"Encontre nas plantas saúde, beleza e harmonia para sua vida."
Parcelamento em até 6X SEM JUROS!

Digite o que procura abaixo
ou entre em contato conosco.

Conheça mais sobre a infertilidade feminina

A infertilidade conjugal é caracterizada quando o casal, após 18 meses de tentativas, não consegue a gravidez sem qualquer método contraceptivo.

De acordo com estudos, estima-se que a infertilidade conjugal acomete de 10% a 15% dos casais, sendo que algumas comunidades têm mais problemas do que as outras, ou seja, essa infertilidade não é uniforme em todas as populações do mundo.

Embora muitos acreditem que só as mulheres têm uma queda na chance de engravidar devido à idade, isso não é verdade. Homens também sofrem pela ação do tempo e quanto mais velhos, mais difícil conseguirem ter filhos. Além disso, outros fatores como a vida sedentária, cigarros, álcool, obesidade, diabetes, estresse e outras doenças e problemas do mundo moderno interferem negativamente para a geração de um filho.

Com relação à infertilidade feminina, existem diversas causas como por exemplo a disfunção ovulatória, obstrução das trompas, lesões pélvicas, alteração do muco cervical, diminuição da reserva ovariana, infertilidade inexplicada, endometriose, mioma, síndrome dos ovários policísticos e o fator da idade. O diagnóstico é feito clinicamente e por exames.

Estima-se que 10 % provém de causas desconhecidas, 20 % endometriose, 35 % são relacionados a problemas de ovulação e 35 % obstrução das trompas.

Quando a gestação não ocorre, podem sobressair-se sintomas associados a estresse psicológico e até mesmo doenças mentais. Estes, por sua vez, causam piora na função reprodutiva feminina.

Os tratamentos devem seguir as orientações médicas, associados a uma vida saudável e equilibrada.

Tratamento Natural

Algumas plantas medicinais (fitoterápicos) podem auxiliar em alguns casos de infertilidade. Muitas dessas plantas são usadas há séculos por determinadas civilizações, e seus efeitos benéficos despertaram o interesse de pesquisadores. Atualmente, muitos desses conhecimentos apresentam comprovações científicas, oferecendo mais segurança e melhores resultados.

Vitex - Indicada para amenizar os sintomas da menopausa. Regulador menstrual, controla sintomas de TPM e enxaqueca menstrual. Trata cistos ovarianos, fibromas uterinos, infertilidade feminina e endometriose.

Inhame - Nas mulheres aumenta a fertilidade porque contém fitoestrógenos, hormônios vegetais, importantes também na menopausa e após. Auxilia no controle da TPM.

Uxi amarelo - É utilizada no tratamento de miomas, ovário policístico, infecções urinárias. Indicado também para cólicas menstruais, hemorragia uterina.

Unha de gato - Usado junto com o Uxi Amarelo para o tratamento de miomas.

Mucuna - Melhora o processo de ovulação.

Hydrastis – Usada nas menorragias, metrorragias, metrites, fibromas, regulador menstrual, leucorreia e vulvovaginites.

Dong quai - Ameniza os sintomas da menopausa e da TPM, normaliza o ciclo menstrual.

Maca – Regula o ciclo menstrual e aumenta a fertilidade, reduz os sintomas da TPM e
da menopausa.

A natureza oferece a oportunidade de cuidarmos da nossa saúde e bem-estar.

A Equipe de fitoterapeutas da Oficina de Ervas fica à disposição para qualquer
dúvida ou orientação.

Por: Eliza Harada

                    

Outros informativos que podem interessar