Sucupira

Conheça nossas fórmulas magistrais para Sucupira. Veja nossa lista de opções:
Chá (sementes) 30g,   Tintura 60mL,   Tintura Composta (Sucupira 30mL+ Marapuama 30mL) - 60mL,   Tintura Composta Anti-gripal (Sucupira, Guaco, Menta, Sálvia e Alfavaca) 60mL,   Xarope Composto Anti-Gripal em mel (Sucupira,Guaco, Menta, Sálvia, Alfavaca, Romã, Assa peixe e Agrião) 250mL,   60 Cápsulas Sucupira Extrato Seco 500mg,   Tintura Composta para Sinusite (Sucupira, Guaco, Menta, Sálvia, Alfavaca e Cúrcuma) 60mL,   Xarope Composto Anti-Gripal dietético em Xilitol (Sucupira,Guaco, Menta, Sálvia, Alfavaca, Romã, Assa peixe e Agrião) 250mL,   Creme de Arnica/Sucupira/Erva de Santa Maria/Óleo de Copaiba - 100g,   Spray nasal (Cúrcuma, Sucupira e Própolis) 30mL,   

Pterodon emarginatus

Família: Fabaceae

Sinonímia: Acosmium inornatum (Mohlenbr.) Yakovlev, Pterodon polygaliflorus (Benth.) Benth., Pterodon pubescens (Benth.) Benth., Sweetia inornata Mohlenbr.

Outros nomes: faveiro, fava-de-santo-inácio, fava-de-sucupira, sucupira branca, sucupira-lisa, pessoek.

Ocorrência: A sucupira (Pterodon emarginatus) ocorre no cerrado e sua transição para a floresta semidecídua da Mata Atlântica, nos estados de Minas Gerais, Mato Grosso, Tocantins, São Paulo, Goiás e Mato Grosso do Sul.
A espécie consta da lista de plantas ameaçadas do estado de São Paulo.

Características: É árvore de porte médio, de 8 a 16 metros, de copa piramidal rala. O tronco tem casca lisa branco-amarelada. As raízes formam às vezes expansões de reserva, as batatas-de-sucupira.
As folhas compostas bipinadas. Flores rosadas, em inflorescências terminais tipo panículo. A espécie Pterodon polygalaeflorus Benth., considerada por alguns autores como a mesma da P. emarginatus, ocorre mais ao norte do Brasil e tem flores azul-violeta.
Fruto tipo legume indeiscente, alado, com uma única semente protegida por cápsula fibrosa e envolta em substância oleosa numa estrutura esponjosa.
A árvore é decídua, não-pioneira, heliófita e xerófita, nativa de terrenos secos e arenosos. Apresenta dispersão descontínua, muitas vezes com populações puras.
Floresce em setembro-outubro e os frutos amdurecem em junho-julho, mas ficam mais tempo na árvore.
Retirar a semente do fruto é difícil, estes podem ser plantados inteiros. De qualquer forma, a taxa de germinação é baixa.

Usos: Fornece madeira muito dura, usada em construção civil.
Na medicina popular, seu óleo aromático volátil, produzido pela casca e pelas sementes, é utilizado contra o reumatismo. Já os nódulos da raiz, chamados de batatas-de-sucupira, são usados contra o diabetes.
Estudos farmacológicos demonstraram que o óleo dos frutos inibe a penetração pela pele da cercária da esquistossomose, podendo ser usada na profilaxia dessa endemia.

Constituintes: 14,15-epoxigeranilgeraniol, diterpenos, isoflavonas.

Parte utilizada: semente

Ação: Indicado para tratamento de dores reumáticas, artrites e dores em geral. Coadjuvante no tratamento de gripes e resfriados, amenizando as dores no corpo causados pelo vírus. Pode ser associado a outras plantas para potencializar o seu efeito analgésico e antiinflamatório.

Eliza Tomoe Harada

Comentários

Vamos lá, seja o primeiro a comentar sobre: Sucupira

Deixe seu comentário sobre:
Sucupira