"Especializada em plantas medicinais."

Digite o que procura abaixo
ou entre em contato conosco.

Alfavacão

Alfavacão (Ocimum gratissimum)

Antigamente quando uma pessoa ficava resfriada e com muitas dores no corpo, a planta que os mais velhos indicavam era o chá de alfavacão, pois além de combater o resfriado em si, também dava alívio às dores do corpo. De sabor agradável, quando bem quente e adoçado com mel, proporciona um alívio quase que imediato ao doente. Você ainda pode incrementar o seu chá com um pouco de limão cravo, um pouco de canela ou então com alguns dentes de alho. O resultado será fantástico.

Mas alfavaca e alfavacão é a mesma planta? Não, a alfavaca ou manjericão é o Ocimum basilicum, e o afavacão é o Ocimum gratissimum. São plantas bem parecidas, e com muitas indicações semelhantes. O alfavacão possui folhas grandes, medindo até 10 cm de comprimento por 2 a 3 cm de largura, de coloração verde escura, apresentando bordos serrilhados. A planta pode atingir até uns 2 metros de altura e sua origem é tida como sendo do Oriente, mas com ampla distribuição pelo Brasil. Seu caule pode se tornar muito grosso e lignificado, suportando bem as podas. Sua multiplicação se dá por estaquia ou por sementes. Suas flores são de coloração branca levemente arroxeada, distribuídas em inflorescência tipo racemos paniculadas.

Seu aroma é muito parecido com o cravo, daí o seu nome popular em algumas regiões de alfavaca-cravo. Este aroma agradável se deve à presença de um componente de seu óleo essencial, o eugenol, que está presente com uma concentração de até 70%. O eugenol, que também está presente no óleo essencial de cravo, possui excelentes qualidades terapêuticas. Possui ação anti-séptica e analgésica, por isto é indicada nos casos de resfriado com dor no corpo. Só para ter uma idéia de seu efeito analgésico, o eugenol é usado ainda hoje nos consultórios odontológicos, juntamente com o óxido de zinco para fazer os curativos nos dentes. Além de fazer uma assepsia na cavidade, também auxilia a diminuir a dor.

Popularmente as mães utilizam o alfavacão em seus filhos não só na forma de chá, mas também na forma de banhos. Depois de um dia com muito esforço físico, em que a musculatura se apresenta toda dolorida, experimente preparar um banho de banheira e coloque algumas folhas de alfavacão na água bem aquecida. Entre e fique com o corpo mergulhado por uns 20 a 30 minutos. Você sentirá aos poucos um relaxamento incrível, e grande parte de suas dores desaparecerá.

Também possui ação carminativa, diurética e sudorífera. Em algumas regiões também é muito empregado como calmante em casos de nervosismo e até mesmo de paralisia.

Muitas doceiras do nordeste brasileiro utilizam ferver a água com as folhas do alfavacão antes de preparar os seus doces, pois isto proporcionará um sabor leve e gostoso do cravo. Experimente! Você irá aprovar.


Ademar Menezes Junior
      

 

Outros Produtos Naturais