"Encontre nas plantas saúde, beleza e harmonia para sua vida."

Digite o que procura abaixo
ou entre em contato conosco.

Barbatimão

Fitoterápicos/ Produtos Naturais

Fórmula Magistral QTD Unitário
Spray Cicatrizante (Barbatimão, Confrei e Babosa) 120mL R$ 30,00
Tintura 60mL R$ 20,00
Creme de Barbatimão 10% 50g R$ 16,00
Chá (casca pó) 100g R$ 6,40
Sabonete de Barbatimão em barra 90g R$ 4,00
  
      

Veja para que serve Barbatimão

Adicionar Barbatimão a minha Lista de Desejo  

Barbatimão (Stryphnodendron adstringens)

AÇÃO E INDICAÇÃO:

Usado como antidiarréico e anti-hemorrágico em dosagens bem diluidas e com acompanhamento médico.. Externamente como cicatrizante e adstringente. Externamente usada em feridas, úlceras, escaras,complicações varicosas. Vulvovaginites.

FORMAS UTILIZADAS:

- Chá (Pó) para banhos

- Cosmecêuticos

- Tintura (líquido)

Barbatimão

Barbatimão (Stryphnodendron adstringens)
Estamos diante de uma das plantas medicinais brasileiras mais conhecidas pelos raizeiros e profissionais de saúde que trabalham com ervas medicinais. O barbatimão é uma arbórea nativa dos cerrados brasileiros, muito difundida na região Norte, Centro-oeste, Nordeste e Sudeste. Planta perene que pode atingir de dois a seis metros de altura, com copa arredondada, floresce entre os meses de outubro a fevereiro, com a produção de vagens entre outubro e março. O pólen produzido pelas suas flores é tóxico para as abelhas não devendo ser iniciada a apicultura onde existe uma grande incidência de barbatimão.
Suas vagens são tóxicas ao gado, que durante a seca, pela falta de capim, costumam se alimentar de suas folhas e das vagens caídas ao solo.Por outro lado, o gado também serve para a dispersão da espécie, pois ao defecar suas sementes, estas acabam germinando no estrume, aumentando a incidência no pasto.
Há algumas décadas atrás, o Barbatimão era muito procurado pelos curtumes, pois utilizavam suas cascas no processo de curtimento de couro. Os taninos que estão presentes em até 30% em suas cascas, possuem a capacidade de transformar a proteína animal em couro. Esta coleta desenfreada levou à diminuição significativa desta espécie em algumas regiões. Alem isso, a ocupação irresponsável dos cerrados brasileiros acabou reduzindo significativamente a presença do barbatimão entre nós.
Foram os índios que primeiramente utilizaram esta planta em sues rituais de cura. Era conhecida como yba timó, que significa "árvore que aperta", isto devido à grande ação adstringente que possui. Já era utilizada pelos prajés como planta cicatrizante e antiinflamatória, conhecimento este que foi passado aos caboclos e acabou chegando até aos centros de pesquisa da atualidade.
Popularmente é uma planta muito empregada como cicatrizante, principalmente pelas pessoas do campo, em feridas ou machucados em animais. As pessoas costumam fazer um chá bem forte de suas cascas e banhar o local de duas a três vezes ao dia. Ou então pegam as cascas, moem e pulverizam em cima do machucado. Por ser adstringente, eliminam a água de dentro das células, provocando uma contração das fibras. Isto facilita a cicatrização, diminuindo a hemorragia. É um grande agente anti-séptico já comprovado cientificamente, combatendo bactérias e fungos.
Em casos de escaras de decúbito existe um trabalho mostrando os resultados surpreendentes na cicatrização, sendo que em até 80% dos casos as escaras cicatrizam em poucas semanas.
Internamente o barbatimão é usado para o tratamento de úlceras e gastrites, fazendo parte de muitas garrafadas para estes fins. Mas alguns trabalhos têm demonstrado que para poder atingir estes resultados devemos usar em baixas dosagens e por um período muito curto, caso contrario os taninos irão começas a irritar a mucosa gástrica.
Devido a sua grande ação anti-séptica é muito empregado em lavagens vaginais para os casos de leucorréria, infecções vaginais, irritações e feridas. Uma outra alternativa mais prática para os dias atuais poderia ser os géis ou cremes vaginais de barbatimão.
Este é mais um exemplo de nossa riqueza botânica, que uma vez explorada com racionalidade pode trazer inúmeros benefícios à comunidade.


Ademar Menezes Junior

Barbatimão (Stryphnodendron adstringens) usado como antidiarréico e anti-hemorrágico. Externamente como cicatrizante e adstringente.

ATENÇÃO: O texto de todos os nossos produtos, são referentes a des­cri­ção técnica dos mesmos, não configurando pro­pa­gan­da e ou estímulo a auto-medicação

Outros Produtos Naturais

  • Dilênia (Dillenia indica)
    Dilênia (Dillenia indica)
    Dilênia (Dillenia indica) erva utilizada no tratamento de artrites, artroses e inflamações articulares. ... Saiba mais
  • Garra do Diabo
    Garra do Diabo
    Garra do Diabo possui ação anti inflamatória. Indicada para artrites, artroses, dores na coluna, traumas, tend ... Saiba mais
  • Citrus aurantium (Laranja Amarga)
    Citrus aurantium (Laranja Amarga) Citrus aurantium (Laranja Amarga)
    Indicada para regime de emagrecimento acelerando a queima de gorduras e a perda de peso. Possui ação digestiva ... Saiba mais