Crisina (Passiflora caerulea)

Preço Especial A partir de R$ 104,00

Disponível

Resumo:

Crisina para aumento muscular, aumentando a disponibilidade de testosterona, estimulando a formação das fibras musculares. Assim, a Crisina auxilia na hipertrofia muscular e potência dos músculos. Pague em até 6 x s/juros, Aproveite!
Ver descrição completa

Fórmula Magistral Unitário Quantidade  
R$ 179,00  
R$ 104,00  
R$ 107,00  

 

Veja para que serve Crisina (Passiflora caerulea)

A Crisina é um flavonóide extraído da planta Passiflora caerulea. Ela inibe uma enzima responsável por transformar a testosterona em estrogênio. Dessa forma, a taxa de testosterona no corpo acaba aumentando.

Ela pode ser utilizada para:

  • Ganho de massa muscular
  • Aumento da libido
  • Melhora da ansiedade (devido a ação nos receptores GABA)
  • Controle hormonal (anti-estrógeno)
  • Prevenção de ginecomastia (causada por excesso de estrogênio em homens)
  • Prevenção de doenças degenerativas (pela ação antioxidante)
  • Prevenção de tipos de cânceres relacionados ao estrogênio

 

A testosterona estimula a produção de proteínas, que formam as fibras musculares. Assim, a Crisina auxilia na hipertrofia muscular e é utilizada por atletas que desejam maior expressividade e potência dos músculos.

A Crisina não é indicada para pacientes que tenham câncer de próstata, menores de 18 anos, indivíduos que tenham hipersensibilidade aos componentes, grávidas e lactantes.

Atenção: O aumento da testosterona pode causar irritabilidade

O que é Crisina: para que serve e como tomar

O que é Crisina

A Crisina é um flavonóide encontrado na Passiflora caerulea, uma planta da mesma família que o famoso maracujá. No entanto, no lugar de ser indicada majoritariamente pelo seu efeito ansiolítico, a Crisina oferece benefícios por modular a testosterona no corpo. Vamos conhecer como a Crisina funciona? Confira neste artigo para que serve, efeitos colaterais e como tomar.

 

Crisina: para que serve

A Passiflora caerulea é a principal fonte de um flavonóide chamado Crisina, embora ela também seja encontrada em outras plantas, no mel e no própolis. Uma importante ação da Crisina é sua capacidade de inibir a enzima aromatase, que por sua vez é um agente da transformação do hormônio testosterona em estrogênio ou DHT (dihidrotestosterona).

De um modo geral, quando um hormônio alcança determinado nível de concentração em nosso organismo, ele é convertido em outras substâncias - obedecendo, é claro, certas características do paciente em questão. No caso da testosterona, existe a possibilidade deste hormônio ser convertido em estrogênio, que é um hormônio que os homens também produzem — em menor quantidade — e que está mais associado às características femininas. A Crisina justamente impede ou reduz essa conversão!

Crisina o que e

A crisina possui atividades:

  • Reguladora de hormônios (anti-estrógeno)
  • Imunomodulatória
  • Antioxidante
  • Ansiolítica
  • Anti-inflamatória

 

E quais são as indicações de uso da Crisina?

A Crisina pode ser utilizada para diversos problemas, como:

  • Ansiedade
  • Controle hormonal
  • Prevenção de ginecomastia
  • Ganho de massa muscular
  • Aumento da libido

 

Lembramos também que a atividade antioxidante auxilia na prevenção de diversas doenças associadas a danos e envelhecimento celular, como doenças degenerativas. Existem estudos para conferir a eficácia da Crisina na prevenção de câncer e, embora sejam necessárias maiores confirmações científicas, essa substância tem sido associada com o retardamento da formação de câncer em pacientes.

Por exemplo, há evidências iniciais que a Crisina seja uma substância importante para prevenção e tratamento de carcinomas estrogênio-dependentes. Esse tipo de carcinoma mantém-se aceso no corpo enquanto o estrogênio também está ativo. Deste modo, eliminando ou reduzindo o estrogênio, existe melhora no quadro geral e maior possibilidade de cura, ainda que possa variar dependendo da condição.

Para a ansiedade, o efeito da Crisina se dá nos receptores GABA, que produzem uma sensação de relaxamento.

 

Crisina e a musculação

Qual é a relação da Crisina com o aumento muscular? Já que esse flavonoide aumenta a disponibilidade de testosterona no organismo por evitar que este hormônio se transforme em estrogênio, a testosterona acaba por estimular ainda mais a produção de proteínas, que, por sua vez, formam as fibras musculares. Assim, a Crisina auxilia na hipertrofia muscular e é utilizada por atletas que desejam maior expressividade e potência dos músculos.

Crisina para musculacao

Crisina e o corpo masculino

A testosterona é um dos principais hormônios que o corpo masculino produz (embora mulheres também produzam em menor quantidade), responsável por características como aprofundamento da voz, crescimento de pêlos e desenvolvimento de esperma, de músculos e mais outros detalhes.

Os níveis deste hormônio flutuam e é esperado que diminuam com o passar dos anos. No entanto, níveis baixos de testosterona estão associados à osteoporose masculina e menor libido. E quando há maior estrogênio em homens do que testosterona por períodos prolongados, pode desenvolver-se mamas: isso se chama ginecomastia.

A Crisina, justamente por evitar a conversão de testosterona em estrogênio, previne tal condição!

Com a maior taxa de testosterona circulando pelo corpo, o paciente poderá sentir maior disposição, libido e ainda aproveitará de outros benefícios, como a prevenção de osteoporose masculina e ginecomastia, que explicamos acima.

 

Crisina e o corpo feminino

O corpo feminino produz testosterona, mesmo que em taxas menores do que estrogênio. É responsável por maior apetite sexual durante a ovulação, dá disposição para atividades físicas e estimula o ganho de massa muscular; enquanto o estrogênio prepara a fertilidade e oferece maior resistência aos ossos, entre outras funções.

No entanto, existem certas doenças que são estrogênio-dependentes e justamente a diminuição do estrogênio no corpo melhora o quadro. A Crisina auxilia nesse processo, pois evita que a testosterona seja convertida em estrogênio.

Mas aqui vale um importante lembrete: o excesso de testosterona no corpo feminino pode causar efeitos colaterais, como o crescimento maior de pêlos e irritabilidade. Certos anticoncepcionais contém estrogênio também e, caso seja consumida a Crisina simultaneamente, pode afetar o efeito do anticoncepcional, aumentando a chance de engravidar.

Sempre avalie os benefícios e condições antes de tomar um suplemento!

 

Como tomar a Crisina?

É muito simples aproveitar as propriedades medicinais da Crisina! Ela existe na forma de cápsulas e você pode comprar aqui mesmo no nosso site Oficina de Ervas.

Dosagem usual recomendada

Cápsula: tomar de 250mg a 1000mg por dia.

 

Crisina: efeitos colaterais e contraindicações

Os efeitos colaterais, quando ocorrem, estão relacionados à irritabilidade pelo aumento de testosterona.

A Crisina, apesar de seus benefícios, não é indicada para pacientes que tenham câncer de próstata. Também não recomenda-se o consumo por menores de 18 anos, indivíduos que tenham hipersensibilidade aos componentes, grávidas ou lactantes.

 

Crisina: preço e onde comprar

Você pode comprar Crisina no nosso site, clicando aqui.

Em caso de dúvidas, você pode falar com nossos fitoterapeutas, clicando aqui.

Crisina testosterona musculo

Bibliografia

https://www.sociedadeglobal.org.br/crisina/#aws

https://www.santaceutica.com.br/crisina-500mg/p

https://pt.wikipedia.org/wiki/Crisina

https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0378874104000856

https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0031942217303217

http://greenpharmacy.info/index.php/ijgp/article/view/100

https://citeseerx.ist.psu.edu/viewdoc/download?doi=10.1.1.914.8645&rep=rep1&type=pdf

https://www.webmd.com/vitamins/ai/ingredientmono-1047/chrysin

https://extra.globo.com/noticias/saude-e-ciencia/saiba-quais-sao-as-funcoes-da-testosterona-nas-mulheres-23076053.html

http://www.santalucia.com.br/noticias/o-que-acontece-com-mulher-quando-os-niveis-de-estrogenio-estao-desequilibrados/

Crisina para aumento muscular, aumentando a disponibilidade de testosterona, estimulando a formação das fibras musculares. Assim, a Crisina auxilia na hipertrofia muscular e potência dos músculos. Pague em até 6 x s/juros, Aproveite!

Crisina  Testosterona  Musculação  Libido  Ginecomastia  Massa muscular  Potencia sexual  Hipertrofia muscular  Hormônio masculino  Osteoporose masculina 

Deixe sua avaliação

Avaliações de clientes reais

Os resultados e indicações referentes ao uso desse produto foram avaliados e comprovados pelo fabricante deste insumo farmacêutico (Informe Cientifico do fornecedor).

Não garantimos os resultados descritos, estes variam de pessoa para pessoa dependendo de diversos fatores como alimentação, prática de exercícios físicos, presença de outras patologias, bem como, o uso correto do produto conforme descrito na posologia.

- Produto adjuvante e suplemento alimentar. A prática de atividade física regular e bons hábitos alimentares são imprescindíveis para manutenção da saúde;

- A(s) imagen(s) que indica(m) o(s) produto(s) é (são) meramente ilustrativa(s), sem nenhuma alusão técnica e/ou científica;

- De acordo com as normas da Anvisa, todo produto deve ser manipulado de acordo com o pedido do comprador, portanto será manipulado após o recebimento e aprovação do nosso farmacêutico;

- Trata-se de descrição do produto e não propaganda. Somos uma Farmácia de manipulação. Portanto, os produtos naturais anunciados neste site serão produzidos sob encomenda;

- Não faça uso de medicamentos ou produtos sem orientação de um profissional médico ou farmacêutico;

Aproveite as formas de comunicação do nosso site e saiba mais detalhes com nossa equipe farmacêutica:

Por e-mail: farmacia@oficinadeervas.com.br
Telefone: (16) 2133-4455
WhatsApp: (16) 98234-0111

- Se persistirem os sintomas, o médico ou farmacêutico deverá ser consultado;
- Evite a automedicação. O medicamento mesmo livre de obrigação de prescrição médica merece cuidado.
- As indicações postas não se tratam de propaganda, e sim de descrição do produto;
- Consulte sempre um especialista;
- As indicações dos produtos são baseadas no conhecimento científico do profissional farmacêutico e nos laudos de aquisição dos produtos junto aos fornecedores autorizados pela Anvisa.

Os medicamentos sob prescrição só serão dispensados mediante apresentação de prescrição de profissional habilitado ou cópia digital;

1- Mantenha todo e qualquer medicamento ou produtos para adultos longe do alcance de crianças;
2- Manter esse produto longe de fontes de umidade, calor, luz ou eletromagnéticas. Temperatura de melhor conservação: 15 a 30º C;
3- Não partir ou mastigar esse produto;
4- Tomar sempre com quantidades generosas de líquido;
5- Mantenha seus exames médicos em dia. A ação de fitoterápicos orais pode ser alterada em portadores de problemas de tireoide, síndrome metabólica, obesidade mórbida entre outros.
6- Exercite-se regularmente e alimente-se com bom senso. Isso garante a manutenção de sua saúde a longo prazo;
7- Não use nenhum produto com o prazo de validade vencido;
8- Mulheres grávidas ou amamentando e crianças devem consultar médico ou farmacêutico antes de utilizar este produto;
9- Os fitoterápicos, de maneira geral, possuem efeitos terapêuticos mais suaves, o que pode explicar a redução dos efeitos colaterais. Porém, alguns efeitos colaterais não descritos na literatura podem ocorrer;
10- Pessoas com hipersensibilidade às substâncias contidas na formulação não devem ingerir o produto;
11- Em caso de hipersensibilidade, recomenda- se interromper o uso e consultar o médico.

ATENÇÃO:

É permitida às farmácias e drogarias a entrega de medicamentos por via postal desde que atendidas as condições sanitárias que assegurem a integridade e a qualidade dos produtos, conforme legislação vigente.

O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário o direito à informação e orientação quanto ao uso de medicamentos solicitados por meio remoto.

RDC 44 de 17 de agosto de 2009

A dispensação de plantas medicinais é privativa das farmácias e ervanarias, observados o acondicionamento adequado e a classificação botânica e adequada orientação de profissional da saúde.

As embalagens não podem ter alegações terapêuticas.

(Lei 5991/73)

Mais Procurados