"A sua saúde em equilíbrio com a natureza."
Parcelamento em até 6X SEM JUROS!

Digite o que procura abaixo
ou entre em contato conosco.

Melissa: resolve problemas de ansiedade e insônia

Informações sobre Melissa

Melissa ajuda na insônia

Nome Botânico: Melissa officinalis L.

Família: Labiatae

Parte utilizada: Toda a planta, principalmente as folhas.

Histórico da Melissa

A Melissa é cultivada a mais de 2 mil anos na região do mediterrâneo. Foram os árabes que inicialmente usaram como planta medicinal pra tratar a ansiedade e a depressão.

Componentes da Melissa

Óleos essencial – constituído por linalol, nerol, geraniol, citronelol, alfa terpineol, terpineno 1-4-ol, neral, geranial, cariofilenol, farnesol, 10-epi-alfa-cadinol, alfa cubebeno, alfa copaeno, beta bueboneno, beta cariofileno, alfa humuleno, germacraneno D, ocimenos.

Flavonoides – luteolol-7-glucósido, ramnocitrosido, apigenina e quercitrósido.

Outros – resina, taninos, ácidos fenilcarboxílicos.

Indicações da Melissa

A Melissa é indicada para efeito carminativo; efeito sedante suave; ligeiramente hipinótico (Wannmacher L. et al.,1990; Soulimani R. et al., 1991); efeito em desordens nervosas e de ansiedade; atividade antiviral contra herpes simples tipo 1 e rotavírus SA-11 (Dimitrova Z. Et al., 1993 / Lanna M. et al., 1997); pode ser utilizada em casos de hipertireoidismo (Hoffmann D., 1991); atividade antiespasmódica; antidepressiva; angustias; insônia; picadas de inseto.

Contraindicações da Melissa

Durante a gravidez e lactação o seu uso deve ser evitado.

Em casos de hipotireoidismo o seu uso é contra indicado.

Efeitos Colaterais da Melissa

Pode ocorrer hipotensão arterial; em uso tópico pode ocorrer hipersensibilidade e fotossensibilidade; entorpecimento

Interações com a Melissa

Efeito potencializado pelos hipnóticos.

Dosagem / Modo de Usar a Melissa

Chá de Melissa para insônia

Na forma de infusão usar 2 a 5 g de Melissa em 100 mL de água aquecida (quando começar a formar bolhas durante o aquecimento), aguardar entre 5 a 10 minutos, coar para consumir por via oral.

Extrato Fluido: 1 gota/kg/dia em 3 tomadas diárias.

Tintura: 2 gotas/kg/dia em 3 a 4 tomadas diárias.

Cápsulas (pó): 20 a 40 mg/kg/dia, em 3 tomadas diárias.

Duração da Administração da Melissa

O uso da Melissa deve ser feita durante o tempo em que se fizer necessário.

Precauções de Armazenamento da Melissa

Armazenar a Melissa em recipiente hermético, ao abrigo de luz, calor e umidade.

Referências Bibliográficas

SCHAUENBERG, P.;PARIS,F. Guia de las plantas medicinales.Barcelona: Omega, 1980. 420 p.

VAN HELLEMONT, J. Compendium de phytotherapie. Bruxelles : AssociationPharmaceutique Belge, 1985. 462 p.

 

Melissa (Melissa officinallis)

Tratamento de Insônia com Plantas Medicinais

Um dos atos mais importantes para o ser humano, o dormir, está se tornando um grande problema para a sociedade atual. Parece simples chegar no final do dia, jantar, descansar um pouco, assistir a novela das oito, ler um pouco e depois deitar-se e dormirMelissa ajuda na insôniaMas, para cerca de um terço da população, o ato de deitar e dormir está se tornando um tormento. Muitos hormônios são produzidos principalmente durante o sono profundo, como, por exemplo, a serotonina, denominada hormônio do humor. A sua ausência pode levar a estados depressivos. Noites mal dormidas produzem pessoas mal humoradas, cansadas e com tendência a depressão. Algumas plantas podem auxiliar no tratamento da insônia: são as chamadas plantas calmantes, relaxantes e hipnóticas (as que induzem ao sono).
É importante identificar primeiro qual é a causa da insônia. Se for agitação, estado nervoso muito alterado, recomenda-se o uso de plantas calmantes, como a Lippia alba, Capim limão – Cymbopogon citratus, Melissa – Melissa officinalis. Como são plantas aromáticas, e de sabor muito agradável, podem ser ingeridas na forma de chá, mas também na forma de tinturas ou cápsulas. Como uma opção, pode-se preparar sprays aromáticos com os óleos essenciais destas plantas para aspergir no ambiente. Se o problema principal é ansiedade, pode-se usar plantas como Kava-Kava – Piper methisticum ou mesmo a Lippia alba.
Veja as nossas opções de Melissa em extrato e cápsula.

Melissa ajuda na insônia

Com a ansiedade controlada, a pessoa começa a relaxar, a musculatura se distende, as dores na coluna e a tensão nos ombros, também são suavizadas e a qualidade do sono melhorará muito. Outra situação muito comum é a insônia devido a problemas de fígado. O fígado congestionado provoca dores no corpo, irritabilidade, insônia, boca amarga, entre outros sintomas. Para ajudar a descongestionar o fígado existe uma planta hipnótica brasileira fantástica - o Mulungu – Erythrina mulungu , uma arbórea nativa dos Cerrados brasileiros, sendo a sua casca empregada na forma de tinturas ou cápsulas. E se ainda não conseguir dormir, experimente o maracujá – Passiflora edulis, lembrando que o remédio são as folhas e não o fruto. Com certeza você irá encontrar uma planta que irá fazer com que se deite "nos braços de Morfeu".

 

Está com dúvidas sobre a Melissa?

Fale com o nosso fitoterapeuta, clicando aqui.


Ademar Menezes Junior
      

 

Outros Produtos Naturais