Pygeum africanum, a planta da saúde masculina.

O Pygeum (Pygeum africanum) é uma árvore perene nativa de algumas regiões da África. Sua madeira é dura, sendo usada para fazer pisos, mobiliário, vagões de trem, cabos de machados e enxadas, além de ter uso medicinal. É também conhecida como madeira-de-ferro, cereja-africana, ameixa-seca, dentre outros nomes. Inclui o sinônimo botânico Prunus africana. Pertence a família Rosaceae. 

pygeum casca

O uso medicinal da casca do pygeum é conhecido desde o século XVIII, quando as tribos africanas ensinaram os primeiros exploradores europeus sobre sua utilização para tratar desconforto na bexiga. O extrato de pygeum é usado na Europa para tratar a hiperplasia benigna da próstata desde 1960. A casca do pygeum contém vários componentes, incluindo beta-sitosterois, que exibem ação anti-inflamatória através da inibição da produção de prostaglandinas na próstata.

Outros componentes do pygeum incluem ácido ferúlico e ésteres, que reduzem os níveis de prolactina (um hormônio que promove a captação de testosterona na próstata), e triterpenos pentacíclicos, que inibem uma enzima envolvida na inflamação e ajudam a reduzir o edema. Os cientistas acreditam que esses fitoquímicos trabalham juntos para ajudar a combater as alterações estruturais e bioquímicas associadas com a hiperplasia prostática benigna.

pygeum fruto

Como tônico masculino, o Pygeum africanum aumenta as secreções prostáticas e melhora a qualidade do sêmen. Também pode aumentar a capacidade de ereção e ajuda a combater a infertilidade masculina. O extrato do pygeum demonstrou resultados positivos em estudos in vitro em ratos para utilização contra o câncer de próstata. A planta também é composta de beta-sitosterol, triterpenos (ácido ursólico e ácido oleanólico) e taninos.

O Pygeum também estimula as secreções glandulares, abaixa os níveis de colesterol e reduz o inchaço e a inflamação, além de inibir as prostaglandinas que contribuem para a congestão vascular. 

Contraindicações e efeitos colaterais:

A planta e seus compostos só devem ser utilizados com recomendação de um profissional da saúde competente. (fale com um fitoterapeuta) Pode causar desconforto gastrointestinal como um possível efeito colateral. Intolerância gástrica e reações alérgicas cutâneas ocorrem raramente e normalmente desaparecem com a ingestão do Pygeum africanum às refeições.

Precauções:

Não há restrições para pacientes diabéticos. O uso do Pygeum Africanum não exclui o acompanhamento pelo médico no que se refere ao controle do volume do adenoma e do resíduo pós-miccional. Pode ser usado por pessoas com mais de 65 anos de idade, desde que observadas às precauções da substância.

Posologia / concentração:

Pygeum africanum tem se mostrado seguro e eficaz em doses variando de 50mg duas vezes por dia para 200 mg uma vez por dia.

Comentários


  • Antônio Norberto Oliveira Pinto
    Bons resultados até o momento. Continuo tomando.
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Ficamos felizes com seu resultado Antônio, qualquer dúvida pode nos chamar.
  • Antonio
    Vcs vendem este medicamento para a próstata? Qual o valor?
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Olá Antônio. Temos essa planta para manipular. Se o caso é de hiperplasia da próstata, o mais indicado é o Sabal.
    Deixo os preços do Pygeum:
    60 cápsulas de Pygeum africanum E.S. 100mg R$ 46,00

    30 cápsulas de Pygeum africanum E.S. 200mg R$ 46,00
    Qualquer dúvida ou orientação, entre em contato com nosso fitoterapeuta pelo farmacia@oficinadeervas.com.br
    Estamos à disposição.
  • Rogério Gama
    Gostaria de saber sobre o efeito vasodilatador do pygeum africanun. Grato
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Bom dia, Rogério!
    O que sabemos do Pygeum africanum é sobre a ação anti-inflamatória da próstata.
    Mas fale com um dos nossos Fitoterapeutas para melhores explicações.
    Pode ser por email ou whatsapp:
    farmacia@oficinadeervas.com.br
    (16) 98234-0111
  • Hildo
    Como devo tomar u pygeum africano
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Olá Hildo, tudo bem ? Peço que entre em contato conosco através de nosso e-mail farmacia@
    oficinadeervas.com.br ou pelo WhatsAPP: (16) 98234-0111, pois precisamos de algumas informações para orientar a melhor forma de uso para seu caso. Qualquer duvida estamos a disposição.
  • Omar Carnier Cuenca Júnior
    Olá pessoal. Tenho hiperplasia de próstata e pelo que entendi o tratamento correto seria com uma medicamento chamado SABAL (extrato de Pygeum), correto? Em caso positivo, poderia passar um orçamento deste medicamento e a posologia correta? Grato desde já.
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Olá Omar, tudo bem ? O sabal é usado no tratamento de hiperplasia prostática benigna . Para verificar a melhor dosagem para seu caso e forma de uso precisamos de algumas informações, peço que entre em contato com nosso fitoterapeuta pelo e-mail : Farmacia@oficinadeervas.com.br Qualquer duvida estamos a disposição.
  • Paulo
    Estou tratando prostatite aguda. Essa planta ajuda?? Em que formato ela vem?? Cápsulas ou é para fazer chá??
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Olá Paulo. Essa planta ajuda sim. Ela pode ser usada com o Sabal. Só temos na forma de cápsulas de extrato seco. Se quiser alguma orientação, fale com nossos fitoterapeutas pelo email farmacia@oficinadeervas.com.br. Estamos à disposição.
  • wagner vinicius lima santos
    De qual forma é usado a folha do Pigeum ?

    ⇒ Oficina de Ervas:
    Olá Wagner, trabalhamos com o Pygeum africanum na forma de extrato seco em capsulas. Para verificar a melhor dosagem e forma de uso para seu caso,peço que entre em contato conosco pelo whatsapp (16) 98234-0111 ou pelo e-mail farmacia@oficinadeervas.com.br. Qualquer duvida estamos a disposição.
  • PAULO RENATO CORREIA ALVES
    eu estou enterressado mas nao sei onde comprar aqui em portugal
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Olá Paulo. Infelizmente não saberíamos informar onde adquirir em Portugal, e não conseguimos fazer o envio devido a Alfândega do país. Estamos a disposição.
  • Alexsandra
    Onde eu encontro a planta pygeum africanum para comprar ?? Quero a planta, não capsulas
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Olá Alexsandra. O Pygeum (Pygeum africanum) é uma árvore perene nativa de algumas regiões da África. Nunca vi aqui no Brasil, nem na forma de muda para plantio. Não faço ideia onde você possa encontrar.
  • Luis Neves
    Se não tem essa arvore aqui no Brasil, como vocês manipulam?
    At: Luis Neves
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Olá Luis. Realmente o Pygeum (Pygeum africanum) é uma árvore perene nativa de algumas regiões da África. Porem o compramos de fornecedores qualificados e autorizados pela ANVISA que vendem matérias primas importadas. Qualquer duvida entre em contato pelo e-mail farmacia@oficinadeervas.com.br .Estamos a disposição.
  • Paulo
    Onde comprar o Pygimóvel em Porto Alegre rs
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Olá Paulo. Trabalhamos com o Pygeum africanum extrato seco em capsulas, infelizmente não temos filial, mas entregamos para todo Brasil através dos Correios ou por transportadora. Você pode fazer o pedido em nosso site ou através do e-mail farmacia@oficinadeervas.com.br. https://www.oficinadeervas.com.br/pygeum-africanum . Estamos a disposição.
  • Roberto
    Boa tarde!
    Se recomenda o pygeum africano para casos de nódulos malignos também?
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Oi Roberto. O pygeum é somente para a hiperplasia benigna da próstata. Não é indicado o uso no caso de malignidade. Existem outras plantas que podem ser usadas como antitumorais. Qualquer dúvida, entre em contato conosco. Estamos à disposição.
  • Helio A Oliveira
    Tenho interesse nesse medicamento.Como adquirir?
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Oi Hélio. Você pode comprar direto pelo site, entrando no link que está no texto. Pode também pedir pelo nosso email farmacia@oficinadeervas.com.br ou pelo whats (16) 99159-9056 ou pelo telefone fixo(16) 2133-4455. Estamos à disposição.
  • marcio chaves
    tenho 83 anos e sou portdor de hpb. Gostaria de saber se este medicamento fitoterápico abaixa a pressão arterial e qual a dosagem exata para a minha idade, inclusive, gostaria também de saber da orientação de um fitoterapeuta.Obrigado pela atenção.
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Olá Sr. Márcio. A planta mais indicada para HPB é o Sabal. Não há interferência na pressão arterial, mas para usar qualquer fitoterápico, inclusive o Pygeum africanum, é melhor entrar em contato com nossos fitoterapeutas e informar se já faz algum tratamento, que sintomas apresenta, que medicamentos usa, como está o controle da pressão arterial. Estamos no aguardo do seu contato.
  • Hamilton dos Santos Almeida
    Gostaria de usar esse produto
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Oi Hamilton. Se quiser usar essa planta, você pode entrar em contato com nossos fitoterapeutas para obter orientações. Informe sua idade, se tem algum problema de saúde, se toma alguma medicação, etc. Estamos à disposição.
  • Edilson Alves de farias
    Comeceiagora espero bons resultados
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Oi Edilson. Espero que consiga os resultados desejados. Qualquer dúvida, entre em contato com nossos fitoterapeutas. Estamos à disposição.
  • Cícero Francisco Duarte
    Excelente matéria.
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Ficamos felizes em saber que o conteúdo lhe agradou.
  • Ricardo
    Qual seria a posologia indicada, 100 mg/dia ou 500mg/dia? A diferença de dosagem é muito grande e uma "over" dose diária pode ser prejudicial, acredito eu.
    Como saber a dosagem correta?
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Olá Ricardo. A dose segura do Pygeum Exrato seco varia de 100 a 200mg ao dia. Nunca manipulamos 500mg e nem recebemos receita com essa dosagem. Qualquer dúvida, entre em contato conosco. Estamos à disposição.
  • Marco
    Boa noite ! O PRUMUS AFRICANO é anti-androgenico, reduz/inibe a produção da testosterona no homem ?
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Olá Marco. O Pygeum africanum não reduz a produção de testosterona.. O extrato de
    Pygeum possui também uma função anti-inflamatória, um efeito estimulante da
    secreção e um efeito antiedematoso e um aumento da capacidade erétil, o qual se
    pode traduzir como um incremento na função sexual masculina sem que seja
    considerado como afrodisíaco. https://www.oficinadeervas.com.br/pygeum-africanum. Estamos à disposição para qualquer dúvida.
  • SILVIO APARECIDO DE MORAIS
    OUVI DE ALGUNS MÉDICOS QUE O SABAL NÃO TEM COMPROVAÇÃO CIENTIFICA QUE DIMINUI A PRÓSTATA, POREM FAÇO USO, ESTAVA QUERENDO PARAR E TOMAR O PYGEUM, PRECISO DE ORIENTAÇÃO, OBRIGADO

    ⇒ Oficina de Ervas:
    Olá Silvio. O Sabal ainda é o principal medicamento para o controle da HPB. Seu uso pode ser associado ao Pygeum africanum ou pode ser alternado, dependendo do grau da sua hiperplasia, idade, sintomas, etc. Deixo o link do Sabal e você pode entrar na aba de bibliografias que eu deixei alguns estudos sobre a ação dessa planta: https://www.oficinadeervas.com.br/saw-palmetto. Para que possamos te orientar, entre em contato conosco e informe todos os sintomas, sua idade, tempo de uso do Sabal, etc. Ele só não deve ser usado no caso de câncer de próstata. Estamos à disposição.
  • MARCELO
    Encontrei capsulas importadas de 500 mg . É uma posologia elevada ?
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Olá Marcelo. A posologia depende do extrato que foi manipulado. Em extrato seco a dosagem é menor: Dosagem e Modo de Usar
    - Extrato seco (25%): doses variam entre 50 mg duas vezes por dia, para 200 mg
    uma vez por dia. Se for em pó da planta, a dosagem é diferente, mas você deve perguntar ao fabricante. Estamos à disposição.
  • Francisco Alves Barbosa
    Gostaria de informações deste produto
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Olá Francisco. O Pygeum africanum é indicado para tratamento da hiperplasia benigna (HPB), tratamento de micção, redução de edema, ação preventiva sobre o adenoma prostático, prostatite crônica.Como tônico masculino, o Pygeum africanum aumenta as secreções prostáticas e melhora a qualidade do sêmen. Também pode aumentar a capacidade de ereção e ajuda a combater a infertilidade masculina. Maiores orientações, entre em contato com nossos fitoterapeutas.
  • luis
    Li os comentários é pena não haver em Portugal nem dai conseguirem enviar
    mas obrigado pelo esclarecimento sobre a planta Pigenaum Africanum
    cumprimentos
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Olá, Luis

    Infelizmente não conseguimos enviar para aí. Mas, nos colocamos à disposição para esclarecimento de dúvidas e sugestões de fitoterápicos que, possivelmente, você consiga encontrar em Portugal.

    Estamos à disposição.
  • Marco coutinho da silva
    Boa tarde quero saber qual nome desa eva para eu faze um remédio
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Olá Marco,

    O nome científico da planta é Pygeum africanum. É também conhecida como madeira-de-ferro, cereja-africana, ameixa-seca, dentre outros nomes. Inclui o sinônimo botânico Prunus africana.

    Nós trabalhamos com essa planta em cápsula de extrato seco (ativo isolado da planta).

    Clique no link abaixo para ver as opções de Pygeum, mais informações e adquirir:

    https://www.oficinadeervas.com.br/pygeum-africanum

    Para esclarecimento de dúvidas e orientações clique no link abaixo para falar com um de nossos fitoterapeutas:

    https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta/

    Estamos à disposição.
  • Jose Carlos Brasileiro de Castro
    ONDE COMPRAR O Pygeum africanum
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Olá, José Carlos

    Você pode comprar o Pygeum africanum clicando link abaixo ou pelo whatsapp (016)98234.0111:

    https://www.oficinadeervas.com.br/pygeum-africanum

    Para dúvidas e orientações posológica entre em contato com nossos fitoterapeutas clicando no link abaixo:

    https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta/

    Estamos à disposição.
  • Joaquim Vieira
    Tenho receita médica para usar o pygeum na dosagem 100mg 1 vez ao dia para hpb. Tenho 71 anos e não uso nenhum medicamento. Em face de PSA acima do normal decorrente de suspeita de prostatite, haveria de ajustar essa dosagem?
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Olá, Joaquim.

    A dosagem do Pygeum E.S. 100mg pode ser tomado até 2 vezes ao dia.

    https://www.oficinadeervas.com.br/pygeum-africanum

    Caso queira complementar o tratamento para HPB, a planta indicada é o Saw palmetto E.S. 160mg pela manhã e de noite, junto com o Pygeum.

    https://www.oficinadeervas.com.br/saw-palmetto

    Para maiores informações, entre em contato com nossos fitoterapeutas pelo link abaixo:

    https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta/

    Estamos à disposição.

  • Wagner Manoel estevam
    Boa noite
    Gostaria de saber se está erva o pygeum e indicado para difusão erétil!
    ⇒ Oficina de Ervas:
    Olá, Wagner.

    Sim, essa planta pode ser usada para essa finalidade, mas para uma orientação completa, entre em contato com nossos fitoterapeutas, pois existem diversos fatores que podem desencadear esse problema.

    Deixo o nosso link para contato:

    https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta/

    Estamos à disposição.

Deixe seu comentário sobre:
Pygeum africanum, a planta da saúde masculina.