"Especializada em plantas medicinais."
Parcelamento em até 6X SEM JUROS!

Digite o que procura abaixo
ou entre em contato conosco.

Aprendendo a viver com a Terapia Floral!

 

Ainda envolta por mistérios e dúvidas, progride o alcance dessa terapia que está na boca do povo. Talvez aos poucos, a intenção de seu criador, o médico inglês Edward Bach, de que essa forma de tratamento alcançasse todos os indivíduos e que não estivesse apenas nas mãos de especialistas catedráticos, está se realizando, pois sua utilização é tão vasta e sem riscos que muitas pessoas buscam essa opção para tratar doenças bem definidas como uma epilepsia, até situações corriqueiras que tiram nosso sossego, como não aguentar mais pensar nos problemas pessoais. Dessa forma, a terapia floral está se espalhando rapidamente, e o Brasil foi o país que melhor aceitou essa terapia no mundo. Mais do que a Inglaterra inclusive, que é o País de origem do criador. 
Existem hoje, o que chamamos de sistemas de florais, ou seja, conjuntos criados separadamente que possuem a capacidade de tratar os problemas, podendo ou não serem misturados. O mais famoso é o sistema conhecido como Florais de Bach, e no Brasil existem mais sistemas florais do que o resto do mundo inteiro junto.
Existe o lado bom e ruim desta situação. O ruim é que isso reflete os altos índices de ausência de saúde mental  no Brasil, definidos muitas vezes como quadros de ansiedade, depressão e todos os outros que conhecemos muito bem. O lado positivo dessa história, está relacionado a outro aspecto do floral e que foi categoricamente bem elaborado por Bach. Os florais são ferramentas de aprendizado!!! Além dos medicamentos serem capazes de aliviar o sofrimento mental, emocional e até físico do indivíduo, Bach criou uma filosofia por trás dos medicamentos! Na verdade, os medicamentos são baseados em cima de sua filosofia, que prega a total responsabilidade perante nossos sofrimentos mentais e emocionais. Isso significa que com o auxilio dos florais, podemos aprender, se estivermos dispostos a aperfeiçoar nossas emoções e pensamentos com menos sofrimento. Basta nós tentarmos! Isso no Brasil talvez fará com que novas gerações aprendam melhor sobre si mesmos, sobre como seu sofrimento é auto criado e como evitar seu progresso, e a consequência desse auto aprendizado é, talvez, o que todo ser humano busca, a incondicional felicidade.
O floral é um medicamento que não tem substâncias físicas em sua composição, além da água e o conhaque que o conserva. Mas ele carrega uma mensagem que será absorvida pelo indivíduo facilitando este a compreender o que está acontecendo consigo mesmo. E só entendendo, é que nós podemos modificar ( e de preferência para melhor) algo ou alguém.
Normalmente se utiliza florais para tratar emoções e pensamentos. As emoções em maior quantidade, pois são elas que comumente doem na população. Assim, é necessário fazer uma análise do problema, onde o paciente relata o que está acontecendo com ele no momento. Só assim é possível direcionar uma fórmula exata para o caso. Esse é outro ponto importante, não é recomendável fazer “fórmulas” para situações específicas, Por exemplo, uma pessoa pode estar ansiosa, pois deseja que algo aconteça logo, mas também pode estar ansiosa pois não aceita algo que está acontecendo. A ansiedade aqui é mero sintoma. O importante é o porquê do sintoma, pois o meio é mais importante que o fim!
É uma nova terapia, perfeita para aqueles que almejam e participam de mudanças positivas!
Por: José Carlos Sencini Jr. - Terapeuta Floral


Ainda envolta por mistérios e dúvidas, progride o alcance dessa terapia que está na boca do povo. Talvez aos poucos, a intenção de seu criador, o médico inglês Edward Bach, de que essa forma de tratamento alcançasse todos os indivíduos e que não estivesse apenas nas mãos de especialistas catedráticos, está se realizando, pois sua utilização é tão vasta e sem riscos que muitas pessoas buscam essa opção para tratar doenças bem definidas como uma epilepsia, até situações corriqueiras que tiram nosso sossego, como não aguentar mais pensar nos problemas pessoais. Pode ser utilizado também para tratar crianças, animais e plantas. Dessa forma, a terapia floral está se espalhando rapidamente, e o Brasil foi o país que melhor aceitou essa terapia no mundo. Mais do que a Inglaterra inclusive, que é o País de origem do criador. 

homeopatia tratamento crab apple felicidade homeopatia animais

Existem hoje, o que chamamos de sistemas de florais, ou seja, conjuntos criados separadamente que possuem a capacidade de tratar os problemas, podendo ou não serem misturados. O mais famoso é o sistema conhecido como Florais de Bach, e no Brasil existem mais sistemas florais do que o resto do mundo inteiro junto.

Existe o lado bom e ruim desta situação. O ruim é que isso reflete os altos índices de ausência de saúde mental  no Brasil, definidos muitas vezes como quadros de ansiedade, depressão e todos os outros que conhecemos muito bem. O lado positivo dessa história, está relacionado a outro aspecto do floral e que foi categoricamente bem elaborado por Bach. Os florais são ferramentas de aprendizado!!! Além dos medicamentos serem capazes de aliviar o sofrimento mental, emocional e até físico do indivíduo, Bach criou uma filosofia por trás dos medicamentos! Na verdade, os medicamentos são baseados em cima de sua filosofia, que prega a total responsabilidade perante nossos sofrimentos mentais e emocionais. Isso significa que com o auxilio dos florais, podemos aprender, se estivermos dispostos a aperfeiçoar nossas emoções e pensamentos com menos sofrimento. Basta nós tentarmos! Isso no Brasil talvez fará com que novas gerações aprendam melhor sobre si mesmos, sobre como seu sofrimento é auto criado e como evitar seu progresso, e a consequência desse auto aprendizado é, talvez, o que todo ser humano busca, a incondicional felicidade.

O floral é um medicamento que não tem substâncias físicas em sua composição, além da água e o conhaque que o conserva. Mas ele carrega uma mensagem que será absorvida pelo indivíduo facilitando este a compreender o que está acontecendo consigo mesmo. E só entendendo, é que nós podemos modificar ( e de preferência para melhor) algo ou alguém.

Normalmente se utiliza florais para tratar emoções e pensamentos. As emoções em maior quantidade, pois são elas que comumente doem na população. Assim, é necessário fazer uma análise do problema, onde o paciente relata o que está acontecendo com ele no momento. Só assim é possível direcionar uma fórmula exata para o caso. Esse é outro ponto importante, não é recomendável fazer “fórmulas” para situações específicas, Por exemplo, uma pessoa pode estar ansiosa, pois deseja que algo aconteça logo, mas também pode estar ansiosa pois não aceita algo que está acontecendo. A ansiedade aqui é mero sintoma. O importante é o porquê do sintoma, pois o meio é mais importante que o fim!

É uma nova terapia, perfeita para aqueles que almejam e participam de mudanças positivas!

Por: José Carlos Sencini Jr. - Terapeuta Floral

                    

Outros informativos que podem interessar