Margaridão, Titônia ou Mão-de-deus? Entenda os benefícios!

Existe planta medicinal para tratamentos contra vícios? Sim, e ela é nativa das Américas! O Margaridão Mexicano é uma flor grande e laranja, também conhecida como Titônia e Mão-de-Deus. Mas não é tão famosa quanto outras ervas apesar de seu uso tradicional para problemas gástricos e hepáticos. E será que ajuda mesmo no combate a vícios? Entenda cada benefício desta planta neste artigo!

 

Comprar Titonia/Margaridão

O que é o Margaridão?

Essa flor é nativa das Américas, em especial no México; mas já está naturalizada em vários países da África e também na Austrália. Seu nome científico é Thitonia diversifolia, da família Asteraceae, mas é bem possível que você conheça essa planta como Titônia, Margaridão, Margaridão-mexicano, Girassol-mexicano ou Mão-de-Deus. Inclusive, esses últimos nomes são bem populares — e o último, em especial, faz alusão ao seu potencial na nossa saúde em momentos difíceis, como tratamentos de dependências químicas.

Antes de falarmos sobre o uso medicinal da Titônia, vamos entender um pouco mais das características botânicas dela!

Trata-se de uma planta muito bem adaptada a climas tropicais, de fácil propagação. Por conta disso, é considerada uma planta invasora e pode se alastrar ao longo de terrenos baldios, estradas e rodovias, e campos de cultivo.

Ainda assim, a Embrapa também indica a espécie como um bom adubo natural, que pode ser usado para cobrir o solo e compostos orgânicos. Ao invés de apenas se preocuparem em eliminar a planta invasora, agricultores podem aproveitar para enriquecer o solo do próprio cultivo! Há fazendas no Quênia e na Nigéria que já usam essa técnica.

E para quem não precisa se preocupar com isso, dá ainda para usar a Titônia ou Margaridão no paisagismo, pois a espécie é muito bonita, com flores grandes e com tons de amarelo e laranja , podendo chegar até 2 metros de altura.

Tanto fazendas que manejem essa espécie quanto jardins têm outro benefício: por florir bem, a Titônia atrai abelhas e demais polinizadores! Isso é bom por si só e também vai ajudar outras plantas em volta.

Agora que você entende um pouco mais sobre a Titônia ou Margaridão, vamos desvendar os benefícios para a saúde!

 

Comprar Titonia/Margaridão

Margaridão: para que serve

Na medicina tradicional desenvolvida nos diversos países das Américas e da África, os usos comuns da Titônia envolvem alívio de dores gástricas e também dores inflamatórias; inclusive há relatos de aplicação tópica de macerações da planta. É também um recurso extra para tratamento de malária, embora seja altamente recomendável buscar atendimento médico nas unidades de saúde.

Mas o uso mais popular da Mão-de-Deus ou Margaridão é para o tratamento de vícios, em pessoas que desejam atravessar a jornada para largar certas drogas com maior facilidade. Outro lembrete importante é que o abandono de vícios envolve um tratamento multidisciplinar, com terapias e profissionais da saúde — independente da substância enfrentada!

As partes utilizadas do Margaridão são as folhas e flores, com ênfase nas folhas. Em geral, seus componentes são:

O Margaridão possui ações:

E é vendido na forma de cápsulas e tintura.

 

Comprar Titonia/Margaridão

E quais são as indicações de uso do Margaridão (Titônia)?

O Margaridão pode ser utilizado para diversas finalidades, como:

Há pesquisas promissoras que passaram a confirmar as ações anti-inflamatórias, antioxidantes e anti-maláricas dessa espécie, mas ainda são necessários mais estudos para determinar os mecanismos de ação do Margaridão e também para avaliar o uso no tratamento de dependências químicas. Esperam-se mais investimentos em pesquisas nesses países, incluindo o Brasil, para incluir essa planta em tratamentos no sistema de saúde!

O raciocínio por trás do uso dessa planta nas dependências químicas se explica pelo potencial de desintoxicação da Titônia, que ajuda o corpo a expelir substâncias tóxicas do corpo através do fígado. Isso já é um ponto positivo para o tratamento e há também outro detalhe: há medicamentos alopáticos já usados no controle e tratamento de dependência química.

Em geral, eles se dividem entre medicações aversivas e medicações substitutivas. O Margaridão pode vir a ser comparado com uma alternativa mais natural para medicações aversivas, que são administradas para provocar perda de interesse e mal-estar no uso de substâncias tóxicas.

Atenção! Seja fitoterápico ou alopático, nenhum medicamento é capaz de solucionar sozinho os vícios. É de extrema importância buscar atendimento médico para ter um tratamento completo, com acompanhamento psicoterápico (seja terapia individual e/ou em grupo) e acompanhamento individualizado sobre sua saúde fisiológica.

Se você está enfrentando esse momento ou conhece alguém que precisa de ajuda, lembre-se que é necessário paciência e buscar profissionais capacitados. Outras medidas importantes são:

Internações são alternativas seguras para buscar ajuda, já que crises de abstinência são momentos muito difíceis e recaídas provocam uma sensação de fracasso. Não esqueça que é realmente complexo superar vícios, mas não impossível! E se você ou o paciente em questão optar pela internação, isso não é outro fracasso. O importante é a saúde e o bem-estar de pacientes e seus entes queridos.

 

Dosagem usual recomendada

A dosagem usual depende do quadro da sua saúde — que tipo de condição você está buscando tratar — e a forma que você prefere consumir o Margaridão. Afinal, esta planta permite diferentes usos, por exemplo em cápsulas e tintura. E se a questão for combate aos vícios, é possível que você use outros fitoterápicos para lidar com ansiedade — então é melhor conferir qual dosagem se adequa ao seu caso.

Converse com nossos fitoterapeutas sobre seu caso e não deixe a sua saúde de lado! Entre em contato com um de nossos fitoterapeutas clicando aqui. Assim, ficará mais fácil entender como usar o Margaridão da melhor forma.

 

Comprar Titonia/Margaridão

Margaridão: efeitos colaterais e contraindicações

De modo geral, o Margaridão é bem tolerado pelo organismo, mas não há pesquisas específicas para determinar sua toxicidade e interações com demais fármacos. Por isso, é fundamental que você busque plantas e fitoterápicos de qualidade, assim como orientação de profissionais da saúde.

Efeitos colaterais, quando ocorrem, são associados ao uso excessivo e variam entre náusea, desconfortos gastrointestinais, contrações e danos ao fígado. Veja cada contraindicação abaixo: 

 

Comprar Titonia/Margaridão

Margaridão preço e onde comprar

Você pode comprar o Margaridão no nosso site, clicando aqui.

Em caso de dúvidas, você pode falar com nossos fitoterapeutas, clicando aqui.

 

Referências

https://www.embrapa.br/busca-de-noticias/-/noticia/21206624/prosa-rural---uso-do-margaridao-como-fertilizante-natural

https://hortodidatico.ufsc.br/mao-de-deus/

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0254629917307196

https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0378874117340461

https://en.wikipedia.org/wiki/Tithonia_diversifolia

https://netdiario.com.br/noticias/margaridao-uma-flor-de-muita-beleza-e-utilidades

https://hospitalsantamonica.com.br/crises-de-abstinencia-como-lidar-com-essa-situacao/

Deixe seu comentário

Escreva seu nome compelto (ex. Jane Miller)

Comentários

Veja o comentário de outros usuários e deixe o seu comentário também!

Artigo Dilênia ou Maçã de Elefante? Entenda os benefícios do uso medicinal dessa planta! 16 Jul 2024 Informativo A rinite atacou? Entenda os sintomas e como a fitoterapia pode ajudar! 04 Jul 2024 Artigo Capim-limão: benefícios e uso na aromaterapia 25 Jun 2024 Informativo Cirrose e Hepatite: é a mesma coisa? Cuide do fígado de forma mais natural 04 Jun 2024 Artigo Eucalipto: benefícios e propriedades medicinais 29 Mai 2024 Artigo Hibisco é bom para quê? Desvende os benefícios! 23 Mai 2024

Ver Outros Conteúdos