Hibiscus, a Flor que pode contribuir para sua Saúde!

 

O Hibisco, vinagreira, caruru-azedo ou quiabo-roxo (Hibiscus sabdariffa) pertence à família das Malváceas e é um arbusto semi-lenhoso, originária da Ásia tropical e Sudão.
Foi introduzido na Jamaica no século XVIII, sendo muito popular como 
um aromatizante ácido. Chegou à Europa nos fins do século XIX como 
uma bebida refrescante, mas a sua cor vermelha forte, parecida com 
sangue, não foi bem aceita. Porém atualmente faz parte da maioria dos 
chás aromáticos consumidos no continente europeu. Também esta 
espécie participa de cerimônias de devoção ao deus Ganesh na Índia.
A parte utilizada são as sépalas (parte da flor) e seus constituintes são:
• Ácidos orgânicos: ácido tártarico, ácido cítrico, ácido málico e ácido hibisco.
• Pigmentos
• Vitamina C
• Glucosídeos
• Mucilagens
• Flavonóides (hibiscina, hibiscetina entre outros)
• Antocianinas
O hibisco é indicado para dieta de emagrecimento, espasmo 
gastrintestinal, cólica uterina, má digestão, gastrenterite, hipertensão, 
constipação intestinal, varizes e hemorróidas. Auxilia na redução de gordura, na digestão, 
regulariza o intestino e ainda combate a retenção de líquidos, o que facilita o emagrecimento. 
O seu uso mais popular é na forma de chá, mas é também usado no preparo de alimentos como conservas, geléias, sorvetes e sucos, dando um toque muito especial, por seu sabor azedo e sua coloração exuberante! Experimente!
Por: Eliza Tomoe Harad

O Hibisco, vinagreira, caruru-azedo ou quiabo-roxo (Hibiscus sabdariffa) pertence à família das Malváceas e é um arbusto semi-lenhoso, originária da Ásia tropical e Sudão.

Foi introduzido na Jamaica no século XVIII, sendo muito popular como um aromatizante ácido. Chegou à Europa nos fins do século XIX como uma bebida refrescante, mas a sua cor vermelha forte, parecida com sangue, não foi bem aceita. Porém atualmente faz parte da maioria dos chás aromáticos consumidos no continente europeu. Também esta espécie participa de cerimônias de devoção ao deus Ganesh na Índia.

hibisco - planta hibisco - flor hibisco - sepalas

A parte utilizada são as sépalas (parte da flor) e seus constituintes são:
• Ácidos orgânicos: ácido tártarico, ácido cítrico, ácido málico e ácido hibisco.
• Pigmentos
• Vitamina C
• Glucosídeos
• Mucilagens
• Flavonóides (hibiscina, hibiscetina entre outros)
• Antocianinas

O hibisco é indicado para dieta de emagrecimento, espasmo gastrintestinal, cólica uterina, má digestão, gastrenterite, hipertensão, constipação intestinal, varizes e hemorróidas. Auxilia na redução de gordura, na digestão, regulariza o intestino e ainda combate a retenção de líquidos, o que facilita o emagrecimento. 

O seu uso mais popular é na forma de chá, mas é também usado no preparo de alimentos como conservas, geléias, sorvetes e sucos, dando um toque muito especial, por seu sabor azedo e sua coloração exuberante! Experimente!

                                     hibisco - cha


Por: Eliza Tomoe Harada

Comentários

Vamos lá, seja o primeiro a comentar sobre: Hibiscus, a Flor que pode contribuir para sua Saúde!

Deixe seu comentário sobre:
Hibiscus, a Flor que pode contribuir para sua Saúde!