Óleo de Prímula, para que serve?

Conheça nossas fórmulas magistrais para Óleo de Prímula. Veja nossa lista de opções:
60 Cápsulas de 500mg Kampo de Ervas,   60 Cápsulas de 500mg ,   90 Cápsulas de 500mg,   120 Cápsulas de 500mg,   

O que é a Prímula?

primulaA Prímula (Oenothera biennis) é conhecida também pelos nomes populares: onográcea e estrela-da-tarde ou ‘evening primrose’ (nome originado do fato de suas flores abrirem-se ao entardecer). Na França é conhecida como onagre.

Esta planta era usada na América do Norte como alimento e da raiz, folhas, flores e caules os índios curandeiros faziam infusões e extratos emolientes, sedativa (tosse), estimulante da circulação sanguínea, nutriente capilar e para curar feridas.

O Óleo de Prímula é extraído das sementes por prensagem a frio. Apresenta cor amarelo pálido claro, com paladar e olfato típico.

É uma planta herbácea anual ou bianual, de caule robusto, folhas largas e longas, flores grandes e amarelas. O fruto é uma cápsula que contém numerosas sementes.

Composição química: Ácido gamalinolênico (GLA), fitosterol, onoterina, taninos, compostos flavônicos, mucilagens, ácido palmítico, ácido esteárico, ácido oleico, beta-sistosterol e citostadieno.

Óleo de Prímula é somente para TPM? Para que serve o Óleo de Prímula?

O Óleo de Prímula possui excepcionalmente alto índice de ácido linoleico (Ômega 6) e contém o tão importante ácido gama linolênico (GLA). Oferecendo ao organismo elementos construtivos essenciais, contribuindo no seu bom funcionamento e bem estar, especialmente na velhice, ou no envelhecimento prematuro provocado por certas enfermidades.

As prostaglandinas de série E1 (PGE1) são substâncias tipo Hormônios, com propriedades anti-inflamatórias, que exercem efeito regulador dos hormônios sexuais femininos, estrógenos, progesterona e prolactina, e têm efeito positivo sobre elasticidade cutânea (importante função da pele). Podem também agir como afinadores do sangue e como vasosdilatadores.

Atribui-se ao Óleo de Prímula diversos benefícios à saúde, com aplicações para:

- alívio dos sintomas da tensão pré-menstrual (TPM) e da menopausa,

- acne hormonal,

- doenças benignas no seio,

- regulação do nível de colesterol sanguíneo,

- regulação da pressão sanguínea,

- obesidade,

- esclerose múltipla,

- artrite,

- reumatismo,

- artrite reumatoide,

- diabetes.

Alguns estudos envolvendo as propriedades anti-inflamatórias do óleo de prímula, com algumas pessoas sofrendo de artrite reumática resultaram em benefício significativo.

Como tomar o Óleo de Prímula?

Geralmente o uso do Óleo de Prímula é na forma de cápsula oleosa.

A dosagem diária depende da necessidade, e pode variar entre 1g a 3g diários.

 

Por: Eliza Harada

Comentários


  • Gerson Miranda Placido dos Santos
    É um vasodilatador, regulador dos hormônios sexuais femininos, é bom para a pela porque induz a elasticidade da mesma. É um anti-inflamatório que pode ser usado para tratamentos de artrites e reumatismo, também usado para regular a pressão arterial , e no tratamento de acnes,.....
    ⇒ Oficina de Ervas: Oi Gerson. Sim, esse óleo serve para tudo isso mesmo!
  • Fátima Dias
    Eu estou na menopausa é Tbm tenho artrite artrose e diabetes e colesterol esse Óleo de prímula é serve pra todos estes problemas Q eu tenho
    ⇒ Oficina de Ervas: Olá Fátima. Existem outras plantas mais especificas que podem auxiliar. Entre em contato conosco para podermos orientar. Nosso e-mail é farmacia@oficinadeervas.com.br. Estamos à disposição

Deixe seu comentário sobre:
Óleo de Prímula, para que serve?