Dores nas costas: Quem não conhece alguém com esta dor?

Dor nas costas - lombar e ciaticoNós usamos as costas para praticamente tudo que fazemos: andar, sentar, mexer nosso corpo... E por isso, sentir dor nesta região do corpo incomoda muito!

A dor nas costas é hoje um dos problemas mais graves da saúde do nosso país.

Vamos aprender mais sobre isso?

 

Estatísticas do Brasil

No Brasil, a dor na coluna:

  • É a doença crônica mais frequente;
  • A mais comum é a dor na lombar, que ocorre principalmente com pessoas que ficam muito tempo sentadas;
  • Segundo o Ministério da Saúde, 80% da população brasileira já sofreu ou vai sofrer com dor nas costas;
  • Hoje, 36% dos brasileiros sofrem com esta dor.

Agravantes do mundo moderno

Esses dados estatísticos não são à toa. No mundo moderno em que vivemos hoje, marcado pelo uso de celulares, computadores e outros dispositivos que nos fazem ficar cada vez mais sentados ou em posições nem sempre corretas para nossas costas, o problema de dores na coluna está se tornando cada vez mais um marco grave da saúde pública.

Nossas rotinas estão mais propensas a causar danos em nossa coluna, ainda mais em uma população como a brasileira, que é muito sedentária*.

*Veja o Diagnóstico Nacional do Esporte

Dores lombares e o nervo ciático

Como vimos nas estatísticas, a dor lombar é a mais comum das dores na coluna, acontecendo especialmente com pessoas que ficam muito tempo sentadas. Ela está diretamente ligada ao nervo ciático.

O nervo ciático é o maior nervo do corpo humano, que origina todas as raízes nervosas do plexo lombar (as raízes L4, L5, S1, S2 e S3). Ele controla os músculos das pernas e pés e as articulações do quadril, joelhos e tornozelos. A dor no ciático vem com a inflamação desse nervo, que pode ser causada por várias condições.

O que causa a inflamação do nervo ciático

Diversos fatores podem levar à inflamação do nervo ciático. Veja os mais frequentes:

  • Hérnia de disco;
  • Excesso de peso;
  • Falta de exercícios físicos (sedentarismo);
  • Flacidez muscular na região do abdômen e das costas (musculatura paravertebral);
  • Ficar muito tempo sentado na mesma posição;
  • Sentar de forma incorreta;
  • Compressão do nervo pelo músculo piriforme.

Quais são os sintomas de inflamação do nervo ciático

Os sintomas mais comuns da dor ciática são:

  • Formigamento ou agulhadas nos membros inferiores;
  • Dor que irradia para o glúteo e a perna, como um choque ou queimação;
  • Dor lombar;
  • Diminuição da força nos membros inferiores em casos mais graves;
  • Geralmente ocorre em apenas uma perna, mas pode ocorrer nas duas também.

Quando a dor é proveniente de uma hérnia de disco, os sintomas podem ser também:

  • Dor de início súbito;
  • Redução de capacidade de movimentação da pessoa.

Como é feito o diagnóstico

O mais comum é o diagnóstico ser dado a partir de um exame físico chamado Teste de Lasègue, que é feito com a pessoa deitada e com a perna estendida. Então a perna é elevada, causando dor no nervo, possibilitando uma avaliação pelo médico da repercussão da dor. Também é possível ocorrer alguma fraqueza ou perda de sensibilidade onde há a dor.

Existe também a possibilidade de fazer exames de imagem como tomografia e ressonância, para confirmar se há existência de uma hérnia de disco ou algum outro problema de estrutura.

Qual é o tratamento de dor no ciático

O tratamento geralmente é feito de uma forma conservadora, como:

  • Fisioterapia;
  • Pilates;
  • Analgésicos e anti-inflamatórios;
  • Acupuntura;
  • Gelo ou bolsa de água quente no local;
  • Repouso por curtos períodos de tempo;
  • Evitar pegar peso;
  • Evitar ficar muito tempo sentado na mesma posição;
  • Procedimentos de bloqueio de dor.

Nos casos mais sérios há a possibilidade de fazer cirurgia, mas é uma última opção, indicada para apenas 10% dos casos, pois a maioria obtêm resultados apenas com o tratamento convencional.

Plantas podem ajudar no tratamento da dor no ciático

Algumas plantas com ação anti-inflamatória podem ajudar bastante durante o tratamento do ciático, tanto para tomar (uso interno) quanto para passar no local (uso tópico).

As plantas para uso interno são diversas, como:

Já para uso tópico, temos dois compostos que podem ajudar:

  • Fito óleo ativo - Composto de óleo essencial de Alecrim, óleo essencial de Alfazema, Cânfora, Mentol, Salicilato de Metila, óleo de Amêndoas e óleo de Semente de Uva
  • Gel analgésico - Composto de Erva de Santa Maria, Arnica montana, Mentol, Cânfora, Salicilato de Metila e Gel base

Como prevenir dor no ciático

Medidas simples que você pode tomar no dia a dia para prevenir a dor no ciático:

  • Fazer exercícios com frequência (por volta de 30 minutos diários);
  • Fazer alongamentos;
  • Fortalecer a musculatura, principalmente lombar, com orientação e respeitando os limites do corpo;
  • Controlar o peso e ter hábito alimentar saudável;
  • Prestar atenção na postura;
  • Evitar carregar peso de forma inadequada;
  • Evitar ficar muito tempo sentado na mesma posição;
  • Trocar cadeiras e colchões amassados por novos ergonômicos.

Ainda está com dúvidas? Fale com o nosso fitoterapeuta clicando aqui. Estamos à total disposição!

Comentários


  • Vinícius Romeiro
    Trabalho o dia inteiro sentado desenhando, por isso tenho dores nas costas, o ideal é levantar de vez em quando pra tomar água e esticar o corpo.
    ⇒ Oficina de Ervas: Oi Vinícius. É verdade, devemos sempre que possível, levantar e alongar um pouco. Pode parecer bem simples, mas é muito importante ter essa atenção. Sempre que puder, oriente seus colegas também. Estamos à disposição sempre que precisar. Abraços da Equipe Oficina de Ervas.

Deixe seu comentário sobre:
Dores nas costas: Quem não conhece alguém com esta dor?