"Deixe a natureza cuidar de você."
Parcelamento em até 6X SEM JUROS!

Digite o que procura abaixo
ou entre em contato conosco.

O Ano de 2012 chegou!

Ademar

O ano de 2012 chegou
Nossa, mas quanto estresse nesses últimos anos. Parece que a vida está entrando em alta rotação, saindo de 36 rpm, caminhando para  45 rpm e nestes últimos meses praticamente chegando a 75 rpm. Pode ser que os mais novos não estejam entendendo o que estou dizendo, mas me refiro às rotações dos antigos discos, que começaram com 75 rpm, depois de uma evolução baixaram para 45 e nos nossos LPs de vinil rodavam a 36 rotações por minuto. Mas, não estamos mais conseguindo acompanhar esse mundo turbulento.  Por mais que nos esforcemos, está cada vez mais desgastante e sofrido. Quando vou ao sítio, onde cultivo minhas ervas, reparo em meus funcionários......parece que vivem em uma outra realidade.....e na verdade vivem mesmo.....O tempo para eles possui uma outra velocidade....um outro sentido....Não tem como comparar com o ritmo da cidade. 
Pois bem, e o que queremos para nós? Que ritmo vamos escolher para embalar nossa dança? Que rotação vamos entrar? Vamos nos deixar ser levados por esta loucura universal ou vamos estabelecer um novo ritmo para nós, adequado ao nosso momento e às nossas necessidades?  
Acho que todos já devem tem ouvido falar um monte de profecias sobre o tal fatídico ano de 2012, onde o nosso mundo iria entrar em colapso e acabaria tudo. Pois bem, que tal fazermos um 2012 diferente, especial para nós mesmos, em nosso mundo particular, mudando nossa vida estressada para uma nova realidade? Independente das loucuras que dizem a respeito do que pode acontecer, vamos procurar as mudanças internas e externas, romper com o sistema, com os sofrimentos, com as dependências, com as falsas necessidades criadas por um marketing agressivo! 
Quando uma pessoa te entrega algo, um objeto, um presente, você pode aceitá-lo ou não! Comece a não aceitar aquilo que não deseja! Vou dar um exemplo do que ocorreu comigo recentemente. Ao lançar uma série de chás instantâneos, um de nossos vendedores entrou em contato com uma rede de supermercados. O responsável pelas compras desta rede pediu para colocarmos os produtos de graça nas  lojas, como início de negociação. 
Para quem não está no mercado e portanto não sabe como funcionam as coisas, infelizmente é desse jeito. Os grandes tentam sugar cada vez mais os que estão abaixo. Não acho isso justo, e por mais que queira vender meus produtos, não vou participar desse esquema e dessa forma de exploração! Essa rede de supermercados, assim como todos os outros, vivem de vendas. Eles não produzem nada! Se ninguém entrar nesse esquema, isso poderá mudar! Assim, se quiserem vender algo, terão de bater na porta das indústrias e comprar as mercadorias para serem expostas em suas gôndolas! Percebam como podemos mudar um esquema, basta não aceitá-lo. 
Veja que podemos mudar o sistema apenas não querendo fazer parte dele, permanecendo nos antigos valores. Podemos mudar  tudo aquilo que não nos satisfaz! Então, aproveite agora o tal fatídico ano de 2012 para acabar com o seu velho mundo, e crie um outro para você! Por que não? você não merece??? Vamos criar um novo mundo melhor para você, para mim, e para todos os de boa vontade...
O momento chegou! 
Bom Natal a todos, um bom fim de mundo  e um excelente mundo novo!
Ademar Menezes Junior
Engenheiro Agrônomo e Terapeuta  


Nossa, mas quanto estresse nesses últimos anos. Parece que a vida está entrando em alta rotação, saindo de 36 rpm, caminhando para 45 rpm e nestes últimos meses praticamente chegando a 75 rpm. Pode ser que os mais novos não estejam entendendo o que estou dizendo, mas me refiro às rotações dos antigos discos, que começaram com 75 rpm, depois de uma evolução baixaram para 45 e nos nossos LPs de vinil rodavam a 36 rotações por minuto. Mas, não estamos mais conseguindo acompanhar esse mundo turbulento.  Por mais que nos esforcemos, está cada vez mais desgastante e sofrido. Quando vou ao sítio, onde cultivo minhas ervas, reparo em meus funcionários, parece que vivem em uma outra realidade, e na verdade vivem mesmo... O tempo para eles possui uma outra velocidade, um outro sentido! Não tem como comparar com o ritmo da cidade. 

 Pois bem, e o que queremos para nós? Que ritmo vamos escolher para embalar nossa dança? Que rotação vamos entrar? Vamos nos deixar ser levados por esta loucura universal ou vamos estabelecer um novo ritmo para nós, adequado ao nosso momento e às nossas necessidades?

Acho que todos já devem tem ouvido falar um monte de profecias sobre o tal fatídico ano de 2012, onde o nosso mundo iria entrar em colapso e acabaria tudo. Pois bem, que tal fazermos um 2012 diferente, especial para nós mesmos, em nosso mundo particular, mudando nossa vida estressada para uma nova realidade? Independente das loucuras que dizem a respeito do que pode acontecer, vamos procurar as mudanças internas e externas, romper com o sistema, com os sofrimentos, com as dependências, com as falsas necessidades criadas por um marketing agressivo! 

Bem, quando uma pessoa te entrega algo, um objeto ou um presente, você pode aceitá-lo ou não! Comece a não aceitar aquilo que não deseja!

Vou dar um exemplo do que ocorreu comigo recentemente. Ao lançar uma série de chás instantâneos, um de nossos vendedores entrou em contato com uma rede de supermercados. O responsável pelas compras desta rede pediu para colocarmos os produtos de graça nas  lojas, como início de negociação. 

Para quem não está no mercado e portanto não sabe como funcionam as coisas, infelizmente é desse jeito. Os grandes tentam sugar cada vez mais os que estão abaixo. Não acho isso justo, e por mais que queira vender meus produtos, não participo desse esquema e dessa forma de exploração! Essa rede de supermercados, assim como todos os outros, vivem de vendas. Eles não produzem nada! Se ninguém entrar nesse esquema, isso poderá mudar! Assim, se quiserem vender algo, terão de bater na porta das indústrias e comprar as mercadorias para serem expostas em suas gôndolas! Percebam como podemos mudar um esquema, basta não aceitá-lo. 

Veja que podemos mudar o sistema apenas não querendo fazer parte dele, permanecendo nos antigos valores. Podemos mudar  tudo aquilo que não nos satisfaz!

Então, aproveite agora o tal fatídico ano de 2012 para acabar com o seu velho mundo, e crie um outro para você! Por que não? você não merece??? Vamos criar um novo mundo melhor para você, para mim, e para todos os de boa vontade...

O momento chegou! 

                     fim do mundo    feliz ano novo 3

Um bom fim de mundo  e um excelente mundo novo para todos!


Ademar Menezes Junior
Engenheiro Agrônomo e Terapeuta  

             

Outros informativos que podem interessar