Óleo de Prímula, para que serve?

Conheça nossas fórmulas magistrais para Óleo de Prímula. Veja nossa lista de opções:
60 Cápsulas de 500mg Kampo de Ervas,   60 Cápsulas de 500mg ,   90 Cápsulas de 500mg,   120 Cápsulas de 500mg,   

O que é a Prímula?

primulaA Prímula (Oenothera biennis) é conhecida também pelos nomes populares: onográcea e estrela-da-tarde ou ‘evening primrose’ (nome originado do fato de suas flores abrirem-se ao entardecer). Na França é conhecida como onagre.

Esta planta era usada na América do Norte como alimento e da raiz, folhas, flores e caules os índios curandeiros faziam infusões e extratos emolientes, sedativa (tosse), estimulante da circulação sanguínea, nutriente capilar e para curar feridas.

O Óleo de Prímula é extraído das sementes por prensagem a frio. Apresenta cor amarelo pálido claro, com paladar e olfato típico.

É uma planta herbácea anual ou bianual, de caule robusto, folhas largas e longas, flores grandes e amarelas. O fruto é uma cápsula que contém numerosas sementes.

Composição química: Ácido gamalinolênico (GLA), fitosterol, onoterina, taninos, compostos flavônicos, mucilagens, ácido palmítico, ácido esteárico, ácido oleico, beta-sistosterol e citostadieno.

Óleo de Prímula é somente para TPM? Para que serve o Óleo de Prímula?

O Óleo de Prímula possui excepcionalmente alto índice de ácido linoleico (Ômega 6) e contém o tão importante ácido gama linolênico (GLA). Oferecendo ao organismo elementos construtivos essenciais, contribuindo no seu bom funcionamento e bem estar, especialmente na velhice, ou no envelhecimento prematuro provocado por certas enfermidades.

As prostaglandinas de série E1 (PGE1) são substâncias tipo Hormônios, com propriedades anti-inflamatórias, que exercem efeito regulador dos hormônios sexuais femininos, estrógenos, progesterona e prolactina, e têm efeito positivo sobre elasticidade cutânea (importante função da pele). Podem também agir como afinadores do sangue e como vasosdilatadores.

Atribui-se ao Óleo de Prímula diversos benefícios à saúde, com aplicações para:

- alívio dos sintomas da tensão pré-menstrual (TPM) e da menopausa,

- acne hormonal,

- doenças benignas no seio,

- regulação do nível de colesterol sanguíneo,

- regulação da pressão sanguínea,

- obesidade,

- esclerose múltipla,

- artrite,

- reumatismo,

- artrite reumatoide,

- diabetes.

Alguns estudos envolvendo as propriedades anti-inflamatórias do óleo de prímula, com algumas pessoas sofrendo de artrite reumática resultaram em benefício significativo.

Como tomar o Óleo de Prímula?

Geralmente o uso do Óleo de Prímula é na forma de cápsula oleosa.

A dosagem diária depende da necessidade, e pode variar entre 1g a 3g diários.

 

Por: Eliza Harada

Comentários


  • Gerson Miranda Placido dos Santos
    É um vasodilatador, regulador dos hormônios sexuais femininos, é bom para a pela porque induz a elasticidade da mesma. É um anti-inflamatório que pode ser usado para tratamentos de artrites e reumatismo, também usado para regular a pressão arterial , e no tratamento de acnes,.....
    ⇒ Oficina de Ervas: Oi Gerson. Sim, esse óleo serve para tudo isso mesmo!
  • Fátima Dias
    Eu estou na menopausa é Tbm tenho artrite artrose e diabetes e colesterol esse Óleo de prímula é serve pra todos estes problemas Q eu tenho
    ⇒ Oficina de Ervas: Olá Fátima. Existem outras plantas mais especificas que podem auxiliar. Entre em contato conosco para podermos orientar. Nosso e-mail é farmacia@oficinadeervas.com.br. Estamos à disposição
  • Régia
    Bom dia, tenho 54 anos, Há 3 anos. Passei por uma cirurgia. Para retirada, de 2 mionas e por consequência foi retirado o útero. Tenho problema de refluxo e gastrite. ..posso tomar óleo de primula? Pois sofro com os calores da menopausa!
    ⇒ Oficina de Ervas: Olá Régia. Pode tomar o óleo de prímula sim, mas se quiser, entre em contato direto conosco informando melhor suas condições, se usa algum remédio, se tem algum problema de saúde, pois poderemos avaliar melhor. Também pode usar a Espinheira santa e o alcaçuz para tratar o refluxo. Estamos à disposição.

Deixe seu comentário sobre:
Óleo de Prímula, para que serve?