"A sua saúde em equilíbrio com a natureza."
Parcelamento em até 6X SEM JUROS!

Digite o que procura abaixo
ou entre em contato conosco.

Curcuma longa, o alimento que é um santo remédio.

A Cúrcuma (Curcuma longa) é originária da Índia e Sudeste Asiático. Foi introduzida no Brasil ainda quando colônia e é cultivada nos países tropicais tanto como planta medicinal quanto como condimento, sendo a Índia o maior produtor, responsável pela produção de 90 % de toda Cúrcuma produzida no mundo.

curcuma plantio

É uma planta perene com ramificações laterais compridas. A parte utilizada da planta é o rizoma (raiz), que externamente apresenta uma coloração esbranquiçada ou acinzentada e internamente amarelada. Do rizoma saem as folhas e as hastes florais. A colheita deve ocorrer na época em que a planta termina o ciclo, apresentando folhas amareladas e perde a parte aérea. Nesta fase, os rizomas apresentam pigmentos amarelos intensos.

A Cúrcuma também é conhecida como turmeric, açafrão da índia, açafrão da terra, gengibre dourado e mangarataia e a planta como um todo é chamada de açafroeira.

Esta planta era utilizada na Índia desde 610 a. C. , como corante para lãs, e ao longo da história foi usada também para colorir partes do corpo. É empregada como corante de alimentos em todo o mundo, principalmente como corante natural, como por exemplo, nas margarinas, queijos e temperos, sendo um dos componentes do "curry", usado na gastronomia indiana.

curcuma po

O interesse pela Cúrcuma tem aumentado significativamente nos últimos anos. Isto se deve ao fato de ser um produto natural e possuir características de cor semelhantes às da tartrazina, corante amarelo sintético muito utilizado na indústria alimentícia e farmacêutica, que tem provocado reações adversas ao homem. Além disto, a cúrcuma é bastante conhecida e explorada pela medicina asiática tradicional, sendo amplamente utilizada como digestivo, carminativo, anti-espasmódico, antioxidante, anti-diarreico, diurético, nas doenças do fígado (hepatites, cirrose, calculose biliar), como tônico no tratamento de úlceras, no tratamento de tosses e resfriados comuns, antitumoral, anti-HIV, anti-inflamatório para artrites, bursites e tendinites. Externamente, como pomada na cicatrização de feridas.

No sistema respiratório é indicado para otites (óleo medicado local), rinites, bronquites e sinusites. Trata infecções do trato respiratório superior e boca (faringites, amigdalites, e gengivites - gargarejos). Antialérgico das vias respiratórias.

No sistema cardio-circulatório é antitrombótica, discretamente hipotensora e antidislipêmico (diminui colesterol e triglicérides). É usada também em peles e anexos para dermatoses (urticárias, psoríase e dermatites - eczemas), antipruriginoso (nas alergias da pele), queimaduras, fístulas anais, cicatrizante para úlceras, feridas e escaras, eficaz para assaduras de crianças.

curcuma caps

Existe a forma concentrada da Cúrcuma, que é o extrato seco com 95% de curcuminoides, cuja ação é potencializada quando administrada junto com o extrato seco da pimenta preta (Piperina). O seu uso é para casos mais agudos ou urgentes.

A Cúrcuma é uma das plantas mais versáteis para a saúde, pois pode ser usada diariamente no preparo de pratos como arroz, legumes ou carnes. Como fitoterápico, ela pode ser preparada na forma de cápsulas, tintura, xaropes ou cremes para uso externo.

Segue o vídeo mostrando o cultivo e a colheita da Cúrcuma no Sítio da Mata, área de produção orgânica do grupo Oficina de Ervas.

Por: Eliza Harada

Confira o vídeo sobre: Curcuma longa, o alimento que é um santo remédio.

                    

Outros informativos que podem interessar