Flor de São João

Preço Especial A partir de R$ 33,00

Disponível

Resumo:

Flor de São João para tratamento de vitiligo. Pague em até 6 x s/juros, Aproveite!
Ver descrição completa

Fórmula Magistral Unitário Quantidade  

Creme 50g a 20%

R$ 33,00  

Tintura 60mL

R$ 38,00  

Creme 100g a 20%

R$ 43,00  

Tintura 60mL (Kit com 2 frascos)

R$ 76,00
R$ 66,60
 

 

Veja para que serve Flor de São João

Flor de São João (Pyrostegia venusta)

AÇÃO E INDICAÇÃO:

Para tratamento de vitiligo.

As propriedades da Flor de São João (ou Cipó de São João) medicinais são imensas, tendo-se verificado resultados positivos no tratamento do vitiligo.

Mama-cadela, também conhecida como algodão-do-campo, é uma planta comum no oeste do Brasil e também é utilizado no tratamento de doenças que causam despigmentação, tal como o vitiligo.

FORMAS UTILIZADAS:

- Tintura (liquido).

- Cremes

Orientações de uso da Flor de São João:

Tintura para adultos: dose de 0,5 gota/kg/dia. Tomar diluídas em água 1 x ao dia em jejum.

Fazer intervalo após 60 dias de uso contínuo.

Creme: usar somente de noite. Lavar a pele pela manhã e não pode tomar sol porque pode provocar queimaduras por ser fotossensibilizante. Usar protetor solar.

Benefícios da Flor de São João para Vitiligo

A Flor de São João ou Flor do Cipó de São João é uma planta muito conhecida pelo seu uso para vitiligo. É encontrada em cercas e beiras de estrada e fica bem característica quando floresce, pois suas flores são abundantes e de uma cor laranja muito forte. Ela também é conhecida por outros nomes populares, como cipó-vermelho, cipó-de-fogo, cipó-bela-flor, cipó-de-lagarto e marquesa das belas. Neste artigo, vamos ver quais são os benefícios da Flor de São João e como usá-la para vitiligo.

Características da Flor de São João

A Flor de São João é uma trepadeira encontrada na região do cerrado brasileiro, classificada botanicamente como uma liana de porte mediano. Tem como característica uma exuberante floração laranja avermelhada e, por isso, também é utilizada como planta ornamental. Seu nome científico é Pyrostegia venusta (Ker-Gawler) Miers e pertence à família Bignoniaceae

Sinônimos botânicos: Bignonia ignea Vell., Bignonia tecomaeflora Rusby, Bignonia venusta Ker Gawl., Pyrostegia acuminata Miers, Pyrostegia dichotoma Miers ex K. Schum., Pyrostegia ignea (Vell.) C. Presl, Pyrostegia intaminata Miers, Pyrostegia pallida Miers, Pyrostegia parvifolia Miers, Pyrostegia reticulata Miers.

Nomes estrangeiros: bignonia de invierno, liana de llama, trompetero naranja, flame flower, flame vine, orange creeper, orange trumpet creeper, orange trumpet vine.

O que é Vitiligo e Leucoderma?

O vitiligo é uma condição caracterizada por lesões cutâneas de hipopigmentação, ou seja, manchas brancas na pele com uma distribuição característica. O tamanho e localização das manchas é variável, mas acontecem seguindo alguns padrões. As lesões formam-se devido à diminuição ou à ausência de melanócitos (células responsáveis pela formação da melanina, pigmento que dá cor à pele) nos locais afetados. As causas da doença ainda não estão claramente estabelecidas, mas fenômenos autoimunes parecem estar associados ao vitiligo. Além disso, alterações ou traumas emocionais podem estar entre os fatores que desencadeiam ou agravam a doença. (Leia mais sobre o Vitiligo clicando aqui)

A leucoderma apresenta sintomas que podem incluir perda de cabelo, envelhecimento prematuro do cabelo e manchas brancas. A brancura geralmente aparece como uma pequena mancha descolorida/ branca pálida ou marrom, que mais tarde se espalha em tamanho. As manchas tornam-se mais claras dia após dia e, finalmente, ficam de cor branca leitosa.

Flor de São João: benefícios e para que serve

Flor de Sao Joao

As flores Cipó-de-São-João são utilizadas na medicina popular para tratamento de manchas brancas no corpo (leucoderma, vitiligo). As partes utilizadas são as flores, que contêm os seguintes ativos:

  • b-sitosterol
  • n-hentriacontano (n-C31H64)
  • 7-O-b-D-glicopiranosilacacetina
  • meso-inositol (myo-inositol)

Pesquisas in vitro mostraram que o extrato da flor de São João aumenta a produção de melanina. Foram confirmandos diferentes efeitos tópico e sistêmico através dos modelos animais, que beneficiam a pele devido às seguintes ações:

  • Anti-inflamatória
  • Hiperpigmentante
  • Cicatrizante de feridas
  • Antimicrobiana

Ela também é utilizada no tratamento de outras doenças como:

  • diarreia
  • bronquite
  • resfriado
  • icterícia
  • infecções
  • reumatismo
  • asma
  • retenção de líquido

As folhas e raízes da planta também possuem benefícios, mas não ajudam em casos de vitiligo. As folhas possuem flavonoides com atividade antioxidante e estudos in vitro do extrato da folha apresentaram potencial de combate à células tumorais.

Efeitos colaterais e toxicidade da Flor de São João

Já foi relatado hepatotoxicidade em uso prolongado e/ou em altas doses, por isso, é importante fazer uma pausa depois de 60 dias de uso interno contínuo. A planta também possui um efeito fotossensibilizante e, portanto, a exposição ao sol deve ser evitada logo após o uso tópico para evitar queimaduras.

Como usar a Flor de São João

A Flor de São João pode ser ingerida na forma de tintura ou usada externamente na forma de creme. Veja abaixo como utilizar a Flor de São João para vitiligo:

Uso interno

A dose da tintura para uso interno é de 0,5 gota/ kg/ dia, ou seja, meia gota por quilo por dia. Então se o paciente pesa 50kg, ele deve tomar 25 gotas por dia. A ingestão das gotas é feita em uma dose única de manhã em jejum. A cada 60 dias, é preciso fazer um intervalo no tratamento, onde o paciente pode utilizar outras plantas para vitiligo, como a Mama-cadela.

Uso externo

O creme de Flor de São João pode ser usado sozinho ou junto com o tratamento de uso interno. O creme deve ser aplicado somente à noite e deve ser lavado pela manhã. É essencial usar protetor solar e evitar a exposição ao sol pela manhã, porque a pele estará sensível aos raios solares, o que pode causar sensibilidade e queimaduras.

Onde comprar Flor de São João

Você pode comprar a Flor de São João, tanto em tintura quanto em creme, no nosso site mesmo. É só clicar aqui!

 

Bibliografia

Estudo Químico-Biológico de Pyrostegia venusta (Bignoniaceae) https://repositorio.ufes.br/handle/10/4705

ESTUDO DA ESTABILIDADE DE PRÉ-FORMULAÇÕES DERMATOLÓGICAS POR EXTRAÇÃO ETANÓLICA EMPREGANDO A Pyrostegia venusta. https://cepein.femanet.com.br/BDigital/arqPics/1611430103P905.pdf

AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE CITOTÓXICA IN VITRO DE Pyrostegia venusta (Ker Gawl.) Miers. https://bdm.ufmt.br/bitstream/1/1395/1/TCC-2018-CAROLINE%20DE%20JESUS%20SILVA.pdf

Avaliação pré-clínica do extrato hidroetanólico da Pyrostegia venusta no tratamento do vitiligo. https://acervodigital.ufpr.br/handle/1884/40874

https://www.plantamed.com.br/plantaservas/especies/Pyrostegia_venusta.htm

http://www.minutoenfermagem.com.br/postagens/2016/01/27/leucoderma/#:~:text=Os%20sintomas%20da%20Leucoderma%20podem,tarde%20se%20espalha%20em%20tamanho.

https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/doencas-e-problemas/vitiligo/21/

https://ebramec.edu.br/brasileira-fitoterapia-flor-sao-joao/

Flor de São João para tratamento de vitiligo. Pague em até 6 x s/juros, Aproveite!

Flor de sao joao  Vitiligo  Flor de sao joao  Cipo de sao joao  Cipo sao joao  Pyrostegia venusta  Manchas  Kit vitiligo  Leucoderma  Mancha branca  Cipo de fogo 

Deixe sua avaliação

Avaliações de clientes reais

Os resultados e indicações referentes ao uso desse produto foram avaliados e comprovados pelo fabricante deste insumo farmacêutico (Informe Cientifico do fornecedor).

Não garantimos os resultados descritos, estes variam de pessoa para pessoa dependendo de diversos fatores como alimentação, prática de exercícios físicos, presença de outras patologias, bem como, o uso correto do produto conforme descrito na posologia.

- Produto adjuvante e suplemento alimentar. A prática de atividade física regular e bons hábitos alimentares são imprescindíveis para manutenção da saúde;

- A(s) imagen(s) que indica(m) o(s) produto(s) é (são) meramente ilustrativa(s), sem nenhuma alusão técnica e/ou científica;

- De acordo com as normas da Anvisa, todo produto deve ser manipulado de acordo com o pedido do comprador, portanto será manipulado após o recebimento e aprovação do nosso farmacêutico;

- Trata-se de descrição do produto e não propaganda. Somos uma Farmácia de manipulação. Portanto, os produtos naturais anunciados neste site serão produzidos sob encomenda;

- Não faça uso de medicamentos ou produtos sem orientação de um profissional médico ou farmacêutico;

Aproveite as formas de comunicação do nosso site e saiba mais detalhes com nossa equipe farmacêutica:

Por e-mail: farmacia@oficinadeervas.com.br
Telefone: (16) 2133-4455
WhatsApp: (16) 98234-0111

- Se persistirem os sintomas, o médico ou farmacêutico deverá ser consultado;
- Evite a automedicação. O medicamento mesmo livre de obrigação de prescrição médica merece cuidado.
- As indicações postas não se tratam de propaganda, e sim de descrição do produto;
- Consulte sempre um especialista;
- As indicações dos produtos são baseadas no conhecimento científico do profissional farmacêutico e nos laudos de aquisição dos produtos junto aos fornecedores autorizados pela Anvisa.

Os medicamentos sob prescrição só serão dispensados mediante apresentação de prescrição de profissional habilitado ou cópia digital;

1- Mantenha todo e qualquer medicamento ou produtos para adultos longe do alcance de crianças;
2- Manter esse produto longe de fontes de umidade, calor, luz ou eletromagnéticas. Temperatura de melhor conservação: 15 a 30º C;
3- Não partir ou mastigar esse produto;
4- Tomar sempre com quantidades generosas de líquido;
5- Mantenha seus exames médicos em dia. A ação de fitoterápicos orais pode ser alterada em portadores de problemas de tireoide, síndrome metabólica, obesidade mórbida entre outros.
6- Exercite-se regularmente e alimente-se com bom senso. Isso garante a manutenção de sua saúde a longo prazo;
7- Não use nenhum produto com o prazo de validade vencido;
8- Mulheres grávidas ou amamentando e crianças devem consultar médico ou farmacêutico antes de utilizar este produto;
9- Os fitoterápicos, de maneira geral, possuem efeitos terapêuticos mais suaves, o que pode explicar a redução dos efeitos colaterais. Porém, alguns efeitos colaterais não descritos na literatura podem ocorrer;
10- Pessoas com hipersensibilidade às substâncias contidas na formulação não devem ingerir o produto;
11- Em caso de hipersensibilidade, recomenda- se interromper o uso e consultar o médico.

ATENÇÃO:

É permitida às farmácias e drogarias a entrega de medicamentos por via postal desde que atendidas as condições sanitárias que assegurem a integridade e a qualidade dos produtos, conforme legislação vigente.

O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário o direito à informação e orientação quanto ao uso de medicamentos solicitados por meio remoto.

RDC 44 de 17 de agosto de 2009

A dispensação de plantas medicinais é privativa das farmácias e ervanarias, observados o acondicionamento adequado e a classificação botânica e adequada orientação de profissional da saúde.

As embalagens não podem ter alegações terapêuticas.

(Lei 5991/73)

Mais Procurados