"Deixe a natureza cuidar de você."
Parcelamento em até 6X SEM JUROS!

Digite o que procura abaixo
ou entre em contato conosco.

O Velho e Poderoso Gengibre.

 

Desde a antiguidade, as plantas medicinais já eram utilizadas para a cura de
inúmeras doenças. Registros históricos de cinco mil anos mostram que os sumérios já 
usavam ervas para fins medicinais. O primeiro livro sobre ervas já registrado,data de 
2700 A.C e vem dos chineses com uma lista de 365 plantas. 
O Gengibre (Zingiber officinale) é originário das florestas tropicais do Sudoeste da Ásia e atualmente é cultivado nas Antilhas, Havaí, África, Austrália, e no Brasil. 
Aqui o gengibre é cultivado principalmente na faixa litorânea do Espírito Santo, 
Santa Catarina, Paraná e no sul de São Paulo, em razão das condições de clima e de solo 
mais adequadas. 
 Essa é uma das mais antigas plantas medicinais do mundo, e o rizoma é utilizado na medicina popular de quase todos os povos do planeta.  Na China, o chá de gengibre fresco fervido em água é indicado para tratamento de gripes, tosses, resfriados e ressacas. No Japão, são realizadas massagens com óleo de gengibre para problemas nas articulações.
Atualmente ele é bastante indicado para programas de desintoxicação do organismo, além de ser considerado um poderoso anti-inflamatório, anticoagulante, antioxidante e bactericida.
O gengibre é utilizado para tratamento de náuseas, vômito, dor de cabeça, congestão do peito, gripe, diarreia, dor de estômago, reumatismo, doenças nervosas, inflamação da garganta, asma e bronquite.
O uso na forma de chá preparado com o rizoma fresco é a forma mais antiga e comum. No entanto, ele pode ser usado na forma de pó desidratado  em confeitarias e padarias para fazer bolos diversos, pães, biscoitos e tortas. Também combina com frutas e legumes e faz parte de várias misturas de temperos.
"In natura" ele é muito usado na culinária japonesa, fazendo parte do preparo de diversos pratos, além do consumo em conserva.
Usado como fitoterápico, pode ser preparado na forma de cápsulas, extratos, xaropes, spray bucal, óleo essencial ou em pó para preparo de compressas.
As grandes possibilidades no consumo do gengibre, tanto como alimento quanto como fitoterápico, fazem dessa planta uma poderosa aliada para a manutenção da saúde. 
Essas informações são importantes para que a população possa aproveitar melhor de suas propriedades durante o ano todo, já que em nosso país existe a tradição de usar o gengibre para o preparo do famoso "quentão" nas festas juninas, restringindo seu consumo para apenas um pequeno período no ano.
Saudações!
Eliza Harada

O Gengibre é uma das mais antigas plantas medicinais do mundo, e o rizoma é utilizado na medicina popular de quase todos os povos do planeta.

Desde a antiguidade, as plantas medicinais já eram utilizadas para a cura de inúmeras doenças. Registros históricos de cinco mil anos mostram que os sumérios já usavam ervas para fins medicinais. O primeiro livro sobre ervas já registrado, data de 2700 A.C e vem dos chineses com uma lista de 365 plantas. 

O Gengibre (Zingiber officinale) é originário das florestas tropicais do Sudoeste da Ásia e atualmente é cultivado nas Antilhas, Havaí, África, Austrália, e no Brasil. Aqui o gengibre é cultivado principalmente na faixa litorânea do Espírito Santo, Santa Catarina, Paraná e no sul de São Paulo, em razão das condições de clima e de solo mais adequadas. 

gengibre - rizoma   gengibre - cha   gengibre - conserva

Na China, o chá de gengibre fresco fervido em água é indicado para tratamento de gripes, tosses, resfriados e ressacas. No Japão, são realizadas massagens com óleo de gengibre para problemas nas articulações.

Atualmente ele é bastante indicado para programas de desintoxicação do organismo, além de ser considerado um poderoso anti-inflamatório, anticoagulante, antioxidante e bactericida.

O gengibre é utilizado para tratamento de náuseas, vômito, dor de cabeça, congestão do peito, gripe, diarreia, dor de estômago, reumatismo, doenças nervosas, inflamação da garganta, asma e bronquite.

O uso na forma de chá preparado com o rizoma fresco é a forma mais antiga e comum. No entanto, ele pode ser usado na forma de pó desidratado  em confeitarias e padarias para fazer bolos diversos, pães, biscoitos e tortas. Também combina com frutas e legumes e faz parte de várias misturas de temperos.

"In natura" ele é muito usado na culinária japonesa, fazendo parte do preparo de diversos pratos, além do consumo em conserva.

gengibre - alimento   gengibre - doce   gengibre - caps


Usado como fitoterápico, pode ser preparado na forma de cápsulas, extratos, xaropes, spray bucal, óleo essencial ou em pó para preparo de compressas.

As grandes possibilidades no consumo do gengibre, tanto como alimento quanto como fitoterápico, fazem dessa planta uma poderosa aliada para a manutenção da saúde. 

Essas informações são importantes para que a população possa aproveitar melhor de suas propriedades durante o ano todo, já que em nosso país existe a tradição de usar o gengibre para o preparo do famoso "quentão" nas festas juninas, restringindo seu consumo para apenas um pequeno período no ano.


Saudações!


Eliza Harada

                    

Outros informativos que podem interessar