"Conheça os benefícios que as plantas podem fazer por você."
Parcelamento em até 6X SEM JUROS!

Digite o que procura abaixo
ou entre em contato conosco.

Como cuidar da Hiperplasia Prostática Benigna (HPB)

Homem pensandoA  hiperplasia prostática benigna (HPB) normalmente se inicia em homens com mais de 40 anos e quando se associa a sintomas do trato urinário, pode provocar grande impacto na qualidade de vida.

Mais de metade dos homens com mais de 60 anos tem aumento da próstata e não se sabe exatamente por que este aumento ocorre. 

Principais Sintomas de HPB

Micção frequente. O sintoma mais comum da HPB é a vontade de urinar com mais frequência, inclusive durante a noite.

Dificuldade para urinar. Pode ocorrer a demora para iniciar a micção, além de urinar com um fluxo mais fraco do que antes. O homem pode sentir que ainda há urina dentro da bexiga mesmo após ter acabado de urinar.

Incapacidade de urinar. Ocorre se a HPB bloqueia completamente a uretra. Isto também pode ocorrer como resultado de infecções ou se os músculos da bexiga se tornam excessivamente fracos. Neste caso, deve-se procurar um pronto socorro de urgência.

No caso de suspeita de HPB, um médico urologista deve ser consultado o quanto antes, para avaliação e tratamento corretos.

Prevenção de HPB

Após os 40 anos, é importante fazer os exames preventivos, principalmente para avaliar o risco de câncer da próstata.

Se o homem apresentar sintomas leves da HPB, o médico pode sugerir observar a evolução do quadro clínico por um tempo determinado. Em alguns casos a doença nunca precisará de quaisquer tratamentos se os sintomas não piorarem. 

Mudanças no Estilo de Vida

Algumas mudanças no estilo de vida podem ajudar no alívio dos sintomas, como por exemplo:

Reduzir o consumo de álcool e cafeína.

Evitar beber líquidos na hora de dormir.

Evitar o uso de descongestionantes e anti-histamínicos.

Praticar exercícios regularmente.

Criar o hábito de ir ao banheiro quando tiver mais vontade.

Esvaziar totalmente a bexiga.

Praticar técnicas de relaxamento e contra o estresse.

Fitoterápicos Para Tratamento e Prevenção da HPB

Idoso FelizSaw palmetto: Também conhecido como Sabal e Serenoa repens, é o fitoterápico mais utilizado para o manejo da HPB. Alivia os sintomas da HPB devido às suas propriedades anti-inflamatórias e pela redução da proliferação celular.

Pygeum africanum: O extrato de Pygeum é usado na Europa para tratar a hiperplasia benigna da próstata (HPB) desde 1960. A casca do Pygeum contém vários componentes, incluindo beta-sitosterois, que exibem ação anti-inflamatória através da inibição da produção de prostaglandinas na próstata.

Licopeno: O licopeno é um componente nutricional promissor para a quimioprevenção do câncer da próstata (CaP), além de inibir a progressão da HPB.

Urtiga (Urtica dioica): A urtiga possui esteróis que parecem diminuir a ação da dihidrotestosterona (DHT), responsável pelo crescimento prostático.

Curcuma longa: Possui Curcuminóides, que são os fitoquímicos mais ativos na raiz da cúrcuma e exercem poderosos efeitos sobre a saúde através da sua atividade antioxidante, neuroprotetora, anti-inflamatória e ativando o sistema imunológico.

-Semente de Abóbora: Apresenta inibição do crescimento das células cancerosas da próstata, da mama e do cólon. Indicado para o tratamento da HPB. 

A HPB está intimamente relacionada com a idade do homem. Mas muitos estudos já comprovam a relação de outros fatores com o desenvolvimento dessa doença como fatores genéticos, diabetes, obesidade, valores altos de PSA, doença cardiovascular prévia e tabagismo. Alguns medicamentos como antidepressivos, descongestionantes nasais e anti-histamínicos podem agravar os sintomas. Ou seja, os estudos mostram que além da idade, o cuidado com a alimentação e estilo de vida influenciam na ocorrência ou não de HPB, além de outras doenças.

Por: Eliza Tomoe Harada

      

Outros informativos que podem interessar