nélio. Para fazer a dosagem hormonal, procure o seu médico e peça o exame. Através do seu resultado é que poderemos fazer a recomendação do uso da crisina ou de qualquer outro ativo que se faça necessário. Independente da dosagem hormonal, existem outros ativos que possuem ação protetora contra o câncer de próstata, como o licopeno e o óleo de semente de abóbora. https://www.oficinadeervas.com.br/licopeno https://www.oficinadeervas.com.br/oleo-de-semente-de-abobora Como o câncer de próstata é ligado à hereditariedade, é importante saber se tem alguém na família que já teve o problema, e no caso positivo, aumentar os cuidados preventivos. Qualquer dúvida, entre em contato com nossos fitoterapeutas: https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta Estamos à disposição.


• Shirley marques cotrim
Olá, uso Progesterona base,Testosterona base, DHEA 50mg. Posso fazer uso da crisina 300mg?
⇒ Oficina de Ervas: Olá, Shirley Clique no link abaixo para falar com nossos fitoterapeutas: https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta Informe sua idade, se tem algum problema de saúde e para qual finalidade deseja usar a crisina. Aguardamos seu contato. Estamos à disposição.


• Hedilene
Fiz cirurgia e tirei útero, ovários e trompas. Já uso estrogel. Posso usar crisina gel para melhor a testosterona?
⇒ Oficina de Ervas: Olá, Hedilene. No seu caso, a melhor forma de equilibrar os hormônios é fazer o acompanhamento médico e seguir as prescrições dadas por ele. É preciso avaliar se você tem necessidade de aumentar a testosterona. Para orientações clique no link abaixo e fale com nossos fitoterapeutas: https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta Estamos à disposição


• Fernanda Dourado
Boa tarde! Tenho adenomiose, e minhas taxas de estradiol são sempre altas, já usei Anastrozol, mas tive muitos efeitos colaterais. Queria saber se a crisina me ajudaria a diminuir minhas taxas de estradiol, já que ela ajuda a combater a aromatase, e por quanto tempo posso usar? Existe o efeito colateral da crisina em escape menstrual e cólicas? Pq esses foram dois dos efeitos colaterais do Anastrozol
⇒ Oficina de Ervas: Olá, Fernanda Para te orientar melhor, clique no link abaixo e fale com nossos fitoterapeutas: https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta Informe sua idade, se tem algum outro problema de saúde e quais medicamentos faz uso. Estamos à disposição.


• Gabriel B.P
Olá, tenho 16 anos e tenho interesse em comprar crisina. Quais são os efeitos colaterais nessa idade ?
⇒ Oficina de Ervas: Olá, Gabriel. Nessa idade não é aconselhável usar a crisina, a não ser com acompanhamento médico. Caso queira orientações, entre em contato com nossos fitoterapeutas e informe para qual necessidade quer usar, se tem acompanhamento médico, se faz uso de algum medicamento, etc. Deixo o link para contato: https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta Estamos à disposição.


• Paulo Eduardo
Bom dia tenho aumento da próstata, o médico chamou de benigna e disse que é da idade 64 anos. Tem algum fitoterapia que possa ajudar a diminuí-la
⇒ Oficina de Ervas: Olá, Paulo. Temos alguns produtos usados para o controle do HPB, como o Saw palmetto, Pygeum africanum, Urtiga e Óleo de Semente de Abóbora. https://www.oficinadeervas.com.br/conteudo/hiperplasia-prostatica-benigna-o-que-e-quais-os-sintomas-e-tratamentos https://www.oficinadeervas.com.br/saw-palmetto https://www.oficinadeervas.com.br/pygeum-africanum https://www.oficinadeervas.com.br/urtiga https://www.oficinadeervas.com.br/oleo-de-semente-de-abobora Qualquer dúvida ou orientação, entre em contato com nossos fitoterapeutas pelo link abaixo: https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta Estamos à disposição.


• Ester de Assunção
Excelente conteúdo e bem fundamentado cientificamente.
⇒ Oficina de Ervas: Olá Ester, Como é bom saber que todo o esforço da nossa equipe, para montar um conteúdo resumido, com base em literatura científica, está sendo relevante para os leitores. Ficamos a disposição.


• Sara aparecida Jorge da Silva
Tenho nódulos mamários faço acompanhamento médico e gostaria de tomar Crisina, pois tenho 55 anos e sofro com a menopausa.
⇒ Oficina de Ervas: Olá, Sara. Para podermos te orientar quanto ao uso da Crisina, entre em contato com nossos fitoterapeutas. Informe se você está fazendo uso de algum medicamento, se tem algum problema de saúde, desde quando tem os nódulos, quais sintomas apresenta, se tem casos de câncer de mama na família, etc. Existem várias plantas que podem ser usadas na menopausa, a depender dos sintomas: https://www.oficinadeervas.com.br/conteudo/menopausa-fogo-que-arde-sem-se-ver Deixo o link para contato: https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta Estamos à disposição.


• Jurandir
Em set/22 fiz uma cirurgia robótica de retirada de próstata e o meu PSA atual é 0,04 ng/ml. Tenho uma válvula metálica no coração e tomo Marevan diariamente. Posso tomar Crisina ? No aguardo de um retorno, desde já agradeço.
⇒ Oficina de Ervas: Olá, Jurandi Entre em contato com nossos fitoterapeutas e informe se algum problema de saúde, se toma algum medicamento além do Marevan e para qual finalidade específica deseja usar a Crisina. Link para conversar com os fitoterapeutas: https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta Estamos à disposição.


• Márcia
Ola! Tenho nódulo benigno na mama. Gostaria de saber se tem algum problema usar a Crisina.
⇒ Oficina de Ervas: Olá, Márcia Não há problema algum em usar a Crisina. Deixo abaixo o link com mais informações sobre a Crisina: https://www.oficinadeervas.com.br/crisina Caso queira alguma orientação, entre em contato conosco pelos links abaixo: https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta https://www.oficinadeervas.com.br/zap Estamos à disposição.


• Reginaldo
Estou com a testosterona baixa e vou iniciar reposição bioidêntica com gel, quero saber se curcumina, peperina e Crisina são boas combinações para previnir aromatase Deus abençoe sempre vocês
⇒ Oficina de Ervas: Bom dia Reginaldo Existem alguns estudos apontando que a Curcumina apresenta certa ação sobre a enzima Aromatase, mas são poucos estudos ainda. A Crisina por sua vez já tem uma ação mais específica sobre inibição da enzima Armoatase. Para uma orientação mais personalizada, esclarecimentos ou orientações, entre em contato com um de nossos fitoterapêutas através dos links: https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta https://www.oficinadeervas.com.br/zap Estamos à disposição


• Olá boa tarde! Eu sou Edson de Souza santana
Tem 3 anos retirei a prostata faço acompanhamento com urologista está tudo normal Gostaria de saber se eu posso tomar crisina minha testosterona sempre baixa. Eu tenho ginecomastia
⇒ Oficina de Ervas: Boa tarde Edson Se você não tiver restrição médica a reposição de testosterona por conta da retirada da próstata e se não há ppproblemas relacionados a câncer, não há problemas com o uso da Crisina, mas comunique seu médido que pretende fazer uso desse produto. Para uma orientação mais personalizada, esclarecimentos ou orientações, entre em contato com um de nossos fitoterapêutas através dos links: https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta https://www.oficinadeervas.com.br/zap Estamos à disposição


Informativo A rinite atacou? Entenda os sintomas e como a fitoterapia pode ajudar! 04 Jul 2024 Artigo Margaridão, Titônia ou Mão-de-deus? Entenda os benefícios! 28 Jun 2024 Artigo Capim-limão: benefícios e uso na aromaterapia 25 Jun 2024 Informativo Cirrose e Hepatite: é a mesma coisa? Cuide do fígado de forma mais natural 04 Jun 2024 Artigo Eucalipto: benefícios e propriedades medicinais 29 Mai 2024 Artigo Hibisco é bom para quê? Desvende os benefícios! 23 Mai 2024

Ver Outros Conteúdos