Nome Científico: Cuphea balsamona / C. spp
Familia: Lythraceae

Histórico e Curiosidades: Também conhecida como guanxuma vermelha. Planta orinária da América do Sul, sendo muito encontrada no Brasil. Já encontrei pessoas utilizando para pressão alta no litoral norte de São Paulo na forma de chá, nascendo no meio das pedras do calçamento de Ouro Preto e nos brejos de uma fazenda em São Sebastião do Paraíso, em Minas. Planta pouco estudada, mas muito empregada pelos raizeiros e pela população para problemas do sangue de uma forma geral. Fez parte da listagem da antiga CEME.

Botânica: Planta de pequeno porte, chega a no máximo 60 ou 70cm de altura, e com muita facilidade de dispersão. Suas folhas são pequenas, com cerca de 1 cm de comprimento, de verde claro, áspera ao tato, pilosas. Seu caule chega a ficar bem lenhoso, apesar de seu porte baixo, e pode se tornar uma planta semi-perene. Suporta bem o corte, tendo espécimes com mais de 5 anos de colheita. Suas flores são pequenas e de coloração rosa claro. Produz uma grande quantidade de sementes, que caindo ao solo germinam rapidamente

Cultivo e Colheita: Cultivo muito fácil, pode ser realizado por semeadura, mas temos dificuldade em coletar as sementes. Pode ser realizado por estaquia, mas também não é usual. O que normalmente se faz é arrancar as mudinhas que surgem em grande quantidade ao pé da planta mãe e replanta-las no terreno definitivo. Planta-se espaçadas uma da outra cerca de uns 20 a 25 cm. Pode-se plantar em terreno plano ou de preferência em canteiros. Colhem-se os ramos, com podas não muito drásticas, e coloca-se para secar. Processo de secagem é muito rápido

Parte Utilizada: Utiliza-se a planta toda. Mas em cultivos o caule vai ficando muito lenhoso, sendo que nestes casos recomendam-se somente as folhas e os ramos mais finos.

Princípios Ativos: Pouco estudada, não sabemos muito a respeito de sua composição química.

Ação Farmacológica e Indicações: No sistema cardio-circulatório, age como hipotensora nos casos de hipertensão arterial leve a moderada, e sedativa do coração. Já no sistema reprodutor age como anti-sifilítica e outras doenças venéreas, principalmente na fase crônica. Possui ação antiinflamatória e anti-reumática, elimina o excesso de ácido úrico na gota. Pode fazer parte do tratamento de doenças de pele como psoríase. Parece ter uma ação depurativa leve. Ajuda também a controlar estados de diarréia.

Efeitos Colaterias: Não existem informações na literatura, mas evitar o uso na gravides, lactação e crianças menores de 7 anos por falta de estudos.  


Ademar Menezes Junior

Deixe seu comentário

Escreva seu nome compelto (ex. Jane Miller)

Comentários

Veja o comentário de outros usuários e deixe o seu comentário também!

• Marcio
Eu gostaria de saber aonde eu poderia comprar sementes da erva Sete Sangrias. Obrigado
⇒ Oficina de Ervas: Olá Márcio. Não conheço ninguém que comercialize sementes de sete sangrias. Por se tratar de uma erva considerada daninha, não há comercialização. Estamos à disposição para qualquer dúvida.


• Sonia
Olá essa planta serve para má circulação sanguínea periférica Se puderem me ajudar desde já agradeço 😃
⇒ Oficina de Ervas: Olá Sônia. Essa planta é para controlar a pressão arterial. O problema de má circulação periférica pode ser controlado com o Ginkgo biloba ou Melilotus. Para avaliar seu caso, entre em contato com nossos fitoterapeutas e informe sua idade, que medicamentos toma, que sintomas apresenta. Estamos no seu aguardo.


• Noemia
Boa tarde queria saber onde encontrar a sete sagria .pq não quero tomar remédio alopaticos então estou a procura minha presao está alta .
⇒ Oficina de Ervas: Olá Noemia, Você pode adquirir a Sete Sangrias clicando no link abaixo ou pelo WhatsApp (16)9.8234.0111: https://www.oficinadeervas.com.br/sete-sangrias Para mais orientações entre contato com nossos fitoterapeutas pelo WhatsApp ou pelo link abaixo: https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta/ Estamos à disposição.


Informativo A rinite atacou? Entenda os sintomas e como a fitoterapia pode ajudar! 04 Jul 2024 Artigo Margaridão, Titônia ou Mão-de-deus? Entenda os benefícios! 28 Jun 2024 Artigo Capim-limão: benefícios e uso na aromaterapia 25 Jun 2024 Informativo Cirrose e Hepatite: é a mesma coisa? Cuide do fígado de forma mais natural 04 Jun 2024 Artigo Eucalipto: benefícios e propriedades medicinais 29 Mai 2024 Artigo Hibisco é bom para quê? Desvende os benefícios! 23 Mai 2024

Ver Outros Conteúdos