Boldo do Chile e suas propriedades.

 

O boldo é originário da região dos Andes do sul, principalmente nos Andes chilenos. Planta arbustiva, podendo alcançar até 6 metros de altura, mas sendo encontrada na maioria das vezes com 2 ou 3 metros. Suas folhas são coriáceas, de uma cor verde acinzentado, com presença de glândulas ricas em óleo essencial de odor bem marcante, lembrando levemente a cânfora. Esta planta gosta de solos pedregosos, com pouca umidade, e com uma altitude em torno de 1.000 a 1.500 metros. Condições esta encontradas em pouquíssimas regiões, sendo portanto, restrito o seu cultivo a Itália, Marrocos e Chile.
O boldo já era utilizado pelas populações indígenas dos Andes Chilenos, sendo denominada de peumo, e foi "descoberta" pelo botânico espanhol D. Boldo, daí a origem do nome Peumus boldus. Esta população empregava o boldo para dores reumáticas e em casos de luxações. Já em 1869 o boldo era empregado na Europa como estomáquico, hepatoprotetor, antisifilítico, antiedematoso e nos casos de otitis. Interessante observar o conteúdo de princípios ativos do boldo. A sua riqueza química proporciona uma ampla aplicação terapêutica.
Indicado para hipo-acidez e dispepsias. Aumenta a produção de bile e promove a proteção hepática. Possui ação desintoxicante do fígado e pode ser usado em casos de ingestão alcoólica exagerada.

O Boldo do Chile (Peumus boldus) é o verdadeiro boldo, muito indicado para se ter em casa nessa época de festas, pois muitos ainda acabam exagerando na ingestão de bebidas alcoólicas e alimentos, congestionando o fígado.

                      boldo arvore Boldo

O boldo é originário da região dos Andes do sul, principalmente nos Andes chilenos. Planta arbustiva, podendo alcançar até 6 metros de altura, mas sendo encontrada na maioria das vezes com 2 ou 3 metros. Suas folhas são coriáceas, de uma cor verde acinzentado, com presença de glândulas ricas em óleo essencial de odor bem marcante, lembrando levemente a cânfora. Esta planta gosta de solos pedregosos, com pouca umidade, e com uma altitude em torno de 1.000 a 1.500 metros. Condições esta encontradas em pouquíssimas regiões, sendo portanto, restrito o seu cultivo a Itália, Marrocos e Chile.

O boldo já era utilizado pelas populações indígenas dos Andes Chilenos, sendo denominada de peumo, e foi "descoberta" pelo botânico espanhol D. Boldo, daí a origem do nome Peumus boldus. Esta população empregava o boldo para dores reumáticas e em casos de luxações. Já em 1869 o boldo era empregado na Europa como estomáquico, hepatoprotetor, antissifilítico, antiedematoso e nos casos de otites. Interessante observar o conteúdo de princípios ativos do boldo. A sua riqueza química proporciona uma ampla aplicação terapêutica.

As princiapais indicações são para hipoacidez e dispepsias (sensação de empanzinamento). Aumenta a produção de bile e promove a proteção hepática. Possui ação desintoxicante do fígado e pode ser usado em casos de ingestão alcoólica exagerada.

Pode ser usado na forma de chá, cápsulas ou extrato fluido como tratamento ou sempre que tiver problema de má digestão.

                                                natal festa

Boas Festas, com saúde e alegria!

Por: Eliza Harada

Comentários


  • Hilda Leal
    Eu pego 5 folhas, bato no pilão até virar uma pasta, ponho água e passo no coador. Faço isso e tomo um copo na hora de deitar, durmo como se estivesse anestesiada. Tenho problema de insônia, descobri, por acaso, que o boldo é um sonífero natural. Ao menos para mim. Dizem até que está curando a gripe causada pelo COVID-19, na forma de chá quente...
    ⇒ Oficina de Ervas: Oi Hilda. Esse boldo que você está usando deve ser aquele que tem a folha peludinha. Ela é muito boa para aliviar a digestão, para problemas de gastrite, diarreia e gases. É chamado de boldo brasileiro. Já o boldo do chile não existe no Brasil e é uma árvore grande. Quanto à ação para COVID 19, não há estudos, mas com certeza as pessoas acabam tentando usar de tudo que conhecem para não ter que ir ao hospital. Então pode ser que o doente sinta algum alívio, mesmo que seja um conforto gástrico. Agradeço por seu comentário e estamos à disposição para qualquer dúvida.
  • Iarle
    Realmente, aqui no Brasil até hoje só vi do tipo peludinho, mas ele é ótimo também, o boldo-do-chile a gente encontra, só em sachês ou as folhas secas.
    ⇒ Oficina de Ervas: Oi Iarle. Sim, o boldo do chile é uma árvore frondosa e bem diferente do boldo brasileiro, e não tem aqui no Brasil. Como é uma planta conhecida no mundo todo, a forma mais encontrada é essa das folhas secas. Qualquer dúvida, entre em contato conosco.

Deixe seu comentário sobre:
Boldo do Chile e suas propriedades.