"Encontre nas plantas saúde, beleza e harmonia para sua vida."
Parcelamento em até 6X SEM JUROS!

Digite o que procura abaixo
ou entre em contato conosco.

Conheça a Tanchagem e seus efeitos medicinais.

 

A Tanchagem é um nome popular dado a várias espécies do gênero plantago, tanto espécies brasileiras quanto espécies exóticas. Isto devido a semelhança entre as diferentes espécies, não só com relação à forma externa, quanto também à suas ações terapêuticas.São cerca de 200 espécies, todas com efeitos medicinais. A espécie denominada Plantago lanceolata é originária da Europa, sendo que atualmente já se encontra dispersa por vários continentes. O Plantago major em algumas literaturas é citado como originário da Europa, em outras na Ásia e tem alguns autores que colocam o Brasil como sendo o seu local de origem. Existe ainda o Plantago minor, espécie que encontramos vegetando em grande quantidade na Mata Atlântica, formando um verdadeiro tapete sob a mata. De forma geral as folhas desta planta se assemelham a uma folha de almeirão, possui uma coloração verde escuro, e forma pequenas touceiras que podem atingir cerca de 30 cm de altura. Produz uma inflorescência no formato de espiga que em algumas espécies é a parte mais importante, como é o caso do Plantago psyllium. Neste caso, como as sementes são muito ricas em mucilagens, estas são utilizadas na fabricação de medicamentos para amenizar problemas de constipação intestinal ou prisão de ventre. É encontrado no mercado na forma de cápsulas de psilium ou então em saquinhos da farinha da semente, que as pessoas adicionam em seus alimentos.
De forma geral, utilizam-se as folhas da Tanchagem (P.lanceolata ou P. major) para tratar uma infinidade de doenças, principalmente para aquelas do sistema digestório e respiratório. Como suas folhas também possuem uma quantidade muito grande de mucilagens, é muito usada para proteger a garganta e as cordas vocais, além disso, possui uma ação antitussígena e antibiótica natural. Pode ser usado não só na forma curativa como também na preventiva, pois é uma planta muito saudável, praticamente atóxica, sendo que em alguns lugares são utilizadas na alimentação como saladas.
Também pode-se usar a Tanchagem para aftas, amigdalites, bronquites, gastrite, úlceras, diarreias, fissuras anais e hemorróidas.
Por: Eliza Tomoe Harada


A Tanchagem é um nome popular dado a várias espécies do gênero plantago, tanto espécies brasileiras quanto espécies exóticas. Isto devido a semelhança entre as diferentes espécies, não só com relação à forma externa, quanto também à suas ações terapêuticas.São cerca de 200 espécies, todas com efeitos medicinais.

tanchagem lanceolata tanchagem major tanchagem cultivo

A espécie denominada Plantago lanceolata é originária da Europa, sendo que atualmente já se encontra dispersa por vários continentes. Esta possui as folhas finas (vide foto 1) que dá origem ao seu nome. O Plantago major possui as folhas largas (vide foto 2). Em algumas literaturas é citado como originário da Europa, em outras na Ásia e tem alguns autores que colocam o Brasil como sendo o seu local de origem. Existe ainda o Plantago minor, espécie que encontramos vegetando em grande quantidade na Mata Atlântica, formando um verdadeiro tapete sob a mata.

A foto 3 mostra a área de cultivo de Plantago lanceolata no Sítio da Mata (Cajuru SP) onde as ervas medicinais são produzidas organicamente pela equipe de campo da Oficina de Ervas.

De forma geral as folhas desta planta se assemelham a uma folha de almeirão, possui uma coloração verde escuro, e forma pequenas touceiras que podem atingir cerca de 30 cm de altura. Produz uma inflorescência no formato de espiga que em algumas espécies é a parte mais importante, como é o caso do Plantago psyllium. Neste caso, como as sementes são muito ricas em mucilagens, estas são utilizadas na fabricação de medicamentos para amenizar problemas de constipação intestinal ou prisão de ventre. É encontrado no mercado na forma de cápsulas de psilium ou então em saquinhos da farinha da semente, que as pessoas adicionam em seus alimentos.

Utilizam-se normalmente as folhas da Tanchagem (P.lanceolata ou P. major) para tratar uma infinidade de doenças, principalmente para aquelas do sistema digestório e respiratório. Como suas folhas também possuem uma quantidade muito grande de mucilagens, é muito usada para proteger a garganta e as cordas vocais, além disso, possui uma ação antitussígena e antibiótica natural.

Pode ser usado não só na forma curativa como também na preventiva, pois é uma planta muito saudável, praticamente atóxica, sendo que em alguns lugares são utilizadas na alimentação como saladas. Outras formas normalmente usadas são em chá, tintura, extrato fluido, cápsulas e xarope.

Também pode-se usar a Tanchagem para aftas, amigdalites, bronquites, gastrite, úlceras, diarreias, fissuras anais e hemorróidas.

Por: Eliza Tomoe Harada

      

Outros informativos que podem interessar