A Cúrcuma (Curcuma longa) é originária da Índia e Sudeste Asiático. Foi introduzida no Brasil ainda quando colônia e é cultivada nos países tropicais tanto como planta medicinal quanto como condimento, sendo a Índia o maior produtor, responsável pela produção de 90 % de toda Cúrcuma produzida no mundo.

É uma planta perene com ramificações laterais compridas. A parte utilizada da planta é o rizoma (raiz), que externamente apresenta uma coloração esbranquiçada ou acinzentada e internamente amarelada. Do rizoma saem as folhas e as hastes florais. A colheita deve ocorrer na época em que a planta termina o ciclo, apresentando folhas amareladas e perde a parte aérea. Nesta fase, os rizomas apresentam pigmentos amarelos intensos.

A Cúrcuma também é conhecida como turmeric, açafrão da índia, açafrão da terra, gengibre dourado e mangarataia e a planta como um todo é chamada de açafroeira.

Esta planta era utilizada na Índia desde 610 a. C. , como corante para lãs, e ao longo da história foi usada também para colorir partes do corpo. É empregada como corante de alimentos em todo o mundo, principalmente como corante natural, como por exemplo, nas margarinas, queijos e temperos, sendo um dos componentes do "curry", usado na gastronomia indiana.

O interesse pela Cúrcuma tem aumentado significativamente nos últimos anos. Isto se deve ao fato de ser um produto natural e possuir características de cor semelhantes às da tartrazina, corante amarelo sintético muito utilizado na indústria alimentícia e farmacêutica, que tem provocado reações adversas ao homem. Além disto, a cúrcuma é bastante conhecida e explorada pela medicina asiática tradicional, sendo amplamente utilizada como digestivo, carminativo, anti-espasmódico, antioxidante, anti-diarreico, diurético, nas doenças do fígado (hepatites, cirrose, calculose biliar), como tônico no tratamento de úlceras, no tratamento de tosses e resfriados comuns, antitumoral, anti-HIV, anti-inflamatório para artrites, bursites e tendinites. Externamente, como pomada na cicatrização de feridas.

No sistema respiratório é indicado para otites (óleo medicado local), rinites, bronquites e sinusites. Trata infecções do trato respiratório superior e boca (faringites, amigdalites, e gengivites - gargarejos). Antialérgico das vias respiratórias.

No sistema cardio-circulatório é antitrombótica, discretamente hipotensora e antidislipêmico (diminui colesterol e triglicérides). É usada também em peles e anexos para dermatoses (urticárias, psoríase e dermatites - eczemas), antipruriginoso (nas alergias da pele), queimaduras, fístulas anais, cicatrizante para úlceras, feridas e escaras, eficaz para assaduras de crianças.

Existe a forma concentrada da Cúrcuma, que é o extrato seco com 95% de curcuminoides, cuja ação é potencializada quando administrada junto com o extrato seco da pimenta preta (Piperina). O seu uso é para casos mais agudos ou urgentes.

A Cúrcuma é uma das plantas mais versáteis para a saúde, pois pode ser usada diariamente no preparo de pratos como arroz, legumes ou carnes. Como fitoterápico, ela pode ser preparada na forma de cápsulas, tintura, xaropes ou cremes para uso externo.

Segue o vídeo mostrando o cultivo e a colheita da Cúrcuma no Sítio da Mata, área de produção orgânica do grupo Oficina de Ervas.

Por: Eliza Harada

Deixe seu comentário

Escreva seu nome compelto (ex. Jane Miller)

Comentários

Veja o comentário de outros usuários e deixe o seu comentário também!

• Núbia
Eu faço acompanhamento de câncer de mama, nunca imaginei passar por isso pq não tem caso na família. Hoje tomo tamoxifeno, tomo tbm pra ansiedade e depressão clonazepan 0,5 . Tbm tinha 9 tipos de vitamna que a oncologista passou manipular. Mas como tava sentido tonturas, fígado e estômago eu mesmo suspendi .
⇒ Oficina de Ervas: Olá Núbia. Você quer alguma orientação para usar a Cúrcuma? Se for isso, pode tomar 1 cáps de 400mg 3 vezes ao dia. Se você quer orientação para tratar a ansiedade e depressão ou outros sintomas que você apresenta, entre em contato conosco. Nos informe suas necessidades, seus sintomas, que medicamentos usa, desde quando fez o tratamento do câncer e qual é a sua rotina. Clique no link abaixo para falar com um de nossos fitoterapeutas: https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta/ Estamos à disposição.


• Núbia
Como devo tomar a curcuma?
⇒ Oficina de Ervas: Olá, Núbia A Cúrcuma é um nutracêutico bem versátil. Depende muito da finalidade na qual você deseja utilizá-la (preveção ou tratamento). Clique no link abaixo para ver as apresentações da Cúrcuma: https://www.oficinadeervas.com.br/curcuma Entre em contato com nossos fitoterapeutas dizendo para qual fim desejar usar a Cúrcuma. Clique no link abaixo: https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta/ Estamos à disposição


• Socorro
Gostaria de maiores informações sobre a pomada de açafrão para psoríase e orientação sobre o que posso usar para auxiliar na cura das lesões existentes e prevenir novas lesões.
⇒ Oficina de Ervas: Olá, Socorro Você pode sim usar um creme de Cúrcuma, que possui ação anti-inflamatória e cicatrizante. Clique no link abaixo e informe aos nossos fitoterapeutas sua idade, se tem algum problema e se usa algum medicamento: https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta Estamos à disposição.


• Adriana Conceição
Bom dia! Estou fazendo uso da Curcuma Longa 600mg, que adquiri de vcs. Gostaria de um esclarecimento - Eu vi um vídeo do Dr. Fernando Lemos, que ele disse que tem que tomar a cápsula da cúrcuma com azeite, pq tem que ser ingerida junto com um alimento "gorduroso. Conforme orientação da equipe de Fitoterapeutas da Oficina de Ervas, eu estou tomando depois das refeições, mas com água. Qual que é a maneira correta de ingerir? Aguardo esclarecimentos e muito obrigada!
⇒ Oficina de Ervas: Olá, Adriana Realmente a Cúrcuma é melhor absorvida em meio oleoso. Por isso, sugerimos usar após as refeições, porque na comida geralmente tem óleo. Pode tomar com água, mas se quiser tomar o azeite também pode, ela será ainda mais absorvida. Para dúvidas e orientações clique no link abaixo e fale com nossos fitoterapeutas: https://www.oficinadeervas.com.br/fale-fitoterapeuta Estamos à disposição.


Artigo Dilênia ou Maçã de Elefante? Entenda os benefícios do uso medicinal dessa planta! 16 Jul 2024 Informativo A rinite atacou? Entenda os sintomas e como a fitoterapia pode ajudar! 04 Jul 2024 Artigo Margaridão, Titônia ou Mão-de-deus? Entenda os benefícios! 28 Jun 2024 Artigo Capim-limão: benefícios e uso na aromaterapia 25 Jun 2024 Informativo Cirrose e Hepatite: é a mesma coisa? Cuide do fígado de forma mais natural 04 Jun 2024 Artigo Eucalipto: benefícios e propriedades medicinais 29 Mai 2024

Ver Outros Conteúdos