"A sua saúde em equilíbrio com a natureza."
Parcelamento em até 6X SEM JUROS!

Digite o que procura abaixo
ou entre em contato conosco.

O Afrodisíaco Tribulus: Mito ou Verdade?

             tribulus planta        tribulus po  

Tribulus terrestris é uma planta perene da família Zygophyllaceae, que cresce predominantemente na Índia e África. O Tribulus é mencionado em antigos textos médicos da ayurvédica indiana, que datam de milhares de anos. Ele tem sido usado amplamente no sistema de medicina Ayurveda para o tratamento de disfunção sexual e outros distúrbios urinários.
Em um estudo inicial, o Tribulus terrestris demonstrou aumento de espermatogênese e 
atividade sexual em animais de laboratório. Dentre suas propriedades, descobriu-se a ativação da produção natural de testosterona nos homens através da ativação da secreção do hormônio masculino e estradiol. Estudos clínicos na Bulgária mostraram que o Tribulus terrestris aumentou o nível do hormônio sexual LH (hormônio luteinizante). Esse hormônio regula a produção de testosterona nos testículos e altos níveis de LH coincidem com altos níveis de testosterona. 
O Tribulus tem se tornado cada vez mais popular entre os atletas, pois também aumenta a força e resistência muscular.
Atualmente está se mostrando muito eficaz no tratamento da impotência e falta de libido (masculina ou feminina) e principalmente sua ação está sendo comprovada através de vários estudos conduzidos em grandes centros de pesquisa. 
 
Através de alguns estudos foi descoberto que o Tribulus terrestris aumenta os níveis dos hormônios testoterona , LH,FSH e estradiol. Houve melhoras nas funções reprodutivas, incluindo  aumento na produção de esperma e níveis de testosterona em homens e aumento da concentração de hormônios femininos em mulheres. O Tribulus terrestris promove um efeito estimulante no fígado, diminuindo o colesterol e ácidos graxos que inibem seu funcionamento. É usado também para tratar infecções urinárias.  
O aumento dos níveis de testosterona causado pelo Tribulus terrestris, promove síntese de proteínas, balanço positivo de nitrogênio, melhorando também o stress muscular. 
Já os efeitos da fotodioscina foram avaliados, concluindo um efeito  pró-eréctil, devido provavelmente a um aumento na liberação do óxido nitrico das terminações nervosas do endotélio e do nervo nitrérgico, justificando assim seu efeito afrodisíaco. 
É contra-indicado em casos de gravidez, lactância, câncer de próstata e hepatopatias.
A pesquisa é muito importante, pois através dela é que podemos validar e entender os antigos conhecimentos, obtidos através de muitos anos de observação e muita sabedoria passada de geração em geração, para o benefício de todos.
Por:
Eliza Tomoe Harada

Tribulus terrestris é uma planta perene da família Zygophyllaceae, que cresce predominantemente na Índia e África. O Tribulus é mencionado em antigos textos médicos da ayurvédica indiana, que datam de milhares de anos. Ele tem sido usado amplamente no sistema de medicina Ayurveda até hoje, para o tratamento de disfunção sexual e outros distúrbios urinários.

Em um estudo inicial, o Tribulus terrestris demonstrou aumento de espermatogênese e atividade sexual em animais de laboratório. Dentre suas propriedades, descobriu-se a ativação da produção natural de testosterona nos homens através da ativação da secreção do hormônio masculino e estradiol. Estudos clínicos na Bulgária mostraram que o Tribulus terrestris aumentou o nível do hormônio sexual LH (hormônio luteinizante). Esse hormônio regula a produção de testosterona nos testículos, e altos níveis de LH coincidem com altos níveis de testosterona. 

O Tribulus tem se tornado cada vez mais popular entre os atletas, pois também aumenta a força e resistência muscular.

                tribulus musculo     tribulus amor

Atualmente está se mostrando muito eficaz no tratamento da impotência e falta de libido (masculina ou feminina) e principalmente sua ação está sendo comprovada através de vários estudos conduzidos em grandes centros de pesquisa.  Através de alguns estudos foi descoberto que o Tribulus terrestris aumenta os níveis dos hormônios testoterona , LH, FSH e estradiol.

Houve melhoras nas funções reprodutivas, incluindo  aumento na produção de espermatozóides e níveis de testosterona em homens e aumento da concentração de hormônios femininos em mulheres. O Tribulus terrestris promove um efeito estimulante no fígado, diminuindo o colesterol e ácidos graxos que inibem seu funcionamento. É usado também para tratar infecções urinárias. O aumento dos níveis de testosterona causado pelo Tribulus terrestris, promove síntese de proteínas, balanço positivo de nitrogênio, melhorando também o stress muscular. 

Já os efeitos da fotodioscina foram avaliados, concluindo um efeito  pró-eréctil, devido provavelmente a um aumento na liberação do óxido nitrico das terminações nervosas do endotélio e do nervo nitrérgico,  justificando assim seu efeito afrodisíaco. 

É contra-indicado em casos de gravidez, lactância, câncer de próstata e hepatopatias.

A pesquisa é muito importante, pois através dela é que podemos validar e entender os antigos conhecimentos, obtidos através de muitos anos de observação e muita sabedoria passada de geração em geração, para o benefício de todos.


Por: Eliza Tomoe Harada

      

Outros informativos que podem interessar