"Especializada em plantas medicinais."
Parcelamento em até 6X SEM JUROS!

Digite o que procura abaixo
ou entre em contato conosco.

Gripe ou Resfriado? Veja as diferenças

Fito oleo nasal 3

O que é a Gripe?

A gripe é causada pelos vírus da família Influenza, que pode ser forte ou fraca, dependendo da espécie.  Geralmente, os sintomas de gripe aparecem repentinamente, com dores no corpo, cansaço e febre. Até o quarto dia, os sintomas no corpo diminuem e os sintomas respiratórios aumentam, com uma tosse seca frequente.

Além de atingir o nariz e a faringe, o vírus da gripe atinge todo o sistema respiratório,  tratando-se de uma doença mais forte e podendo causar complicações mais graves. A principal complicação causada pela gripe é a pneumonia.

Gripes mais fortes possuem sintomas como dificuldade e dor no peito para respirar, pressão baixa, desorientação, alterações da consciência e vômitos frequentes.

O que é o Resfriado?

O resfriado é uma infecção respiratória mais fraca e existem vários outros vírus que podem provocá-la, como o Rinovírus e o Adenovírus. Seus sintomas aparecem entre 24 a 72 horas desde o contato com o vírus e normalmente dura de 5 a 7 dias. A doença se espalha durante os primeiros 3 dias de sintomas, pois é quando o vírus é contagioso.

Os primeiros sinais de resfriado costumam ser irritação na garganta ou coceira no nariz, seguidos de coriza e espirros. É comum ficar com o nariz entupido durante os resfriados e a maioria dos pacientes não apresenta febre. Nos primeiros dias, pode ocorrer dor de garganta e pode haver uma tosse seca que dura bastante tempo. Complicações de resfriado são muito raras.

Mulher gripe mascara

Como posso me prevenir?

- Evitar contato com pessoas contaminadas;

- Evitar passar as mãos nos olhos e na boca;

- Lavar as mãos com sabão frequentemente;

- Higienizar as mãos com álcool gel ou outras soluções antissépticas;

- Evitar ficar em ambientes fechados, com muitas pessoas ou pouca circulação de ar;

- Não dividir objetos pessoais, como toalhas, talheres, copos, etc;

- Fortalecer o sistema imunológico com alimentação saudável.

Pessoas que já foram infectadas com o vírus, além de tudo, devem cobrir a boca para tossir ou espirrar e usar máscaras descartáveis.


A Fitoterapia contra Gripe e Resfriado

Existem várias plantas que podem ajudar a evitar e tratar gripes e resfriados, como a equinácea, gengibre, sucupira, cúrcuma, coco, guaco, alcaçuz europeu, eucalipto, perilla e alfavacão. Há outras plantas que também podem ser usadas como coadjuvantes como a canela, limão, cravo, hortelã, gengibre, anis estrelado, alho e cebola.

O mel e o própolis também são ótimos para melhorar o tratamento. Mantenha-se hidratado, alimente-se bem e descanse bastante, para ter uma boa recuperação.

 

Está com dúvidas? Fale com o nosso fitoterapeuta clicando aqui.

 

Por Vitória Emi H M

Quando o tempo começa a esfriar, já ficamos preocupados com o aumento dos casos de gripe. Nessa época, várias pessoas começam a espirrar e ficar com o nariz entupido. Mas você sabia que existe diferença entre gripes e resfriados?

A gripe é causada pelos vírus da família Influenza, que podem provocar gripes mais fortes ou mais fracas dependendo da espécie. O resfriado é uma infecção respiratória como a gripe, mas mais fraca e existem vários outros vírus que podem provocá-la, como o Rinovírus e o Adenovírus.

Além disso, é possível diferenciar a gripe do resfriado pelos sintomas do paciente, que apresentam algumas diferenças.


Quais são os sintomas da Gripe?

Geralmente, os sintomas de gripe aparecem repentinamente, com vermelhidão no rosto, dores no corpo, cansaço e febre. Entre o segundo e o quarto dia, os sintomas no corpo começam a diminuir e os sintomas respiratórios aumentam, com uma tosse seca frequente.

Além de atingir o nariz e a faringe, o vírus da gripe atinge todo o sistema respiratório, como a traquéia, os brônquios e os pulmões. Sendo assim, trata-se de uma doença mais forte que o resfriado, principalmente para idosos e pessoas debilitadas, que pode causar complicações mais graves e, eventualmente, levar o paciente a óbito. A principal complicação causada pela gripe é a pneumonia, que é responsável por um número de internações hospitalares muito grande no país.

Alguns sintomas e sinais demonstram quando a gripe é muito forte, como dificuldade e dor no peito para respirar, pressão baixa, desorientação, alterações da consciência e vômitos frequentes.


Quais são os sintomas do Resfriado?

O resfriado é muito contagioso e pode ser transmitido através de espirros, tosses e contato com mãos infectadas. Seus sintomas aparecem entre 24 a 72 horas desde o contato com o vírus e normalmente dura de 5 a 7 dias. É preciso tomar bastante cuidado durante os primeiros 3 dias de sintomas, pois é quando o vírus é contagioso e se espalha.

Os primeiros sinais de resfriado costumam ser irritação na garganta ou coceira no nariz, que, depois de algumas horas, são seguidos de coriza e espirros. É muito comum ficar com o nariz entupido durante os resfriados e a maioria dos pacientes não apresenta febre, como acontece nos casos de gripe. Nos primeiros dias, pode ocorrer dor de garganta e pode haver tosse seca que dura até semanas depois do fim dos sintomas.

São raras as complicações de um resfriado, mas podem incluir asma e infecção bacteriana, como sinusite.


Como posso me prevenir?

Ambas as doenças são altamente contagiosas, por isso, separamos algumas dicas de como diminuir o risco de transmissão.


Pessoas não infectadas com os vírus devem:

- Evitar contato com pessoas contaminadas

- Evitar passar as mãos nos olhos e na boca

- Lavar as mãos com sabão frequentemente

- Higienizar as mãos com álcool gel ou outras soluções antissépticas

- Evitar ficar em ambientes fechados ou com pouca circulação de ar

- Evitar ficar em ambientes com uma concentração muito alta de pessoas

- Não dividir objetos que entrem em contato com a boca e olhos, como toalhas de rosto, talheres, copos, etc.

- Fortalecer o sistema imunológico com hábitos saudáveis, como uma boa alimentação


Pessoas que já foram infectadas com o vírus devem:

- Evitar contato com pessoas não contaminadas

- Cobrir a boca para tossir ou espirrar

- Usar máscara descartável

- Lavar as mãos com sabão frequentemente

- Higienizar as mãos com álcool gel ou outras soluções antissépticas

- Evitar ficar em ambientes fechados ou com pouca circulação de ar

- Evitar ficar em ambientes com uma concentração muito alta de pessoas

- Não dividir objetos que entrem em contato com a boca e olhos, como toalhas de rosto, talheres, copos, etc.


A Fitoterapia contra Gripe e Resfriado

Como a Fitoterapia é muito rica, não conseguimos falar de todas as plantas que podem ajudar a combater e evitar as gripes e resfriados, mas listamos algumas delas:

Equinácea - Estimula o sistema imunológico e auxilia no combate de vírus, bactérias e fungos.

Gengibre - Ameniza os enjoos e o mal estar causados pelos vírus. Também pode ser usado para tratar dor de garganta e tosse seca.

Sucupira - Ajuda a baixar febres e a amenizar dores no corpo, pois possui ação anti-inflamatória. Também age como antisséptica em casos de faringites e amigdalites. Pode ser usada como coadjuvante no tratamento de pneumonias devido à sua ação expectorante.

Cúrcuma - Age como anti-inflamatório e antialérgico. Também pode ser usada para tratar sinusites.

Coco - Melhora as defesas do organismo e possui ação antiviral.

Guaco - Ajuda no tratamento de tosse, bronquite, pigarro, asma, inflamação de garganta e rouquidão.

Alcaçuz - Possui ação antialérgica, expectorante, antitussígena e fluidificante de secreções.

Eucalipto - Age como antisséptico e anti-inflamatório.

Perilla - Possui ação anti-inflamatória e antialérgica, inibindo a liberação de histamina.

Alfavacão - Diminui os sintomas de dor no corpo, cansaço e mal estar.


Existem outras plantas que também podem ajudar no tratamento da gripe ou resfriado, como a canela, limão, cravo, hortelã, gengibre, anis estrelado, alho e cebola.


O mel e o própolis também podem ser usados. Este último possui ação antibiótica natural e antisséptica. Sempre se mantenha hidratado, alimente-se bem e descanse bastante, para ter uma recuperação melhor.


Está com dúvidas? Fale com o nosso fitoterapeuta clicando aqui.


                    

Outros informativos que podem interessar