"Especializada em plantas medicinais."

Digite o que procura abaixo
ou entre em contato conosco.

Cáscara Sagrada

Nome Científico: Rhamnus purshiana D.C.
Familia: Rhamnaceae 

Histórico e Curiosidades
: Planta conhecia também com o nome de cáscara-santa. É originária das montanhas rochosas do Oregon, sendo também encontrada até as montanhas da Colômbia. Já era muito utilizada pelos índios americanos com finalidades terapêuticas, sendo levada para a Europa já no final de século XIX.

Botânica: A cáscara-sagrada é uma arbórea decídua que pode atingir até 10 m de altura, com troncos com até 2,5m de diâmetro em árvores mais velhas. As folhas são ovaladas com nervuras bem pronunciadas, com limbo acetinado, medindo de 6 a 13 cm de comprimento. A casca é de cor marrom claro. Suas flores são pequenas de coloração verde e saem das axilas das folhas. Os frutos são pequenos, de cor púrpura escuro, medindo cerca de 8 mm de diâmetro, com 2 a 3 sementes, servindo de alimentos para vários seres vivos.

Cultivo e Colheita: Não foi encontrado informações na literatura consultada. Parece existir ainda um certo extrativismo das cascas de árvores nativas.

Parte Utilizada: Cascas do caule e dos ramos além das raízes, o que não é muito comum de ser encontrado no mercado de plantas medicinais. As cascas depois de retiradas devem ser envelhecidas pelo menos 1 ano para não apresentar cólicas como efeito colateral, ou então deixar em estufas a 100ºC por 1 hora. É muito comum encontrar vários liquens e musgos aderidos nas cascas, e normalmente são utilizados juntamente com as cascas. Isso nos faz  perguntar se não poderia apresentar variações das atividades terapêuticas.
 
Princípios Ativos: A Derivados antracênicos (emodina), cascarosídeos A e B (glicosídeos da aloína, barbaloína, desoxibarbaloína), cascarosídeos C e D (glicosídeos da crisaloína), princípios amargos, albuminóide ramnotoxina, taninos, óleos essenciais e resinas.

Ação Farmacológica e Indicações: Sua principal atividade está em corrigir a obstipação intestinal, através de uma ação laxativa e do aumento do tônus do cólon. Produz uma excitação intestinal leve, regulando o peristaltismo. Normalmente após 8 horas da ingestão oral, ocorre a liberação de heterosídeos através da hidrólise enzimática pela flora bacteriana. No sistema digestivo, age como laxante ou purgativo, dependendo da dosagem empregada e da sensibilidade da pessoa. Restabelece o tônus na obstipação, por liberação dos heterosídeos antracênicos no intestino grosso. Estimulante do apetite em baixas doses. Aumenta a secreção da bílis no intestino devido à contração muscular da vesícula biliar.

Efeitos Colaterias: Dependendo da dose e da sensibilidade de cada indivíduo, pode apresentar cólicas e diarréias. Se a droga não for bem seca e envelhecida estes sintomas podem ser mais acentuados. Não usar durante a gravidez e lactancia, pode provocar cólicas no bebê. Em algumas pessoas a urina pode apresentar uma pigmentação anormal. O FDA considerou a cáscara-sagrada como droga geralmente segura e eficaz.

Ademar Menezes Junior
      

 

Outros Produtos Naturais