2021-08-25

Erva Doce: para que serve e benefícios da planta

Erva Doce Kampo de ErvasA erva doce é uma velha conhecida na culinária por sempre aparecer em receitas de bolo para o café da tarde. O nome científico desta planta é Pimpinella anisum, da família das Apiaceae, e é também conhecida simplesmente por anis. Mas cuidado para não confundir com anis estrelado! Os nomes podem ser semelhantes, mas suas formas são bem diferentes. Ela também pode ser confundida com o funcho, uma vez que as sementes do funcho são parecidas — porém maiores.

A planta é cultivada em diversos países tanto na Europa, incluindo o Mediterrâneo, quanto Oriente Médio, Ásia e América Latina. Apesar de já ter se adaptado ao Brasil, ainda importamos a erva doce de outros países produtores. Sua história é antiga, pois há citações de uso da erva doce em um papiro egípcio — O Papiro de Ebers — mas também aparece na Grécia e em Roma durante a Antiguidade Clássica. Além de utilizada na culinária e na produção de licores, a fragrância da erva doce também é usada em cosméticos, como sabonete.

Erva doce planta flor

Erva doce: para que serve

A erva doce tem inúmeros benefícios e você já deve conhecer a sensação de alívio no estômago em chás quentinhos, que até dá sono, não é? Aqui, vamos tratar com mais detalhes sobre as suas qualidades e componentes.

As partes utilizadas são suas sementes, tanto para culinária quanto para a produção de óleos essenciais. No entanto, pode-se também utilizar as folhas da erva doce na cozinha, principalmente para conferir aquele sabor característico da erva-doce, mas com uma intensidade mais suave. Ela tem inúmeros componentes, por exemplo:

  • Flavonoides
  • Ácidos graxos
  • Estragol
  • Eugenol trans-anetol
  • Açúcares
  • Pectina

 

A erva doce possui muitas ações, como:

  • Antioxidante
  • Antibacteriano
  • Antifúngico
  • Antiviral
  • Anticonvulsivo
  • Antiespasmódico
  • Analgésico
  • Anti-inflamatório
  • Antiulcerogênico
  • Laxativo
  • Hipoglicêmicos
  • Galactagogo

 

E ela é vendida na forma de chá (as sementinhas) e de tintura (extrato líquido).

 

E quais são as indicações de uso da erva doce?

Como você acabou de conferir, a erva doce tem muitas ações, por consequência, ela também tem várias indicações de uso. Ressaltamos aqui as principais!

 

E, já que tem efeito antioxidante, retarda o envelhecimento celular e chance de aparecimento de doenças degenerativas. A erva doce também é utilizada no tratamento de diarréia por comunidades mais vulneráveis que não têm acesso pleno à medicina convencional ou saneamento básico de qualidade.

 

Erva doce: efeitos colaterais e contraindicações

Não existem contraindicações da erva doce ou relatos de reações adversas graves. Ainda assim, recomenda-se que a erva doce não seja consumida em excesso para não desencadear náuseas, vômitos ou quaisquer outras reações alérgicas em pessoas com sensibilidade.

 

Dosagem usual recomendada

O mais comum é tomar chá para dores no estômago, tanto que o chá de erva doce chega a ser oferecido para aliviar cólicas de bebês. No entanto, não recomenda-se a ingestão de chás para bebês até seis meses de idade, uma vez que ervas podem desencadear reações alérgicas e o sistema imunológico do bebê ainda não é forte o suficiente. Depois dos seis meses de idade, o bebê poderá aproveitar os benefícios do chá de erva doce desde que diluídos e sem adoçar!

Não existem informações suficientes sobre a segurança de se consumir erva doce durante a gravidez, mas o consumo leve em chás e na alimentação prova-se até então seguro. Alerta-se, no entanto, que o consumo concentrado em óleos essenciais deve ser evitado pela possibilidade de relaxamento do útero.

Para adultos, a dosagem usual de tintura de erva doce é de 30 gotas, tomada 3 vezes ao dia. É aconselhável diluir as gotas em um pouco de água morna para que o álcool evapore antes de ingerir.

 

Erva doce: preço e onde comprar

Você pode comprar a Erva Doce no nosso site, clicando aqui.

Em caso de dúvidas, você pode falar com nossos fitoterapeutas, clicando aqui.

Semente de erva doce

Bibliografia

https://www.atenaeditora.com.br/post-artigo/16442

https://editoraverde.org/gvaa.com.br/revista/index.php/RVADS/article/view/3408/3364

https://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciHealthSci/article/view/1579/931

https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0308814603000980

https://benthamopen.com/contents/pdf/TONUTRAJ/TONUTRAJ-6-1.pdf

https://www.intechopen.com/chapters/61138#B58

https://downloads.hindawi.com/archive/2012/510795.pdf

https://revistacrescer.globo.com/Colunistas/Dra-Liliane-Oppermann/noticia/2019/05/bebes-podem-tomar-cha.html

https://iranmedicalherb.com/anise-aniseed/

https://en.wikisource.org/wiki/1911_Encyclopædia_Britannica/Anise

Comentários

Vamos lá, seja o primeiro a comentar sobre: Erva Doce: para que serve e benefícios da planta

Deixe seu comentário sobre:
Erva Doce: para que serve e benefícios da planta