"Deixe a natureza cuidar de você."
Parcelamento em até 6X SEM JUROS!

Digite o que procura abaixo
ou entre em contato conosco.
Passe o Mouse para zoom
*Imagens meramente ilustrativas
*Todo produto será manipulado após o recebimento e aprovação do farmacêutico
       

Licopeno

Fitoterápicos/ Produtos Naturais

A partir de R$ 40,00
Fórmula Magistral QTD Unitário
60 cápsulas Licopeno Extrato Seco 10mg R$ 57,00
30 cápsulas Licopeno Extrato Seco 10mg R$ 40,00
Ainda em dúvida? Clique aqui e fale com nosso fitoterapeuta.
* Seguindo as normas da ANVISA, todo produto deve ser manipulado de acordo com o pedido, portanto será manipulado após o recebimento e aprovação do farmacêutico.
* Após esta etapa, a manipulação e o controle de qualidade exigem em média 1 dia útil, seguindo depois para a postagem do pedido.
Não encontrou sua fórmula?
Envie seu orçamento aqui!

Veja para que serve Licopeno

Adicionar Licopeno a minha Lista de Desejo  

 

Composição: Licopeno de Tomate e Selênio
Partes Utilizadas: Fruto Inteiro
O Licopeno é um carotenóide que dá cor avermelhada ao tomate, e pode ser encontrado em menor quantidade na melancia, goiaba, morango e no mamão. quanto mais intensa a cor vermelha do tomate, mais rico em antioxidante ele será.
Propriedades Funcionais:
O Licopeno tem ação antioxidante; reduz o risco de câncer de próstata; previne doenças cardiovasculares; previne a síndrome de degeneração macular; previne a catarata; ação antienvelhecimento.

Ação e Indicação:


O Licopeno é um carotenóide que dá cor avermelhada ao tomate, e pode ser encontrado em menor quantidade na melancia, goiaba, morango e no mamão. quanto mais intensa a cor vermelha do tomate, mais rico em antioxidante ele será.
O Licopeno tem ação antioxidante; reduz o risco de câncer de próstata; previne doenças cardiovasculares; previne a síndrome de degeneração macular; previne a catarata; ação antienvelhecimento.

Forma Utilizada:

-Cápsulas (Extrato Seco)

Fórmula Magistral Unitário  
60 cápsulas Licopeno Extrato Seco 10mg R$ 57,00
30 cápsulas Licopeno Extrato Seco 10mg R$ 40,00

Licopeno para que serve.

 

Licopeno não é exatamente um nutriente, é um pigmento vegetal que as plantas desenvolvidas para proteger contra os efeitos da luz e da oxidação do ar. Esta substância é responsável por dar os frutos característicos vermelho ou laranja e certos vegetais.Licopeno pertence ao grupo dos beta-caroteno, mas não convertido em vitamina A, razão pela qual se acreditava que ele não tinha nenhum significado fisiológico. No entanto, vários estudos têm demonstrado que o licopeno é altamente benéfico para a saúde humana.O nome de licopeno vem do latim "Solanum lycopersicum L.", como é chamado o tomate, que foi dada em 1903.Licopeno está presente no organismo no sangue e tecidos, mas é especialmente concentrada na próstata. Esta substância não podem ser sintetizados pelo organismo, é obtida através da dieta ou através de suplementos, suplementos de licopeno no entanto não são recomendados em mulheres grávidas ou a amamentar, mas pode ser adquirido através da dieta.A principal fonte de licopeno são os tomates (especialmente maduros que contêm aproximadamente 83%) e produtos (ketchup, molhos, conservas, sucos, etc) .. Ela também é encontrada em outras frutas e legumes, como melancia, mamão, goiaba, grapefruit rosa, damasco e cenoura.O licopeno é melhor absorvido pela gordura, que é por isso que quando usado com óleo ou outros alimentos gordurosos, tais como abacate ou nozes, são facilmente absorvidas. Atualmente, o licopeno também é utilizado como corante alimentar.Outra das grandes virtudes de licopeno é o seu poderosas propriedades antioxidantes que protegem o corpo do stress oxidativo causado pelos radicais livres.Há vários estudos que ligam o licopeno com câncer de próstata reduzida, pulmão e trato digestivo. Também previne doenças cardiovasculares, síndrome de degeneração macular, catarata e certas complicações durante a gravidez, como pré-eclâmpsia e crescimento fetal vacilante.Em relação à dose ideal de licopeno, sem padrões, mas intervalos aproximados que sugerem uma contribuição de 4 a 6,5 ​​mg. por dia.Para se ter uma idéia, uma porção de 60 gramas de purê de tomate, o que pode fazer parte de uma refeição ou o molho que acompanha um alimento, pode fornecer cerca de 10 mg. de licopeno.
Licopeno não é exatamente um nutriente, é um pigmento vegetal que as plantas desenvolvem para se proteger contra os efeitos da luz e da oxidação do ar. Esta substância é responsável por dar aos frutos a coloração vermelha ou laranja, em certos vegetais.
O nome de licopeno vem do latim "Solanum lycopersicum L.", como é chamado o tomate, que foi dada em 1903.
                                            
O licopeno é um carotenóide presente no tomate, porém sua absorção é mais satisfatória quando submetido ao calor do cozimento, isto porque o calor rompe as membranas celulares e libera o licopeno de uma matriz de proteínas e fibras facilitando assim o seu contato com a parede intestinal.
O Licopeno está presente no organismo no sangue e tecidos, mas é especialmente concentrado na próstata. Esta substância não pode ser sintetizada pelo organismo, é obtida através da dieta ou através de suplementos (cápsulas).
A principal fonte de licopeno são os tomates (especialmente maduros que contêm aproximadamente 83%) e produtos derivados (ketchup, molhos, conservas, sucos, etc), sendo também  encontrado em outras frutas e legumes, como melancia, mamão, goiaba e cenoura. Sabe-se também que os tomates que amadurecem no pé são mais ricos em licopeno que aqueles que amadurecem depois de colhidos.
      
O licopeno é melhor absorvido pela gordura, portanto quando usado com óleo ou outros alimentos gordurosos, tais como abacate ou nozes, a absorção é facilitada. Atualmente, o licopeno também é utilizado como corante alimentar.
Estudos mostram que o consumo deste carotenóide pelo menos 2 vezes na semana reduz em 34 % os riscos de câncer de próstata. Alguns trabalhos associam níveis elevados de licopeno a uma menor incidência de câncer de mama devido a sua ação antioxidante, o que minimiza o estresse oxidativo, uma das causas da doença.
 Também previne doenças cardiovasculares, síndrome de degeneração macular, catarata e certas complicações durante a gravidez, como pré-eclâmpsia e crescimento fetal vacilante.
Em relação à dose ideal de licopeno, não existe padrão estabelecido, mas sugestão aproximada de 4 a 6,5 ​​mg por dia.
Para se ter uma idéia, uma porção de 60 gramas de purê de tomate, o que pode fazer parte de uma refeição ou o molho que acompanha um alimento, pode fornecer cerca de 10 mg de licopeno.
Por: Eliza Tomoe Harad

Licopeno não é exatamente um nutriente, é um pigmento vegetal de plantas desenvolvidas para proteger contra os efeitos da luz e da oxidação do ar. Esta substância é responsável por dar aos frutos características vermelho ou laranja.

Licopeno pertence ao grupo dos beta-caroteno, mas não convertido em vitamina A, razão pela qual se acreditava que ele não tinha nenhum significado fisiológico. No entanto, vários estudos têm demonstrado que o licopeno é altamente benéfico para a saúde humana.

O nome de licopeno vem do latim "Solanum lycopersicum L.", como é chamado o tomate, que foi dada em 1903.

Licopeno está presente no organismo no sangue e tecidos, mas é especialmente concentrada na próstata. Esta substância não podem ser sintetizados pelo organismo, é obtida através da dieta ou através de suplementos.

A principal fonte de licopeno são os tomates (especialmente maduros que contêm aproximadamente 83%) e produtos (ketchup, molhos, conservas, sucos, etc) . Ela também é encontrada em outras frutas e legumes, como melancia, mamão, goiaba, grapefruit rosa, damasco e cenoura.O licopeno é melhor absorvido pela gordura, que é por isso que quando usado com óleo ou outros alimentos gordurosos, tais como abacate ou nozes, são facilmente absorvidas.

Atualmente, o licopeno também é utilizado como corante alimentar.

Outra das grandes virtudes de licopeno é a sua poderosa propriedade antioxidante que protege o corpo do stress oxidativo causado pelos radicais livres.

Há vários estudos que ligam o licopeno com câncer de próstata reduzida, pulmão e trato digestivo. Também previne doenças cardiovasculares, síndrome de degeneração macular, catarata e certas complicações durante a gravidez, como pré-eclâmpsia e crescimento fetal vacilante.

Em relação à dose ideal de licopeno, sem padrões, mas intervalos aproximados que sugerem uma contribuição de 4 a 6,5 ​​mg por dia.

Para se ter uma idéia, uma porção de 60 gramas de purê de tomate, o que pode fazer parte de uma refeição ou o molho que acompanha um alimento, pode fornecer cerca de 10 mg de licopeno.


Por: Eliza Tomoe Harada

Pague em 6 x s/juros, Aproveite!   Composição: Licopeno de Tomate e Selênio Partes Utilizadas: Fruto Inteiro O Licopeno é um carotenóide que dá cor avermelhada ao tomate, e pode ser encontrado ...

Os resultados e indicações referentes ao uso desse produto foram avaliados e comprovados pelo fabricante deste insumo farmacêutico (Informe Cientifico do fornecedor).

Não garantimos os resultados descritos, estes variam de pessoa para pessoa dependendo de diversos fatores como alimentação, prática de exercícios físicos, presença de outras patologias, bem como, o uso correto do produto conforme descrito na posologia.

- Produto adjuvante e suplemento alimentar. A prática de atividade física regular e bons hábitos alimentares são imprescindíveis para manutenção da saúde;

- A(s) imagen(s) que indica(m) o(s) produto(s) é (são) meramente ilustrativa(s), sem nenhuma alusão técnica e/ou científica;

- De acordo com as normas da Anvisa, todo produto deve ser manipulado de acordo com o pedido do comprador, portanto será manipulado após o recebimento e aprovação do nosso farmacêutico;

- Trata-se de descrição do produto e não propaganda. Somos uma Farmácia de manipulação. Portanto, os produtos naturais anunciados neste site serão produzidos sob encomenda;

- Não faça uso de medicamentos ou produtos sem orientação de um profissional médico ou farmacêutico;

Aproveite as formas de comunicação do nosso site e saiba mais detalhes com nossa equipe farmacêutica:

Por e-mail: farmacia@oficinadeervas.com.br
Telefone: (16) 2133-4455
WhatsApp: (16) 99159-9056

- Se persistirem os sintomas, o médico ou farmacêutico deverá ser consultado;
- Evite a automedicação. O medicamento mesmo livre de obrigação de prescrição médica merece cuidado.
- As indicações postas não se tratam de propaganda, e sim de descrição do produto;
- Consulte sempre um especialista;
- As indicações dos produtos são baseadas no conhecimento científico do profissional farmacêutico e nos laudos de aquisição dos produtos junto aos fornecedores autorizados pela Anvisa.

Os medicamentos sob prescrição só serão dispensados mediante apresentação de prescrição de profissional habilitado ou cópia digital;

1- Mantenha todo e qualquer medicamento ou produtos para adultos longe do alcance de crianças;
2- Manter esse produto longe de fontes de umidade, calor, luz ou eletromagnéticas. Temperatura de melhor conservação: 15 a 30º C;
3- Não partir ou mastigar esse produto;
4- Tomar sempre com quantidades generosas de líquido;
5- Mantenha seus exames médicos em dia. A ação de fitoterápicos orais pode ser alterada em portadores de problemas de tireoide, síndrome metabólica, obesidade mórbida entre outros.
6- Exercite-se regularmente e alimente-se com bom senso. Isso garante a manutenção de sua saúde a longo prazo;
7- Não use nenhum produto com o prazo de validade vencido;
8- Mulheres grávidas ou amamentando e crianças devem consultar médico ou farmacêutico antes de utilizar este produto;
9- Os fitoterápicos, de maneira geral, possuem efeitos terapêuticos mais suaves, o que pode explicar a redução dos efeitos colaterais. Porém, alguns efeitos colaterais não descritos na literatura podem ocorrer;
10- Pessoas com hipersensibilidade às substâncias contidas na formulação não devem ingerir o produto;
11- Em caso de hipersensibilidade, recomenda- se interromper o uso e consultar o médico.

ATENÇÃO:

É permitida às farmácias e drogarias a entrega de medicamentos por via postal desde que atendidas as condições sanitárias que assegurem a integridade e a qualidade dos produtos, conforme legislação vigente.

O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário o direito à informação e orientação quanto ao uso de medicamentos solicitados por meio remoto.

RDC 44 de 17 de agosto de 2009

A dispensação de plantas medicinais é privativa das farmácias e ervanarias, observados o acondicionamento adequado e a classificação botânica e adequada orientação de profissional da saúde.

As embalagens não podem ter alegações terapêuticas.

(Lei 5991/73)

ATENÇÃO: O texto de todos os nossos produtos, são referentes a des­cri­ção técnica dos mesmos, não configurando pro­pa­gan­da e ou estímulo a auto-medicação.
Seguindo as normas da ANVISA, todo produto deve ser manipulado de acordo com o pedido do comprador, portanto será manipulado após o recebimento e aprovação do farmacêutico.
Fórmula desenvolvida por profissional habilitado:
Uso e venda feita com prescrição de profissional habilitado, podendo ser nosso farmacêutico conforme Resolução 586/2013 do Conselho de Farmácia.

Outros Produtos Naturais

  • UC II (Colágeno tipo 2)
    UC II (Colágeno tipo 2)
    UC II é comprovadamente eficaz na prevenção e tratamento de artrite, artrose e lesão articular e de cartilagem ... Saiba mais
  • Babosa
    Babosa
    Babosa (Aloe vera). Combate úlceras, gastrites e prisão de ventre, além de melhorar o sistema imunológico. Ext ... Saiba mais
  • Mama-cadela/Mamica de Cadela
    Mama-cadela/Mamica de Cadela
    Mama-cadela para tratamento natural de Vitiligo. Tratamento para Vitiligo 100% Natural. ... Saiba mais