Novo estudo revela que esse tipo de alimentação (Dieta do Mediterrâneo) pode trazer benefícios para funções cognitivas e memória.

Por: Carolina Melo 12/05/2015

http://veja.abril.com.br/noticia/saude/dieta-mediterranea-faz-bem-ao-cerebro

Não é novidade que a dieta mediterrânea faz bem. Desde a década de 80, inúmeras pesquisas comprovam seus efeitos positivos para a saúde, como a capacidade de prevenir contra diabetes, colesterol ruim e câncer. Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade Hospital Clinic, em Barcelona, porém, mostrou que os benefícios do estilo alimentar vai além. O trabalho, publicado nesta semana na revista científica The Journal of American Medical Association (Jama), revelou que a dieta também pode ser benéfica para o cérebro, melhorando funções cognitivas e prevenindo contra a perda de memória.

Durante o experimento, 447 homens e mulheres, com idade entre 55 e 80 anos, tiveram de adotar novos hábitos alimentares durante quatro ano. Um primeiro grupo seguiu a dieta mediterrânea utilizando um litro de azeite de oliva por semana. Um segundo grupo adotou o mesmo tipo de dieta, mas utilizando outro alimento - 30 gramas de nozes por dia. Um último grupo seguiu uma dieta com baixo teor de gordura. Todas as pessoas eram saudáveis, mas com histórico familiar de problemas cardíacos na família.

O estudo analisou o efeito da alimentação de cada grupo ao pedir para que todos eles realizassem testes cognitivos. Os dois grupos que adotaram a dieta mediterrânea tiveram melhor desempenho nas atividades em comparação ao grupo que fez uma dieta com baixo teor de gordura. Aqueles que consumiram mais azeite de oliva tiveram mais sucesso nos testes de memória e os que se alimentaram de nozes apresentaram resultados positivos nas funções executivas do cérebro, como planejamento de atividades complexas. Em contrapartida, o grupo que não adotou a dieta mediterrânea mostrou enfraquecimento em algumas medidas cognitivas.

Composta por alimentos típicos das regiões banhadas pelo mar mediterrâneo (sul da Europa, norte da África e sudoeste da Ásia), a dieta tem o azeite como principal fonte de gordura e é rica em alimentos de origem vegetal, como pão, massas, hortaliças, legumes e fruta fresca. Diz o nutrólogo Daniel Magnoni, do Hospital do Coração, em São Paulo: "Essa dieta faz parte do estilo de vida mediterrâneo, que não incorpora somente os hábitos alimentares, mas uma rotina menos agitada, na qual as refeições são realizadas em um ritmo mais lento". Além disso, é comum que essas pessoas realizem exercícios físicos moderados diariamente, como uma caminhada com duração de 30 minutos. Não resta a menor dúvida de que o estilo mediterrâneo faça bem à saúde.

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25961184

Deixe seu comentário

Escreva seu nome compelto (ex. Jane Miller)

Comentários

Veja o comentário de outros usuários e deixe o seu comentário também!

• Cecilia Silva Scarole
ADOARO SSSA DIETA
⇒ Oficina de Ervas: Oi Cecília. Essa dieta é muito boa mesmo. Que bom que você gosta! É uma forma de cuidar da saúde de forma natural.


Informativo A rinite atacou? Entenda os sintomas e como a fitoterapia pode ajudar! 04 Jul 2024 Artigo Margaridão, Titônia ou Mão-de-deus? Entenda os benefícios! 28 Jun 2024 Artigo Capim-limão: benefícios e uso na aromaterapia 25 Jun 2024 Informativo Cirrose e Hepatite: é a mesma coisa? Cuide do fígado de forma mais natural 04 Jun 2024 Artigo Eucalipto: benefícios e propriedades medicinais 29 Mai 2024 Artigo Hibisco é bom para quê? Desvende os benefícios! 23 Mai 2024

Ver Outros Conteúdos