Cáscara Sagrada: para regular o intestino e auxiliar no emagrecimento

Cáscara Sagrada (Rhamnus purshiana)

Nome Científico: Rhamnus purshiana D.C.

Familia: Rhamnaceae

A História da Cáscara Sagrada (Rhamnus purshiana) e suas Curiosidades

Planta conhecia também com o nome de Cáscara Santa. É originária das montanhas rochosas do Oregon, sendo também encontrada até as montanhas da Colômbia. Já era muito utilizada pelos índios americanos com finalidades terapêuticas (como regulador de intestino e para emagrecimento), sendo levada para a Europa já no final de século XIX.

Características da Cáscara Sagrada (Rhamnus purshiana)

A Cáscara Sagrada é uma arbórea decídua que pode atingir até 10 m de altura, com troncos com até 2,5m de diâmetro em árvores mais velhas. As folhas são ovaladas com nervuras bem pronunciadas, com limbo acetinado, medindo de 6 a 13 cm de comprimento. A casca é de cor marrom claro. Suas flores são pequenas de coloração verde e saem das axilas das folhas. Os frutos da Cáscara Sagrada são pequenos, de cor púrpura escuro, medindo cerca de 8 mm de diâmetro, com 2 a 3 sementes, servindo de alimentos para vários seres vivos, além de obter efeitos a nós, como auxiliar a nossa dieta de emagrecimento.

Cultivo e Colheita da Cáscara Sagrada (Rhamnus purshiana)

Não foi encontrado informações na literatura consultada sobre o cultivo e colheita de Cáscara Sagrada. Parece existir ainda um certo extrativismo das cascas de árvores nativas.

Qual parte da Cáscara Sagrada (Rhamnus purshiana) é usada

São usadas as cascas do caule e dos ramos além das raízes da Cáscara Sagrada, o que não é muito comum de ser encontrado no mercado de plantas medicinais. As cascas depois de retiradas devem ser envelhecidas pelo menos 1 ano para não apresentar cólicas como efeito colateral, ou então deixar em estufas a 100ºC por 1 hora. É muito comum encontrar vários liquens e musgos aderidos nas cascas, e normalmente são utilizados juntamente com as cascas. Isso nos faz perguntar se não poderia apresentar variações das atividades terapêuticas, como o objetivo de perder o peso.

Princípios Ativos da Cáscara Sagrada (Rhamnus purshiana)

A Derivados antracênicos (emodina), cascarosídeos A e B (glicosídeos da aloína, barbaloína, desoxibarbaloína), cascarosídeos C e D (glicosídeos da crisaloína), princípios amargos, albuminóide ramnotoxina, taninos, óleos essenciais e resinas.

Ações Farmacológicas e Indicações da Cáscara Sagrada (Rhamnus purshiana)

A atividade principal da Cáscara Sagrada está em corrigir a obstipação intestinal, através de uma ação laxativa e do aumento do tônus do cólon. Produz uma excitação intestinal leve, regulando o peristaltismo. Normalmente após 8 horas da ingestão oral, ocorre a liberação de heterosídeos através da hidrólise enzimática pela flora bacteriana. No sistema digestivo, age como laxante ou purgativo, dependendo da dosagem empregada e da sensibilidade da pessoa. Restabelece o tônus na obstipação, por liberação dos heterosídeos antracênicos no intestino grosso. Estimulante do apetite em baixas doses. Aumenta a secreção da bílis no intestino devido à contração muscular da vesícula biliar. Além disso, a Cáscara Sagrada auxilia em regimes de emagrecimento, absorvendo menos gordura e diminuindo o inchaço do corpo.

Confira a nossa Cáscara Sagrada em cápsulas, clicando aqui.

Efeitos Colaterias da Cáscara Sagrada (Rhamnus purshiana)

Dependendo da dose e da sensibilidade de cada indivíduo, pode apresentar cólicas e diarréias. Se a Cáscara Sagrada não for bem seca e envelhecida estes sintomas podem ser mais acentuados. Não usar durante a gravidez e lactancia, pode provocar cólicas no bebê. Em algumas pessoas a urina pode apresentar uma pigmentação anormal. O FDA considerou a Cáscara Sagrada como droga geralmente segura e eficaz para a variedade de tratamentos, como o emagrecimento.

Dúvidas sobre a Cáscara Sagrada?

Faça a sua pergunta para o nosso fitoterapeuta, clicando aqui.

Ademar Menezes Junior

Deixe seu comentário

Escreva seu nome compelto (ex. Jane Miller)

Comentários

Veja o comentário de outros usuários e deixe o seu comentário também!

• DARCY M E D PEREIRA
Meu filho tem 50 anos e a tempos ele sofre de prisão de ventre cronica, ele vem lutando fazendo uso de medicamentos alopaticos que não surtem efeitos para o poblema dele, ele senta no vaso mas não consegue evacuar o meu filho pratica esporte nada quase todos os dias se alimenta bem ele pesa 90kg tem 1,90 .Qual a dosagem o Sr aconselharia para o meu filho, ele já fez colonoscopia não tem nada de errado em seu intestino. Obrigada pela resposta.
⇒ Oficina de Ervas: Olá Darcy. Se o organismo dele não funciona mais com os medicamentos alopáticos, significa que ele se acostuma rápido e para de fazer efeito. Essa planta não é tão forte quanto os medicamentos alopáticos, mas pode ser que funcione se ele fizer alternância entre os medicamentos. O uso contínuo de produtos laxantes leva ao problema crônico que é o estado que ele se encontra hoje. Para te orientar, peço que entre em contato com nossos fitoterapeutas e informe que medicamentos ele usa, que alimentos costuma comer, se ele tem problema de estresse ou outro problema emocional. Assim poderemos dar orientação. Se preferir, peça que ele mesmo entre em contato conosco. Deixo aqui o e-mail farmacia@oficinadeervas.com.br ou pelo whatsapp (16) 98234-0111. Estamos à disposição.


• Ambrosio
Gostei da fórmula: cascata sagrada, sene, maracujá etc. de 52
⇒ Oficina de Ervas: Olá, Ambrósio. Caso queira comprar a fórmula pelo site, deixo abaixo o link: https://www.oficinadeervas.com.br/cascara-sagrada Se precisar de qualquer orientação ou informação, entre em contato com nossos fitoterapeutas pelo link abaixo: https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta Estamos à disposição.


Artigo Dilênia ou Maçã de Elefante? Entenda os benefícios do uso medicinal dessa planta! 16 Jul 2024 Informativo A rinite atacou? Entenda os sintomas e como a fitoterapia pode ajudar! 04 Jul 2024 Artigo Margaridão, Titônia ou Mão-de-deus? Entenda os benefícios! 28 Jun 2024 Artigo Capim-limão: benefícios e uso na aromaterapia 25 Jun 2024 Informativo Cirrose e Hepatite: é a mesma coisa? Cuide do fígado de forma mais natural 04 Jun 2024 Artigo Eucalipto: benefícios e propriedades medicinais 29 Mai 2024

Ver Outros Conteúdos