Pedra-ume-caá

Preço Especial A partir de R$ 7,00

Disponível

Resumo:

Pedra-ume-caá é indicado para tratamento do diabetes. Pedra-ume-caá em cápsulas, tinturas e chás. Pedra-ume-caá reduz a necessidade de insulina no tratamento. Pague em até 6 x s/juros, Aproveite!
Ver descrição completa

Fórmula Magistral Unitário Quantidade  
R$ 47,00  
R$ 94,00
R$ 84,60
 
R$ 7,50  
R$ 37,00  
R$ 74,00
R$ 66,60
 

 

Ainda em dúvida? Clique aqui e fale com nosso fitoterapeuta

Veja para que serve Pedra-ume-caá

Pedra-ume-caá (Myrcia sphaerocarpa)

AÇÃO E INDICAÇÃO:

Indicado para tratamento do diabetes.

FORMAS UTILIZADAS:

  • Cápsulas 
  • Tintura (líquido)
  • Chá (rasura)

*Não se trata de propaganda, e sim de descrição do produto, consulte sempre um especialista. **Venda Sob prescrição de profissional habilitado, podendo este ser o nosso farmacêutico de acordo com a resolução 586/2013 do conselho de farmácia. Consulte-o. Sugestão de uso e benefícios desenvolvidos por profissional habilitado. Todo produto deste site possui dosagens dentro dos padrões usuais.

Pedra-Ume-Caá: para que serve e efeitos colaterais

Diabetes é uma doença crônica que possui tratamento e muita gente busca alternativas mais naturais para o controle da glicemia. E ainda bem que a natureza pode ajudar! Um exemplo é a Pedra-Ume-Caá, nativa da América do Sul e pesquisada por sua ação hipoglicemiante. Quer saber mais? Venha conferir para que serve a Pedra-Ume-Caá e suas propriedades medicinais!

 

O que é a Pedra-Ume-Caá?

A primeira diferença importante para conhecer a Pedra-Ume-Caá é saber que ela é, de fato, uma planta e não devemos confundi-la com a Pedra Hume, que por sua vez é um alúmen de potássio e possui outras formas e indicações de uso.

A planta é encontrada nas áreas mais secas da região Amazônica, e seus benefícios medicinais são conhecidos pelos indígenas em sua medicina tradicional, que a utilizavam como adstringente e indicavam para casos de diarréia, hemorragia e cura de afta. Hoje, a ciência busca compreender melhor os mecanismos desta planta no controle de Diabetes — principalmente a Diabetes do tipo 2 — trazendo, portanto, mais opções para o tratamento desta doença.

O nome científico da Pedra-Ume-Caá é Myrcia sphaerocarpa, mas possui também outras sinonímias científicas e nomes populares, como cambuí e cambuim. É comum chamarem de Pedra-Ume-Caá outras espécies do gênero Myrcia e todas elas fazem parte da família botânica Myrtaceae. Trata-se de um arbusto de porte médio cujas folhas possuem potencial antioxidante e hipoglicemiante.

A Diabetes é uma doença crônica e metabólica que atinge mais de 15 milhões de brasileiros hoje. As causas da Diabetes são multifatoriais, podendo ser adquirida ao longo da vida ou surgir já no nascimento. Caracteriza-se por altos níveis glicêmicos no sangue porque falta insulina ou a insulina não atua de forma eficiente, acarretando em uma cascata de consequências no corpo se não for tratada adequadamente. É aqui que a ação da Pedra-Ume-Caá torna-se muito importante: reduzir taxas hiperglicêmicas no sangue! Veremos mais detalhes a seguir.

 

Pedra-Ume-Caá: para que serve

Essa planta serve principalmente para o controle de índices glicêmicos. Os mecanismos ainda são estudados pela Ciência, mas de modo geral, a Pedra-Ume-Caá promove inibição de enzimas que quebram e processam açúcar, evitando a hiperglicemia.

Mulher testando diabetes

As partes utilizadas são as folhas, e seus componentes em geral são:

  • Glicosídeos Flavônicos
  • Óleos essenciais
  • Taninos

 

A Pedra-Ume-Caá possui ações:

  • Hipoglicemiante
  • Antisséptica
  • Antioxidante

 

E ela é vendida na forma de cápsulas e tintura!

 

E quais são as indicações de uso da Pedra-Ume-Caá?

A medicina empírica e tradicional em nosso país indica a Pedra-Ume-Caá de forma abrangente, incluindo para tratamento de diarréias e enterites. A principal indicação, porém, é para o tratamento de Diabetes.

diabetes 2

Dosagem usual recomendada

Cápsula: 1 cápsula de 300mg, 3 vezes ao dia, consumida 30 minutos antes das refeições.

Tintura: 30 gotas, 3 vezes ao dia, consumidas 30 minutos antes das refeições.

 

Pedra-Ume-Caa é utilizada para emagrecer?

Não. O consumo de chás, no geral, pode levar à diurese pelo fato de você ingerir mais líquido. Certas ervas também possuem ações diuréticas acentuadas, mas não é o caso da Pedra-Ume-Caá. É possível que o simples fato de tomar um chá favoreça mais visitas ao banheiro e diminua a retenção de líquidos que agregam peso, no entanto não há evidências que a Pedra-Ume-Caá sirva especialmente para redução de taxas de gordura corporal em metas de emagrecimento.

 

Pedra-Ume-Caá: efeitos colaterais e contraindicações

Não recomenda-se a Pedra-Ume-Caá a gestantes e lactantes. Também não se indica a crianças e pessoas com hipersensibilidade aos seus componentes. Reações adversas variam entre náusea, hipotireodismo e desconforto gástrico devido a presença de taninos.

Pacientes com diabetes devem manter o acompanhamento médico e medição de glicemia frequente, pois os efeitos hipoglicêmicos da Pedra-Ume-Caá podem potencializar medicamentos alopáticos para tratamento da doença.

 

Pedra-Ume-Caá: preço e onde comprar

Você pode comprar a Pedra-Ume-Caá no nosso site, clicando aqui.

Em caso de dúvidas, você pode falar com nossos fitoterapeutas, clicando aqui.

Idoso Feliz

Bibliografia

https://florien.com.br/wp-content/uploads/2016/06/PEDRA-UME-CAA.pdf

https://www.osti.gov/etdeweb/servlets/purl/20960593

https://periodicos.unifap.br/index.php/biota/article/view/955/v5n1p7-15.pdf

https://www.scielo.br/j/rbfar/a/GCDDSJgJsvqGsRcJNWFJp8x/?format=pdf&lang=en

http://www.floram.periodikos.com.br/article/588e2208e710ab87018b460c/pdf/floram-11-1-47.pdf

https://www.scielo.br/j/aa/a/Jt3DtvkLGsjzHt8qLbGHPNS/?lang=pt&format=pdf

https://saense.com.br/2019/07/pesquisa-sobre-fruto-amazonico-e-publicada-em-periodico-no-canada/

https://ufam.edu.br/ultimas-noticias/190-estudante-de-pos-graduacao-da-ufam-publica-artigo-em-revista-internacional-de-alto-impacto.html

https://www.cnnbrasil.com.br/saude/diabetes-aumentou-16-na-populacao-mundial-nos-ultimos-dois-anos/

https://japsonline.com/admin/php/uploads/1516_pdf.pdf

Pedra-ume-caá é indicado para tratamento do diabetes. Pedra-ume-caá em cápsulas, tinturas e chás. Pedra-ume-caá reduz a necessidade de insulina no tratamento. Pague em até 6 x s/juros, Aproveite!

Pedra-ume-caá  Diabete  Insulina  Pedra ume  Pedra ume caa  Myrcia sphaerocarpa  Diabetes  Hiperglicemia 

Deixe sua avaliação

Avaliações de clientes reais

Os resultados e indicações referentes ao uso desse produto foram avaliados e comprovados pelo fabricante deste insumo farmacêutico (Informe Cientifico do fornecedor).

Não garantimos os resultados descritos, estes variam de pessoa para pessoa dependendo de diversos fatores como alimentação, prática de exercícios físicos, presença de outras patologias, bem como, o uso correto do produto conforme descrito na posologia.

- Produto adjuvante e suplemento alimentar. A prática de atividade física regular e bons hábitos alimentares são imprescindíveis para manutenção da saúde;

- A(s) imagen(s) que indica(m) o(s) produto(s) é (são) meramente ilustrativa(s), sem nenhuma alusão técnica e/ou científica;

- De acordo com as normas da Anvisa, todo produto deve ser manipulado de acordo com o pedido do comprador, portanto será manipulado após o recebimento e aprovação do nosso farmacêutico;

- Trata-se de descrição do produto e não propaganda. Somos uma Farmácia de manipulação. Portanto, os produtos naturais anunciados neste site serão produzidos sob encomenda;

- Não faça uso de medicamentos ou produtos sem orientação de um profissional médico ou farmacêutico;

Aproveite as formas de comunicação do nosso site e saiba mais detalhes com nossa equipe farmacêutica:

Por e-mail: farmacia@oficinadeervas.com.br
Telefone: (16) 2133-4455
WhatsApp: (16) 98234-0111

- Se persistirem os sintomas, o médico ou farmacêutico deverá ser consultado;
- Evite a automedicação. O medicamento mesmo livre de obrigação de prescrição médica merece cuidado.
- As indicações postas não se tratam de propaganda, e sim de descrição do produto;
- Consulte sempre um especialista;
- As indicações dos produtos são baseadas no conhecimento científico do profissional farmacêutico e nos laudos de aquisição dos produtos junto aos fornecedores autorizados pela Anvisa.

Os medicamentos sob prescrição só serão dispensados mediante apresentação de prescrição de profissional habilitado ou cópia digital;

1- Mantenha todo e qualquer medicamento ou produtos para adultos longe do alcance de crianças;
2- Manter esse produto longe de fontes de umidade, calor, luz ou eletromagnéticas. Temperatura de melhor conservação: 15 a 30º C;
3- Não partir ou mastigar esse produto;
4- Tomar sempre com quantidades generosas de líquido;
5- Mantenha seus exames médicos em dia. A ação de fitoterápicos orais pode ser alterada em portadores de problemas de tireoide, síndrome metabólica, obesidade mórbida entre outros.
6- Exercite-se regularmente e alimente-se com bom senso. Isso garante a manutenção de sua saúde a longo prazo;
7- Não use nenhum produto com o prazo de validade vencido;
8- Mulheres grávidas ou amamentando e crianças devem consultar médico ou farmacêutico antes de utilizar este produto;
9- Os fitoterápicos, de maneira geral, possuem efeitos terapêuticos mais suaves, o que pode explicar a redução dos efeitos colaterais. Porém, alguns efeitos colaterais não descritos na literatura podem ocorrer;
10- Pessoas com hipersensibilidade às substâncias contidas na formulação não devem ingerir o produto;
11- Em caso de hipersensibilidade, recomenda- se interromper o uso e consultar o médico.

ATENÇÃO:

É permitida às farmácias e drogarias a entrega de medicamentos por via postal desde que atendidas as condições sanitárias que assegurem a integridade e a qualidade dos produtos, conforme legislação vigente.

O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário o direito à informação e orientação quanto ao uso de medicamentos solicitados por meio remoto.

RDC 44 de 17 de agosto de 2009

A dispensação de plantas medicinais é privativa das farmácias e ervanarias, observados o acondicionamento adequado e a classificação botânica e adequada orientação de profissional da saúde.

As embalagens não podem ter alegações terapêuticas.

(Lei 5991/73)

Mais Procurados