"A sua saúde em equilíbrio com a natureza."
Parcelamento em até 6X SEM JUROS!

Digite o que procura abaixo
ou entre em contato conosco.

Sinusite - sintomas, causas e sugestões de tratamento

sinusiteSinusite é a doença provocada pela inflamação dos seios da face, que resulta em sintomas como dor na face, dor de cabeça, congestão nasal e mau hálito.

TIPOS DE SINUSITE

– Sinusite aguda: quando os sintomas duram menos de 4 semanas.

– Sinusite subaguda: quando os sintomas duram entre 4 e 12 semanas

– Sinusite crônica: quando os sintomas duram mais que 12 semanas.

– Sinusite recorrente: quando há 4 ou mais episódios de Sinusite durante o ano.

A imensa maioria das Sinusites agudas são de origem viral ou alérgica, porém, a obstrução e estase do muco nos seios favorece a proliferação de bactérias, podendo levar à sinusite bacteriana. Portanto, o paciente pode ter um quadro inicial de sinusite alérgica que, após contaminação com bactérias das vias respiratórias, se transforma em um quadro de sinusite bacteriana.

Em muitos casos não é possível distinguir uma sinusite viral de uma sinusite bacteriana nos primeiros 10 dias de doença. A existência de uma rinossinusite bacteriana aguda deve ser suspeitada em pacientes com qualquer uma das seguintes características:

1) sinais ou sintomas de sinusite aguda com duração de 10 ou mais dias sem melhora clínica,

2) início do quadro já com sintomas mais graves, como febre maior que 39ºC e descarga nasal purulenta, com duração de pelo menos três dias consecutivos,

3) um quadro de sinusopatia aguda que melhora após poucos dias, mas subitamente volta a piorar, surgindo febre, dor na face e coriza purulenta.

COMPLICAÇÕES DA SINUSITE

Como os seios da face apresentam íntima relação com órgãos nobres, como olhos, ouvidos e cérebro, a sinusite bacteriana pode levar a complicações graves. Portanto, é importante procurar atendimento médico sempre que houver as seguintes situações associadas à sinusopatia:

  • * Febre acima de 39ºC.
  • * Edema ou vermelhidão na face.
  • * Edema e vermelhidão em volta dos olhos.
  • * Visão dupla ou qualquer outra alteração visual.
  • * Confusão mental.
  • * Dor de cabeça muito intensa.
  • * Rigidez de nuca.
  • * Prostração intensa.

A Sinusite bacteriana, apesar de apresentar uma taxa de mortalidade baixa, é uma infecção que não deve ser negligenciada, principalmente quando existem os sinais descritos acima. Entre as suas possíveis complicações podemos citar a infecção dos olhos, meningite, abscesso cerebral, infecção dos ossos da face, otites e labirintite.

DIFERENÇAS ENTRE SINUSITE CRÔNICA E SINUSITE AGUDA

sinusite dor

A sinusite crônica é aquela que permanece por mais de 12 semanas consecutivas apesar do tratamento e pode ser causada por uma infecção ou por tumores.

A sinusite crônica está muito associado à presença de desvio de septo nasal e/ou pólipos nasais. Os dois propiciam a cronicidade por causarem obstrução da comunicação entre os seios paranasais e as vias nasais.

Outras causas de infecção crônica são a sinusite por fungos, doença do refluxo gastroesofágico, alergia respiratória recorrente, HIV, asma e fibrose cística.

A sinusite aguda pode ser desencadeada por um resfriado ou por alergias e pode desaparecer por conta própria. Os sintomas incluem dor de cabeça, dor facial, secreção nasal e congestão nasal.

A sinusite aguda geralmente não requer nenhum tratamento além do alívio sintomático com medicamentos para a dor, descongestionantes nasais e soro para lavagem nasal.

TRATAMENTOS NATURAIS PARA SINUSITE

- Limpeza nasal com água morna e sal ou soro fisiológico - Esse tipo de solução salina tem ação de limpeza, hidratação e descongestionante da mucosa nasal.

- Nebulização com Eucalipto globulus - Ação expectorante. Pose ser usado o óleo essencial ou as folhas em água quente.

- Buchinha do Norte - Preparar 1/4 da buchinha em um copo de água fervente e fazer a nebulização. Não ingerir e nem pingar essa solução nas narinas.

- Cúrcuma - Pode ser usada na forma de cápsulas, tinturas, xaropes ou chás para uso interno. Usado também em aplicação nasal. Tem ação anti-inflamatória.

- Própolis - Melhora a imunidade, tem ação antibiótica natural e pode ser usada internamente na forma de cápsulas, xaropes ou extrato. Usado também para aplicação nasal.

- Alcaçuz - Ação antialérgica, cicatrizante e fluidificante de secreções. Uso interno e na aplicação nasal em composto (Fito-óleo nasal)

- Sucupira - Ação analgésica, antigripal e antialegênica no uso interno e na forma de spray nasal (Cúrcuma, Sucupira e Própolis)

- Hydrastis canadensis - Usado classicamente como anticatarral nas afecções broncopulmonares e sinusites. Usado em tintura e em formulações homeopáticas.

- Equinácea - Melhora o sistema imunológico evitando resfriados e gripes, que podem levar ao quadro de sinusite.

- Unha de Gato - Melhora o sistema imunológico evitando resfriados e gripes, que podem levar ao quadro de sinusite.

 Por: Eliza Tomoe Harada

Confira o vídeo sobre: Sinusite - sintomas, causas e sugestões de tratamento

                    

Outros informativos que podem interessar