"Conheça os benefícios que as plantas podem fazer por você."
Parcelamento em até 6X SEM JUROS!

Digite o que procura abaixo
ou entre em contato conosco.

A Importância do Licopeno para sua Saúde.

 

Licopeno é a substância que dá a cor vermelha ao
tomate, melancia, beterraba, goiaba, entre outros
alimentos. Contudo o licopeno possui uma propriedade
mais relevante do que a de pigmento alimentar.
É um potente antioxidante que impede e repara os danos
celulares causados pelos radicais livres.
O licopeno não é produzido pelo organismo por isso só é obtido
através da alimentação.
As pesquisas mostram que o licopeno existente nos alimentos
é absorvido de um modo mais eficaz pelo organismo quando:
 - É processado em sumo, molho ou pasta, pois há uma ruptura
das células da planta e uma maior quantidade de licopeno é
libertada.
  - É exposto ao calor, visto que o processamento térmico leva
a uma destruição celular, tornando o licopeno mais disponível
para a absorção.
 - É ingerido juntamente com gordura, pois o licopeno é uma
substância liposolúvel (dissolve-se na gordura).
o tomate é o fruto tido 
como a principal fonte de licopeno, por isso o mais estudado. 
Sua origem provável é das Américas, especialmente do México, 
América Central, além dos incas do Peru na América do Sul. 
O fator de difusão do consumo e cultivo do fruto tem origem 
nas grandes navegações da Era Colombiana.
Indicações do Licopeno:
Pode ser usado para neutralizar os radicais livres 
exercendo um efeito preventivo contra o câncer; diminui 
significativamente a incidência de tumores mamários e câncer de 
próstata; protege o sistema cardiovascular e é associado à redução de 
tumores do trato digestivo. Contribui também para o fortalecimento do 
sistema imunológico e proteção da pele contra raios UV.
Também indicado na síndrome de degeneração macular, catarata e certas complicações durante a gravidez, como pré-eclâmpsia e crescimento fetal vacilante.
"Que seu remédio seja seu alimento, e que seu alimento seja seu remédio"
Hipócrates(Grécia, 460 a.C. —  370 a.C

Licopeno é a substância que dá a cor vermelha ao tomate, melancia, beterraba, goiaba, entre outros alimentos. Contudo o licopeno possui uma propriedade mais relevante do que a de pigmento alimentar.

tomate - frutatomate - molho frutas vermelhas

É um potente antioxidante que impede e repara os danos celulares causados pelos radicais livres.

O licopeno não é produzido pelo organismo por isso só é obtido através da alimentação.

As pesquisas mostram que o licopeno existente nos alimentos é absorvido de um modo mais eficaz pelo organismo quando: 

- É processado em sumo, molho ou pasta, pois há uma ruptura das células da planta e uma maior quantidade de licopeno é libertada. 

- É exposto ao calor, visto que o processamento térmico leva a uma destruição celular, tornando o licopeno mais disponível para a absorção. 

- É ingerido juntamente com gordura, pois o licopeno é uma substância lipossolúvel (dissolve-se na gordura).

O tomate maduro é o fruto tido como a principal fonte de licopeno, por isso o mais estudado. Sua origem provável é das Américas, especialmente do México, América Central, além dos incas do Peru na América do Sul. O fator de difusão do consumo e cultivo do fruto tem origem nas grandes navegações da Era Colombiana.

Indicações do Licopeno:

Pode ser usado para neutralizar os radicais livres exercendo um efeito preventivo contra o câncer; diminui significativamente a incidência de tumores mamários e câncer de próstata; protege o sistema cardiovascular e é associado à redução de tumores do trato digestivo. Contribui também para o fortalecimento do sistema imunológico e proteção da pele contra raios UV.
Também indicado na síndrome de degeneração macular, catarata e certas complicações durante a gravidez, como pré-eclâmpsia e crescimento fetal vacilante. 

                                       licopeno - melancia

"Que seu remédio seja seu alimento, e que seu alimento seja seu remédio"
( Hipócrates, Grécia, 460 a.C. —  370 a.C.)

      

Outros informativos que podem interessar