Basilicão / Manjericão / Alfavaca

Preço Especial A partir de R$ 7,20

Disponível

Resumo:

Pague em até 6 x s/juros, Aproveite! Basilicão / Manjericão / Alfavaca (Ocimum basilicum) AÇÃO E INDICAÇÃO: Possui ação hepatoprotetora e digestiva. Indicado
Ver descrição completa

Fórmula Magistral Unitário Quantidade  

Chá orgânico 30g

R$ 7,20  

Tintura 60mL

R$ 33,00  

Óleo Essencial 10mL

R$ 39,00  

Spray Amb. Limpeza (O.E. Alecrim/Arruda/Guiné/Manjericão) 120mL

R$ 40,00  

90 cápsulas de 350mg

R$ 42,00  

 

Veja para que serve Basilicão / Manjericão / Alfavaca

Basilicão / Manjericão / Alfavaca (Ocimum basilicum)

AÇÃO E INDICAÇÃO:
Possui ação hepatoprotetora e digestiva.
Indicado também para afecções das vias respiratórias e dores de cabeça.

FORMAS UTILIZADAS:
- Chá (rasura)
- Óleo Essencial
- Tintura (líquido)
- Cápsula (Pó)

Basilicão

Manjericão / Alfavaca (Ocimum basilicum)

Eis aqui uma planta difícil de se falar, pois como a menta, este gênero possui muitas espécies, e estas espécies têm muitas variedades, e se cruzam com muita facilidade umas com as outras. E isto se torna muito difícil na hora de identificações. E para piorar a situação, os nomes populares são comuns para plantas diferentes, e em outros casos, são diferentes nomes para a mesma planta.

Só para ter uma idéia, nomes como manjericão, manjerona, alfavaca, alfavaquinha, alfavacão, entre outros, são muito comuns de encontrar neste universo do gênero Ocimum. O nome basilicum vem do grego, basilikós, que significa principesco, daí surgiu o termo erva rainha. Na Grécia, a sua colheita seguia um ritual. Dizem que antes de tocar na planta, a mão direita tinha de ser purificada com folhas de carvalho e a mão esquerda tinha de ser lavada em três fontes diferentes.

A origem do manjericão parece que está bem definida. Foram os hindus os primeiros a cultivar o manjericão, depois foi levado para o Egito e se espalhou juntamente com os povos gregos. Da Grécia o manjericão seguiu de carona juntamente com o Império Romano, e se alastrou por praticamente toda a Europa.

O manjericão é muito rico em princípios ativos, sendo que o óleo é o composto mais importante. Substâncias como metil-cravicol, linalol, cineol, cânfora, eugenol, timol, citral, entre outras, são as encontradas no óleo essencial, e dependendo da presença e da quantidade destas substâncias, será o fator determinante da qualidade e conseqüentemente do preço da planta.

O manjericão possui ação carminativa e digestiva. Pode ser empregado em bochechos para mau hálito e para gargarejo em infecção de garganta. Para resfriados, gripes, fadiga e debilidade geral. Também possui ação galactagoga, ou seja, estimula o aumento da produção de leite. É utilizado juntamente com a belladona, para tratamentos de furúnculos já há muitas décadas, com um sucesso incrível.

Esta talvez seja uma das ervas mais empregadas e mais saborosas a ser utilizada como condimento. Praticamente vai bem em qualquer prato, desde sopas, carnes, molhos, pizzas até patês e bebidas. Talvez seja um dos condimentos que mais caracteriza a culinária italiana. E já que estamos falando em pratos italianos vamos aprender a preparar um delicioso molho Pesto. Pegue um punhado de folhas de manjericão genovês frescas e coloque em um processador ou em um liquidificador. Na Itália é comum amassar as folhas de manjericão em um pilão de mármore, mas como não temos este luxo, usamos um processador mesmo. Coloque também alguns dentes de alho, sal, um punhado de pinholes italianos, que podem ser substituídos por amêndoas ou nozes ou até mesmo por castanha de caju. Depois de tudo bem batido acrescente queijo parmesão ou pecorino ralado. Bata novamente. Quando a sua pasta (qualquer tipo de massa ou macarrão) já estiver cozida al dente coloque em uma frigideira com bastante azeite e coloque uma a duas colheres deste molho pesto. Mexa bem e sirva bem quente acompanhado com um bom vinho tinto seco. Este molho também pode ser servido como um patê, só que ele se oxida muito rapidamente, ficando de coloração escura. Se for fazer para usar mais tarde, cubra-o com um filme de azeite. Não tenha dó de usar azeite no molho pesto. Quanto mais, melhor. Bom apetite.


Ademar Menezes Junior

Pague em até 6 x s/juros, Aproveite! Basilicão / Manjericão / Alfavaca (Ocimum basilicum) AÇÃO E INDICAÇÃO: Possui ação hepatoprotetora e digestiva. Indicado

Basilicão  Manjericão  Alfavaca  Ocimum basilicum  Digestivo  Digestão  Hepatoprotetora  Dor de cabeça  Problemas respiratórios  Energizante  Refrescante  Galactagoga  Lactação 

Deixe sua avaliação

Avaliações de clientes reais

Os resultados e indicações referentes ao uso desse produto foram avaliados e comprovados pelo fabricante deste insumo farmacêutico (Informe Cientifico do fornecedor).

Não garantimos os resultados descritos, estes variam de pessoa para pessoa dependendo de diversos fatores como alimentação, prática de exercícios físicos, presença de outras patologias, bem como, o uso correto do produto conforme descrito na posologia.

- Produto adjuvante e suplemento alimentar. A prática de atividade física regular e bons hábitos alimentares são imprescindíveis para manutenção da saúde;

- A(s) imagen(s) que indica(m) o(s) produto(s) é (são) meramente ilustrativa(s), sem nenhuma alusão técnica e/ou científica;

- De acordo com as normas da Anvisa, todo produto deve ser manipulado de acordo com o pedido do comprador, portanto será manipulado após o recebimento e aprovação do nosso farmacêutico;

- Trata-se de descrição do produto e não propaganda. Somos uma Farmácia de manipulação. Portanto, os produtos naturais anunciados neste site serão produzidos sob encomenda;

- Não faça uso de medicamentos ou produtos sem orientação de um profissional médico ou farmacêutico;

Aproveite as formas de comunicação do nosso site e saiba mais detalhes com nossa equipe farmacêutica:

Por e-mail: farmacia@oficinadeervas.com.br
Telefone: (16) 2133-4455
WhatsApp: (16) 98234-0111

- Se persistirem os sintomas, o médico ou farmacêutico deverá ser consultado;
- Evite a automedicação. O medicamento mesmo livre de obrigação de prescrição médica merece cuidado.
- As indicações postas não se tratam de propaganda, e sim de descrição do produto;
- Consulte sempre um especialista;
- As indicações dos produtos são baseadas no conhecimento científico do profissional farmacêutico e nos laudos de aquisição dos produtos junto aos fornecedores autorizados pela Anvisa.

Os medicamentos sob prescrição só serão dispensados mediante apresentação de prescrição de profissional habilitado ou cópia digital;

1- Mantenha todo e qualquer medicamento ou produtos para adultos longe do alcance de crianças;
2- Manter esse produto longe de fontes de umidade, calor, luz ou eletromagnéticas. Temperatura de melhor conservação: 15 a 30º C;
3- Não partir ou mastigar esse produto;
4- Tomar sempre com quantidades generosas de líquido;
5- Mantenha seus exames médicos em dia. A ação de fitoterápicos orais pode ser alterada em portadores de problemas de tireoide, síndrome metabólica, obesidade mórbida entre outros.
6- Exercite-se regularmente e alimente-se com bom senso. Isso garante a manutenção de sua saúde a longo prazo;
7- Não use nenhum produto com o prazo de validade vencido;
8- Mulheres grávidas ou amamentando e crianças devem consultar médico ou farmacêutico antes de utilizar este produto;
9- Os fitoterápicos, de maneira geral, possuem efeitos terapêuticos mais suaves, o que pode explicar a redução dos efeitos colaterais. Porém, alguns efeitos colaterais não descritos na literatura podem ocorrer;
10- Pessoas com hipersensibilidade às substâncias contidas na formulação não devem ingerir o produto;
11- Em caso de hipersensibilidade, recomenda- se interromper o uso e consultar o médico.

ATENÇÃO:

É permitida às farmácias e drogarias a entrega de medicamentos por via postal desde que atendidas as condições sanitárias que assegurem a integridade e a qualidade dos produtos, conforme legislação vigente.

O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário o direito à informação e orientação quanto ao uso de medicamentos solicitados por meio remoto.

RDC 44 de 17 de agosto de 2009

A dispensação de plantas medicinais é privativa das farmácias e ervanarias, observados o acondicionamento adequado e a classificação botânica e adequada orientação de profissional da saúde.

As embalagens não podem ter alegações terapêuticas.

(Lei 5991/73)

Mais Procurados