É fácil identificar a pessoa do tipo Chicory. Quando criança percebemos isso desde o berço porque estão sempre chamando a atenção da família, com lágrimas de contrariedade quando deixadas sozinhas. Crescendo, e constatando que as lágrimas já não tem resultados, recorrem a truques novos. Usam de todos os recursos, da lisonja à vontade de ajudar, e até ficando doente e valendo-se de extorsões: "Farei os deveres de casa, mas só se não tiver de ir à aula de inglês amanhã."

Chicory é um estado de alma negativo, que não pode passar despercebido, e esgota as energias de todos.
A pessoa adulta no estado negativo é possessiva e não perde de vista nenhum dos seus, sejam filhos, amigos ou cônjuge; deseja sempre o melhor para todos, controlando suas vidas da maneira que ela acha mais correto, sofre muito quando alguém reclama desse controle. Às vezes fica doente, pois é carente de carinho; tem dificuldades em dar um espaço para o outro respirar. Sofre muito, pois não consegue por todo o tempo guiar os seus e controlar os acontecimentos do universo. 
Com frequência, para obter atenção ela chantageia, dizendo que está doente, com uma dor, se sentindo mal; vale tudo para conseguir seu intento. São frases clássicas: “você não reconhece o que eu fiz por você”, “você não imagina o quanto eu sofri para conseguir isso para você”, “não seja um filho ingrato”...
Seus filhos têm dificuldades de fluir na vida por conta desse cordão umbilical tão ligado, que não deixa o desenvolvimento individual expandir, podendo atrapalhar a profissão, e os relacionamentos por conta da intromissão entre o casal. 
Nesse estado negativo a pessoa fica egoísta, crítica, rabugenta, autoritária, intoxicada com venenos emocionais e mentais, sempre preocupada; não gosta de ficar sozinha e precisa manter as pessoas bem perto para poder controlá-las e dirigir suas atividades.
Essa pessoa tem dificuldade de fazer mudanças, é muita apegada ao relacionamento chegando até a sufocar o cônjuge; é apegada às coisas materiais, a padrões culturais; é aquela “mãe de todos”, a matriarca ou o patriarca. Gosta de ajudar, mas todo esse amor tem um preço. Ela sempre deseja reconhecimento sobre o que faz e fica muito irritada quando não é reconhecida. Pode sentir ciúme, irritação e até ficar deprimida pela falta do retorno emocional, pois seu amor é um amor condicional. 
O tratamento com a Essência floral Chicory (Florais de Bach) vai trazer a energia do Amor Incondicional. A pessoa continua uma pessoa muito amorosa e dedicada para todos, mas respeitando cada um na sua individualidade e não cobrando nada em troca; ajuda as pessoas por vibrar em seu coração o Amor Incondicional.
Aceita e reconhece que não pode controlar e nem aprisionar os sentimentos dos outros.
Permanece uma pessoa cuidadosa e protetora, mas de maneira saudável, se sentindo grata por estar ajudando com liberdade, deixando as pessoas serem elas mesmas e respeitando cada individualidade da maneira que elas são.
Quando a pessoa tipo Chicory encontra seu equilíbrio e passa a viver seu lado positivo, encontra o carinho que tanto almeja, e as pessoas se aproximam pelo simples fato de que ela se torna uma pessoa amável e muito agradável de se conviver.
Faça uma análise honesta de seu comportamento, e quem sabe encontre um auxílio simples para mudar o rumo de sua vida!
Por: Eliza Tomoe Harada

É fácil identificar a pessoa do tipo Chicory. Quando criança percebemos isso desde o berço porque estão sempre chamando a atenção da família, com lágrimas de contrariedade quando deixadas sozinhas. Crescendo, e constatando que as lágrimas já não tem resultados, recorrem a truques novos. Usam de todos os recursos, da lisonja à vontade de ajudar, e até ficando doente e valendo-se de extorsões: "Farei os deveres de casa, mas só se não tiver de ir à aula de inglês amanhã."

Chicory é um estado de alma negativo, que não pode passar despercebido, e esgota as energias de todos.

A pessoa adulta no estado negativo Chicory é possessiva e não perde de vista nenhum dos seus, sejam filhos, amigos ou cônjuge; deseja sempre o melhor para todos, controlando suas vidas da maneira que ela acha mais correto, sofre muito quando alguém reclama desse controle. Às vezes fica doente, pois é carente de carinho; tem dificuldades em dar um espaço para o outro respirar. Sofre muito, pois não consegue por todo o tempo guiar os seus e controlar os acontecimentos do universo. 

Com frequência, para obter atenção ela chantageia, dizendo que está doente, com uma dor, se sentindo mal; vale tudo para conseguir seu intento. São frases clássicas: “você não reconhece o que eu fiz por você”, “você não imagina o quanto eu sofri para conseguir isso para você”, “não seja um filho ingrato”...

Seus filhos têm dificuldades de fluir na vida por conta desse cordão umbilical tão ligado, que não deixa o desenvolvimento individual expandir, podendo atrapalhar a profissão, e os relacionamentos por conta da intromissão entre o casal. 

Nesse estado negativo a pessoa fica egoísta, crítica, rabugenta, autoritária, intoxicada com venenos emocionais e mentais, sempre preocupada; não gosta de ficar sozinha e precisa manter as pessoas bem perto para poder controlá-las e dirigir suas atividades.

Essa pessoa tem dificuldade de fazer mudanças, é muita apegada ao relacionamento chegando até a sufocar o cônjuge; é apegada às coisas materiais, a padrões culturais; é aquela “mãe de todos”, a matriarca ou o patriarca. Gosta de ajudar, mas todo esse amor tem um preço. Ela sempre deseja reconhecimento sobre o que faz e fica muito irritada quando não é reconhecida.

Pode sentir ciúme, irritação e até ficar deprimida pela falta do retorno emocional, pois seu amor é um amor condicional. 

O tratamento com a Essência floral Chicory (Florais de Bach) vai trazer a energia do Amor Incondicional. A pessoa continua uma pessoa muito amorosa e dedicada para todos, mas respeitando cada um na sua individualidade e não cobrando nada em troca; ajuda as pessoas por vibrar em seu coração o Amor Incondicional.

Aceita e reconhece que não pode controlar e nem aprisionar os sentimentos dos outros. Permanece uma pessoa cuidadosa e protetora, mas de maneira saudável, se sentindo grata por estar ajudando com liberdade, deixando as pessoas serem elas mesmas e respeitando cada individualidade da maneira que elas são.

Quando a pessoa tipo Chicory encontra seu equilíbrio e passa a viver seu lado positivo, encontra o carinho que tanto almeja, e as pessoas se aproximam pelo simples fato de que ela se torna uma pessoa amável e muito agradável de se conviver.

Faça uma análise honesta de seu comportamento, e quem sabe encontre um auxílio simples para mudar o rumo de sua vida!

Por: Eliza Tomoe Harada

Deixe seu comentário

Escreva seu nome compelto (ex. Jane Miller)

Comentários

Veja o comentário de outros usuários e deixe o seu comentário também!

Informativo A rinite atacou? Entenda os sintomas e como a fitoterapia pode ajudar! 04 Jul 2024 Artigo Margaridão, Titônia ou Mão-de-deus? Entenda os benefícios! 28 Jun 2024 Artigo Capim-limão: benefícios e uso na aromaterapia 25 Jun 2024 Informativo Cirrose e Hepatite: é a mesma coisa? Cuide do fígado de forma mais natural 04 Jun 2024 Artigo Eucalipto: benefícios e propriedades medicinais 29 Mai 2024 Artigo Hibisco é bom para quê? Desvende os benefícios! 23 Mai 2024

Ver Outros Conteúdos